Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

01
Mai24

O Dia do Trabalhador - Uma Jornada Através do Tempo e da Luta


Mário Silva Mário Silva

O Dia do Trabalhador

Uma Jornada Através do Tempo e da Luta

Mai01 1º Maio - 3_ms

O 1º de maio, celebrado globalmente como o Dia do Trabalhador, é mais do que um feriado.

É um dia carregado de história, simbolismo e significado, que ecoa as lutas e conquistas da classe trabalhadora ao longo dos tempos.

.

Raízes em Chicago: A Greve de 1886 e o Massacre de Haymarket

A história do Dia do Trabalhador remonta a 1886, em Chicago, Estados Unidos.

Naquela época, os trabalhadores eram submetidos a condições precárias, com jornadas de trabalho extensas (até 17 horas por dia) e baixos salários.

Nesse cenário de exploração, a Federação Americana do Trabalho (AFL) convocou uma greve geral para o dia 1º de maio, com o objetivo de reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias.

.

A greve mobilizou cerca de 350 mil trabalhadores em todo o país.

Em Chicago, as manifestações intensificaram-se, culminando no trágico evento conhecido como Massacre de Haymarket.

No dia 4 de maio, durante um comício pacífico em apoio aos grevistas, uma bomba foi lançada contra a polícia, resultando na morte de sete policias e diversos civis.

Em retaliação, oito anarquistas foram condenados à morte, dos quais cinco foram executados.

.

Um Símbolo de Luta e Unificação

Apesar da repressão brutal, o Massacre de Haymarket não silenciou o movimento operário.

Pelo contrário, o evento serviu como um catalisador para a luta por melhores condições de trabalho e direitos trabalhistas.

Em 1889, a Segunda Internacional, um congresso de trabalhadores socialistas realizado em Paris, França, decidiu instituir o 1º de maio como o Dia Internacional do Trabalho.

.

A data rapidamente tornou-se um símbolo de luta, união e solidariedade para os trabalhadores em todo o mundo.

Manifestações e greves eram organizadas anualmente para reivindicar os seus direitos e pressionar por mudanças sociais.

.

Conquistas e Desafios: O Dia do Trabalhador na Atualidade

Ao longo do século XX, o movimento operário obteve diversas conquistas importantes, como a redução da jornada de trabalho, o fim do trabalho infantil, a instituição de férias remuneradas e a criação da segurança social.

No entanto, a luta por direitos trabalhistas ainda está longe de terminar.

.

No mundo globalizado de hoje, os trabalhadores enfrentam novos desafios, como a precarização do trabalho, a desigualdade salarial, a terceirização e a flexibilização das leis do trabalho.

O Dia do Trabalhador serve como uma chamada de atenção de que a luta por melhores condições de trabalho é uma luta contínua, que exige a união e mobilização da classe trabalhadora.

.

Significado Além das Fronteiras: Celebração e Reflexão

O Dia do Trabalhador não se limita apenas a um dia de folga.

É uma data para celebrar as conquistas alcançadas pelas lutas dos trabalhadores, mas também para refletir sobre os desafios que ainda persistem.

É um momento para reafirmar a importância do trabalho digno e para lutar por um futuro mais justo e igualitário para todos os trabalhadores.

.

Em Portugal, a data é marcada por diversas atividades, como comícios, manifestações, eventos culturais e debates sobre temas relacionados ao trabