Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

14
Mai24

Era uma vez, uma casa … em Águas Frias – Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

Era uma vez, uma casa …

em Águas Frias – Chaves - Portugal

A fotografia mostra uma casa em ruínas, abandonada em Águas Frias - Chaves - Portugal.

A casa é feita de pedra e tem uma porta de madeira. A porta está aberta e há uma pequena janela na parede. A janela é pequena e tem os vidros partidos.

A casa está coberta de vegetação e parece estar desabitada há muito tempo.

.

A casa foi construída no início do século XX por uma família de agricultores.

A família viveu na casa por muitos anos e criou muitos filhos lá.

No entanto, nos anos 1960, a família mudou-se para a o estrangeiro e a casa ficou vazia.

Nos anos que se seguiram, a casa foi lentamente caindo em ruínas.

O telhado caiu, as paredes racharam e as janelas foram quebradas.

A casa tornou-se um refúgio para animais selvagens e somente uma lembrança do passado.

.

Em 2024, a casa ainda está em ruínas.

É uma sombra de seu antigo eu e apresentando da passagem do tempo.

No entanto, a casa ainda tem uma certa beleza, e é fácil imaginar como já fora, uma vez, um lar próspero.

.

A história da casa é uma história de mudança e perda.

É uma história do passado e do presente.

É uma história de beleza e decadência.

É uma história da vida.

.

A casa poderia ser restaurada e transformada em uma casa de férias ou num alojamento local. Também poderia ser demolida e substituída por uma nova casa.

No entanto, o mais provável é que a casa continue a desmoronar e a tornar-se uma parte da história local.

A história da casa em ruínas é uma nota de que nada dura para sempre.

Tudo muda e tudo eventualmente decai.

No entanto, a história da casa também é uma chamada de atenção da beleza do passado e da importância de preservar nossa história.

.

A casa em ruínas é um símbolo da passagem do tempo.

É um lembrete de que todas as coisas mudam e que nada dura para sempre.

No entanto, a casa também é um símbolo da beleza do passado e da importância de preservar nossa história.

.

A casa em ruínas é uma metáfora da vida.

Assim como a casa está em ruínas, nossas vidas também estão em constante mudança.

No entanto, assim como a casa ainda tem uma certa beleza, nossas vidas também têm beleza, mesmo em tempos de dificuldade.

.

A casa em ruínas é uma anotação de que devemos aproveitar ao máximo o tempo que temos.

Devemos viver as nossas vidas ao máximo e criar memórias que durarão para sempre.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
02
Fev24

O mês de janeiro de 2024


Mário Silva Mário Silva

.

O mês de janeiro

 

Janeiro, mês de começos,

De esperanças renovadas,

De sonhos e metas traçadas,

De novas oportunidades.

.

É tempo de deixar o passado

Para trás, e olhar para o futuro,

Com otimismo e determinação,

Para alcançar o que se deseja.

.

É tempo de recomeçar,

De se reinventar,

De deixar a vida fluir,

E aproveitar cada momento.

,

Janeiro, mês de renovação,

De renascimento,

De novos começos.

.

Poema & Video: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
02
Fev24

O mês de janeiro de 2024


Mário Silva Mário Silva

.

O mês de janeiro

Janeiro, mês de começos,

De esperanças renovadas,

De sonhos e metas traçadas,

De novas oportunidades.

.

É tempo de deixar o passado

Para trás, e olhar para o futuro,

Com otimismo e determinação,

Para alcançar o que se deseja.

.

É tempo de recomeçar,

De se reinventar,

De deixar a vida fluir,

E aproveitar cada momento.

,

Janeiro, mês de renovação,

De renascimento,

De novos começos.

.

Poema & Video: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
02
Fev24

O mês de janeiro de 2024


Mário Silva Mário Silva

.

O mês de janeiro

Janeiro, mês de começos,

De esperanças renovadas,

De sonhos e metas traçadas,

De novas oportunidades.

.

É tempo de deixar o passado

Para trás, e olhar para o futuro,

Com otimismo e determinação,

Para alcançar o que se deseja.

.

É tempo de recomeçar,

De se reinventar,

De deixar a vida fluir,

E aproveitar cada momento.

,

Janeiro, mês de renovação,

De renascimento,

De novos começos.

.

Poema & Video: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
02
Jan24

Os meus votos para um ano novo de 2024


Mário Silva Mário Silva

.

Os meus votos para um ano novo de 2024

.

Ano novo, ano novo,

Que trazes consigo esperança,

Que trazes consigo amor,

Que trazes consigo paz.

.

Que a paz reine no mundo,

Que a guerra se acabe,

Que os povos vivam em harmonia,

Que a fome e a miséria acabem.

.

Que a saúde seja um direito de todos,

Que a educação seja acessível a todos,

Que o trabalho seja digno e justo,

Que a igualdade seja um valor real.

.

Que a cultura seja valorizada,

Que a natureza seja preservada,

Que o futuro seja um lugar melhor,

Para todos os povos do mundo.

.

Feliz Ano Novo de 2024!

.

Poema & Video: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
27
Dez23

2013 (não 2023) - Acontecimentos relevantes, em Portugal


Mário Silva Mário Silva

2013 (não 2023)

Acontecimentos relevantes,

em Portugal

 

O ano de 2013 foi marcado por vários acontecimentos relevantes em Portugal, entre os quais se destacam:

A crise económica e o programa de resgate: Portugal foi um dos países europeus mais afetados pela crise económica de 2008. Em 2011, o país foi obrigado a pedir um resgate financeiro à União Europeia e ao Fundo Monetário Internacional. O programa de resgate, que se prolongou até 2014, implicou a aplicação de medidas de austeridade, que tiveram um impacto significativo na economia e na sociedade portuguesas.

Os protestos contra as medidas de austeridade: As medidas de austeridade implementadas pelo governo português foram alvo de fortes protestos por parte da população. Em abril de 2013, ocorreram grandes manifestações em várias cidades do país, que foram reprimidas pela polícia com violência.

A visita do Papa Francisco: Em maio de 2013, o Papa Francisco visitou Portugal. A visita do líder da Igreja Católica foi um acontecimento histórico, que reuniu milhões de pessoas em todo o país.

Outros acontecimentos relevantes que ocorreram em Portugal em 2013 incluem:

A morte de Urbano Tavares Rodrigues, que foi um escritor, tradutor e ensaísta português, que faleceu em 9 de janeiro de 2013. Rodrigues foi um dos principais expoentes do modernismo português e da literatura portuguesa do século XX.

A escolha de Tóquio como sede dos Jogos Olímpicos de 2020: Tóquio foi escolhida como sede dos Jogos Olímpicos de 2020, numa votação realizada pelo Comité Olímpico Internacional em 7 de setembro de 2013.

Em geral, o ano de 2013 foi um ano marcado por desafios e incertezas para Portugal. A crise económica e o programa de resgate continuaram a afetar o país, e os protestos contra as medidas de austeridade foram um sinal da crescente insatisfação da população. No entanto, a visita do Papa Francisco foi um acontecimento positivo que reforçou os laços entre a Igreja Católica e o povo português.

.

Texto & Video: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
05
Dez23

Novembro - Águas Frias & Cª - Portugal


Mário Silva Mário Silva

Novembro

Novembro, do latim November ou Novembris

Novembro deriva do latim November ou Novembris, que significa nono mês, lugar que ocupava no primitivo calendário romano, composto de 10 meses.

Depois, na reforma operada por Numa Pompílio, com o acrescento dos meses de Janeiro e Fevereiro, passou a ser o 11º mês, embora conservasse até hoje o nome inicial.

O Imperador Romano Cómodo, cerca do ano 185 da nossa era, tentou mudar-lhe o nome para Exaperatorius, mas tal tentativa não prevaleceu.

No primitivo calendário romano, este mês tinha 30 dias, passando a ter apenas 29 na reforma de Numa Pompílio.

Mais tarde, Júlio César ordenou que passasse a ter 31 dias, e desde o reinado do Imperador Augusto até hoje voltou a ter 30 dias.

Este era o mês menos festivo

Na antiga civilização romana, o mês de novembro era o menos importante em festas, pois era ocupado em arar a terra e semear, não havendo tempo para descanso.

Mais tarde, por volta do ano 220 antes de Cristo, já encontramos muitas festividades neste mês:

– entre as quais as chamadas Festas Neptunas, em honra de Neptuno, deus dos mares,

– e as Festas Plebeias, que celebravam a reconciliação dos patrícios e do povo, e que duravam três dias.

De 21 a 24 de novembro celebravam-se as chamadas Brumas ou festividades do Inverno.

A 27 deste mês faziam-se sacrifícios mortuários aos manes (almas) dos antigos gaios ou gauleses (franceses de hoje) e que depois de vencidos, haviam sido sepultados vivos num dos mercados de Roma.

Novembro era representado pela figura de um homem coberto por um manto variegado de verde e preto, coroado de perpétuas e empunhando um molho de nabos e cenouras. Este é o mês em que, por todo o país, se realizam os magustos.

«Nos idos de novembro temos a festa dos Mortos. É nesse dia que os Manes se espalham pela terra. Nesse dia o mundo abre-se; as Sombras vêm julgar as ações dos vivos e levam muito a peito a memória que deles se haja guardado.

*******

Dia 7 — António Costa apresenta ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o pedido de demissão das funções de Primeiro-Ministro, na sequência de buscas conduzidas pelo Ministério Público no âmbito da Operação Influencer ao seu gabinete, da constituição como arguidos dos ministros João Galamba e Duarte Cordeiro, e da detenção do chefe de gabinete de António Costa e do consultor próximo de Costa, Diogo Lacerda Machado, bem como do presidente da Câmara Municipal de Sines, o socialista Nuno Mascarenhas, sob suspeitas de crime em projetos de exploração do lítio e em negócios de hidrogénio verde.

Dia 11 — O Primeiro-Ministro demissionário, António Costa, faz uma declaração pública desde o Palacete de São Bento sobre os investimentos feitos pelo governo em Sines e dirige aos portugueses um pedido de desculpas, declarando que se sentiu envergonhado com a apreensão de dinheiro no gabinete do seu entretanto exonerado chefe de gabinete; admite ainda que não voltará a exercer cargos públicos.

.

Texto e vídeo: © MárioSilva

.

Mário Silva 📷
19
Nov23

Acontecimentos com relevância em 2013, (de agosto a dezembro), em Portugal


Mário Silva Mário Silva

Acontecimentos com relevância em 2013,

(de agosto a dezembro), em Portugal

Agosto

1 de agosto: Portugal assina o Tratado de Lisboa com a União Europeia.

2 de agosto: O governo de Pedro Passos Coelho anuncia um novo pacote de medidas de austeridade, que inclui cortes nos salários dos funcionários públicos e no horário de trabalho.

10 de agosto: O Banco de Portugal anuncia que a economia portuguesa cresceu 0,5% no segundo trimestre do ano.

15 de agosto: O governo de Pedro Passos Coelho anuncia um novo plano de reestruturação do setor financeiro português.

22 de agosto: Portugal é atingido por uma onda de calor que provoca mais de 100 mortes.

Setembro

1 de setembro: Portugal começa a aplicar o novo horário de verão.

2 de setembro: O governo de Pedro Passos Coelho anuncia um novo pacote de medidas para combater a pobreza e a exclusão social.

13 de setembro: Portugal é atingido por um sismo de magnitude 4,1 na escala de Richter.

20 de setembro: Portugal é palco da cimeira da União Europeia, que discute a crise da dívida da zona euro.

27 de setembro: Portugal é atingido por um incêndio florestal que destrói cerca de 200 hectares de floresta na região do Algarve.

Outubro

1 de outubro: Portugal celebra o Dia da Implantação da República.

2 de outubro: O governo de Pedro Passos Coelho anuncia um novo pacote de medidas para reduzir o défice orçamental.

12 de outubro: Portugal é palco da cimeira da NATO, que discute a situação na Síria.

15 de outubro: Portugal é atingido por um ciclone tropical que provoca danos na costa sul do país.

25 de outubro: Portugal celebra o Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

Novembro

1 de novembro: Portugal celebra o Dia de Todos os Santos.

5 de novembro: Portugal celebra o Dia da Restauração da Independência.

10 de novembro: Portugal é atingido por um incêndio florestal que destrói cerca de 100 hectares de floresta na região do Alentejo.

20 de novembro: Portugal é palco da cimeira da União Europeia, que discute a crise migratória.

25 de novembro: Portugal celebra o 40.º aniversário da Revolução dos Cravos.

Dezembro

1 de dezembro: Portugal celebra o Dia da Independência.

5 de dezembro: Portugal é atingido por um incêndio florestal que destrói cerca de 500 hectares de floresta na região do Norte do país.

10 de dezembro: Portugal é palco da cimeira da União Europeia, que discute a reforma dos tratados europeus.

12 de dezembro: Portugal é atingido por um sismo de magnitude 3,2 na escala de Richter.

25 de dezembro: Portugal celebra o Natal.

Acontecimentos notáveis

A eliminação dos quatro feriados religiosos e civis, acordados pelo governo de Pedro Passos Coelho em 2012, foi um dos temas mais controversos do ano. Os feriados eliminados foram o Corpo de Deus, Todos os Santos, Implantação da República e Restauração da Independência.

O governo de Pedro Passos Coelho anunciou um conjunto de medidas de austeridade ao longo do ano, que visavam reduzir o défice orçamental. Essas medidas incluíram cortes nos salários dos funcionários públicos, no horário de trabalho e nos subsídios sociais.

Portugal foi atingido por uma série de incêndios florestais ao longo do ano, que causaram danos significativos à floresta e à propriedade privada. Os incêndios mais graves ocorreram em setembro e outubro.

Portugal foi palco de uma série de manifestações contra o governo de Pedro Passos Coelho, que criticavam as medidas de austeridade. As maiores manifestações ocorreram em setembro e novembro.

Conclusão

O ano de 2013 foi um ano marcado por desafios para Portugal, que estava a enfrentar uma crise económica e financeira profunda. As medidas de austeridade adotadas pelo governo de Pedro Passos Coelho foram controversas e provocaram protestos populares.

.

Texto & vídeo: ©Mário Silva

.

 

 

Mário Silva 📷
03
Nov23

Acontecimentos hilariantes que decorreram durante mês de outubro de 2023, em Portugal


Mário Silva Mário Silva

Acontecimentos hilariantes que decorreram

durante mês de outubro de 2023, em Portugal

- Um grupo de turistas japoneses ficou preso num elevador do Castelo de São Jorge, em Lisboa, durante várias horas. Os turistas, que não falavam português, acabaram por ser libertados por um grupo de bombeiros que, para os distrair, começou a cantar "A Portuguesa".

- Um homem foi detido em Faro por tentar roubar um banco com uma espada de plástico. O homem, que estava vestido de pirata, foi apanhado por um segurança do banco, que o deteve com a ajuda de um cliente.

- Um grupo de estudantes de Coimbra organizou um protesto contra a falta de alojamento no município. O protesto, que contou com a participação de cerca de 200 estudantes, terminou com uma sessão de karaoke em frente à Câmara Municipal.

- Um grupo de alunos de uma escola secundária em Coimbra decidiu fazer uma festa de Halloween na escola. No entanto, a festa acabou por ser cancelada após os alunos serem apanhados a fumar marijuana na sala de aula.

- Um homem de 50 anos foi detido pela polícia em Faro depois de ser apanhado a tentar roubar um carro de polícia. O homem, que estava embriagado, tentou dirigir o carro da polícia para fugir, mas foi rapidamente detido.

- Um grupo de vacas escapou de um curral em Vila Nova de Gaia e causou um acidente de trânsito. O acidente envolveu um carro e um autocarro, e resultou em ferimentos ligeiros para dois passageiros do autocarro.

- Um homem de 30 anos foi detido pela polícia em Braga depois de ser apanhado a tentar roubar um banco usando uma máscara de Darth Vader. O homem, que estava armado com uma faca, foi rapidamente detido pela polícia.

- Um grupo de amigos em Faro decidiu fazer uma festa de aniversário na praia. No entanto, a festa acabou por ser interrompida por um grupo de cães que começou a ladrar para os convidados.

- Um homem em Coimbra foi detido pela polícia depois de ser apanhado a tentar roubar uma padaria usando um saco de papel.

Nota: As notícias foram recolhidas pelo prestigiado tabloide CM (Correio do Mário).

.

Texto & Video: ©MárioSilva

Mário Silva 📷
01
Set23

Recordando ... Agosto 2023


Mário Silva Mário Silva

Agosto 2023

 

Agosto ao longo dos anos

.

Aqui estão alguns dos acontecimentos mais importantes no mundo no mês de agosto ao longo dos anos:

.

1889: Inauguração da Torre Eiffel em Paris, França.

1914: Início da Primeira Guerra Mundial.

1920: Ratificação da 19ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos, que concedeu às mulheres o direito ao voto.

1939: Início da Segunda Guerra Mundial.

1945: Fim da Segunda Guerra Mundial na Europa com a rendição da Alemanha.

1945: Bombas atómicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki, no Japão, pelos Estados Unidos.

1969: Primeiro pouso na Lua por Neil Armstrong e Buzz Aldrin.

1980: Começo da Guerra Irão-Iraque.

1991: Queda do Muro de Berlim e início da reunificação da Alemanha.

2001: Ataques terroristas de 11 de setembro nos Estados Unidos.

2003: Início da Guerra do Iraque.

2008: Crise financeira global.

2014: Início da guerra civil na Síria.

2016: Referendum do Brexit no Reino Unido.

2020: Início da pandemia de COVID-19.

Estes são apenas alguns dos muitos acontecimentos importantes que ocorreram no mês de agosto ao longo dos anos. O mês de agosto é um mês de grandes mudanças e eventos históricos, e é seguro dizer que continuará a ser assim nos próximos anos.

.

Texto & Video: @MárioSilva

.

Mário Silva 📷
16
Jul23

Acontecimentos de 2013 - Portugal (1.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

.

Acontecimentos de 2013

Portugal (1.ª parte)

.

Introdução:

Portugal, um país conhecido pela sua rica história e cultura vibrante, experimentou vários

acontecimentos significativos em 2013 que moldaram a trajetória do país. Estes acontecimentos tiveram um impacto profundo sobre a sociedade, a política, a economia e as relações internacionais portuguesas. Este ensaio discutirá três grandes acontecimentos ocorridos em Portugal em 2013: a crise económica e o programa de resgate, os protestos contra as medidas de austeridade e a visita do Papa Francisco a Portugal.

 

Crise Económica e Programa de Resgate

Em 2013, Portugal ainda se recuperava dos efeitos da crise financeira mundial que se iniciou

em 2008. O país enfrentou graves desafios económicos, incluindo elevadas taxas de desemprego e um grande défice público. Como resultado, Portugal procurou assistência financeira de organizações como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Central Europeu (BCE), e Comissão Europeia (CE). O governo implementou medidas rigorosas de austeridade como parte de um programa de resgate para estabilizar a economia. Estas medidas incluíam aumentos de impostos, despesas, cortes e reformas do mercado de trabalho.

.

Protestos contra as medidas de austeridade

A aplicação de medidas de austeridade levou a um descontentamento generalizado da opinião pública em Portugal. Em resposta a estas políticas, consideradas onerosas para os cidadãos comuns, protegendo elites poderosas, manifestações em massa eclodiram nas principais cidades. Manifestantes exigiram o fim das medidas de austeridade e apelou a uma maior justiça social. Estes protestos não só mostraram insatisfação pública, mas também desafiou as políticas governamentais ao defender abordagens alternativas para fazer face à crise económica.

.

Visita do Papa Francisco

Outro acontecimento significativo que teve lugar em Portugal durante o ano de 2013 foi a visita do Papa Francisco. Esta visita teve um grande significado cultural e religioso tanto para os católicos como para os não-católicos. Milhares de pessoas reuniram-se para ver o Papa Francisco entregar mensagens de esperança, perdão, compaixão e solidariedade com aqueles que enfrentam adversidades durante sua peregrinação a Fátima — um importante santuário mariano. A visita chamou a atenção nacional e internacional a Portugal, destacando o significado histórico e espiritual do país.

.

Texto e Video: ©MárioSilva

Realização; Produção e Banda Sonora “Perdoa”

by ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
01
Jul23

Estória divertida no mês de junho - recordações e acontecimentos importantes em Portugal


Mário Silva Mário Silva

.

Estória divertida no mês de junho

recordações e acontecimentos importantes em Portugal

.

Em 2018, durante as celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que ocorrem no dia 10 de junho, o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa protagonizou um momento bastante inusitado.

Enquanto cumprimentava as pessoas na multidão, ele foi surpreendido por um cachorro que invadiu o seu espaço e começou a lamber o seu rosto.

O presidente, que é conhecido por ser um amante dos animais, não se importou com a interrupção e continuou a cumprimentar as pessoas com o cachorro nos seus braços.

O momento foi registrado em vídeo e rapidamente viralizou nas redes sociais, tornando-se um dos momentos mais engraçados e memoráveis das celebrações do Dia de Portugal naquele ano.

.

Além disso, o mês de junho também marca o aniversário de importantes personalidades portuguesas, como o poeta Fernando Pessoa (13 de junho) e o escritor José Saramago (16 de junho).

 Ambos deixaram um legado significativo na literatura portuguesa e internacional e são lembrados e homenageados durante todo o mês.

.

Texto: ©MárioSilva

Video:

Realização, Produção e Banda Sonora “Wonderful Life”

by ©MárioSilva

 

Mário Silva 📷
15
Jun23

Em 2012 (3.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

Em 2012

ocorreram vários acontecimentos importantes em Portugal. Aqui estão alguns deles:

.

Crise económica: Portugal continuou a enfrentar os efeitos da crise financeira global de 2008, com altos níveis de desemprego e dificuldades económicas. O país estava sob um programa de resgate financeiro da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional…

.

Eleições presidenciais: Em janeiro de 2012, realizaram-se eleições presidenciais em Portugal. O presidente, Aníbal Cavaco Silva, foi reeleito para um segundo mandato.

.

Protestos e greves: O país testemunhou protestos e greves contra as medidas de austeridade implementadas pelo governo para lidar com a crise económica. Várias manifestações ocorreram em todo o país, expressando o descontentamento da população com as políticas económicas.

.

Queda do governo: Em julho de 2012, o governo liderado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho enfrentou uma crise política. O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, renunciou em protesto contra a resistência às medidas de austeridade, o que levou à queda do governo.

.

Texto e Vídeo: ©MárioSilva

Realização

Produção

Banda Sonora "Don't You Want Me"

by

©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
03
Jun23

Mês de MAIO 2023 - Retrospetiva


Mário Silva Mário Silva

.

Mês de MAIO

.

Na suave brisa do mês de maio,

O perfume das flores vem a cada passo.

A primavera floresce em todo seu esplendor,

E o mundo se enche de cores com fervor.

.

Os pássaros cantam em melodia suave,

Enquanto as folhas dançam ao vento em crave.

O sol brilha com seu calor reconfortante,

Aquecendo a terra e trazendo vida vibrante.

.

É tempo de renovação e esperança,

Quando a natureza nos convida à bonança.

As árvores se vestem de verde e frescor,

E o amor floresce em cada coração.

.

Em maio, os amantes encontram seu caminho,

E os sonhos se tornam doces e vizinhos.

É como se o mundo inteiro fosse um jardim,

E a felicidade fosse o destino sem fim.

.

Então, aproveite esse mês encantador,

Com seus dias radiantes de puro fulgor.

Deixe a poesia da vida te envolver,

E que o amor e a alegria possam florescer.

.

Que este maio seja um poema eterno,

Escrito com ternura no livro do tempo.

E que a beleza desse verso jamais se apague,

Enchendo nossos corações de alegria e coragem.

 

Poema: ©MárioSilva

Video:

Realização; Produção e Banda Sonora “Wind Of Change”

by ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
25
Abr23

25 de Abril de 1974  - Revolução dos Cravos


Mário Silva Mário Silva

25 de Abril de 1974 

Revolução dos Cravos

 

.

O Movimento das Forças Armadas (MFA) derrubou o Governo de Marcelo Caetano a 25 de Abril de 1974, pondo fim a 48 anos de regime ditatorial.

O objetivo dos capitães era acabar com a guerra colonial, iniciada 13 anos antes, e prometiam eleições livres e um regime democrático.

1974

24 de abril

22h00 – No Regimento de Engenharia 1 na Pontinha é instalado o Posto de Comando do MFA, onde a essa hora já estão seis oficiais, incluindo Otelo Saraiva de Carvalho, que vai liderar as operações.

22h55 – As operações militares começam. Uma das senhas, a canção "E depois do Adeus", cantada por Paulo de Carvalho, é emitida pelos Emissores Associados de Lisboa.

25 de abril

00h20 – É transmitida a canção "Grândola, Vila Morena", de José Afonso, no programa Limite, da Rádio Renascença. Foi a senha escolhida pelos militares do MFA para confirmar que as operações militares estão em marcha e são irreversíveis.

A partir das 00h30 – Começam as operações para ocupar os locais estratégicos considerados fundamentais no plano de Otelo Saraiva de Carvalho, como a RTP, Emissora Nacional, Rádio Clube Português (RCP), Aeroporto de Lisboa, Quartel-General, Estado-Maior do Exército, Ministério do Exército, Banco de Portugal e Marconi.

03h45 – Primeiro comunicado do MFA difundido pelo Rádio Clube Português.

05h45 – Forças da Escola Prática de Cavalaria de Santarém, comandadas pelo capitão Salgueiro Maia, estacionam no Terreiro do Paço, em Lisboa.

09h00 – Fragata "Gago Coutinho" toma posição no Tejo, em frente ao Terreiro do Paço.

11h45 – O MFA anuncia ao país, através de um comunicado no RCP, que domina a situação de Norte a Sul.

12h30 – As tropas de Salgueiro Maia cercam o Largo do Carmo e recebem ordens para abrir fogo sobre o Quartel da GNR para obter a rendição de Marcelo Caetano. Além do presidente do Conselho, no quartel estão mais dois ministros do seu Governo. Vivem-se momentos de tensão no largo, onde centenas de pessoas acompanham os acontecimentos.

15h30 – As forças de Maia chegam a disparar contra a fachada do quartel para forçar a rendição de Marcelo Caetano.

16h30 – Depois de expirar o prazo inicial para a rendição anunciado por megafone pelo capitão Salgueiro Maia e de negociações, Marcelo Caetano anuncia rendição e pede que um oficial do MFA de patente não inferior a coronel se apresente no quartel.

17h45 – O general António de Spínola, mandatado pelo MFA, vai negociar a rendição do Governo no quartel do Carmo. É hasteada a bandeira branca.

18h30 – A chaimite "Bula" entra no quartel e retira Marcelo Caetano e mais dois ministros, Rui Patrício e Moreira Baptista. São transportados para o Posto de Comando do MFA, no Quartel da Pontinha.

20h00 – Da sede da Rua António Maria Cardoso, agentes da PIDE/DGS disparam sobre manifestantes que se concentraram junto ao edifício. Registam-se quatro mortos e 45 feridos.

20h05 – É lida, através dos emissores do RCP, a Proclamação do Movimento das Forças Armadas.

26 de abril

01h30 – É finalmente apresentada a Junta de Salvação Nacional, que inclui o capitão-de-fragata Rosa Coutinho, coronel Galvão de Melo, general Costa Gomes, brigadeiro Jaime Silvério Marques, capitão-de-mar-e-guerra Pinheiro de Azevedo e o general Manuel Diogo Neto. Todos, exceto Diogo Neto, são filmados pelas câmaras da RTP. Spínola lidera.

07h40 – Marcelo Caetano, o Presidente Américo Thomaz, o ministro César Moreira Baptista e outros elementos do anterior Governo partem da Portela com destino à ilha da Madeira.

09h45 – Rendição da PIDE/DGS.

13h00 – Começa a libertação dos presos políticos de Caxias e Peniche.

Até novembro de 1975, procedeu-se à descolonização. As colónias africanas tornaram-se países independentes – Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

O país viveu, até finais de 1975, o chamado Processo Revolucionário em Curso (PREC), assistiu a várias tentativas de golpe, e elegeu uma Assembleia Constituinte, em que o PS teve 37,8% e o PCP 12,4%.

.

In: 25 de abril de 1974

.

Video:

Realização de ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷

Águas Frias - Fevereiro 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.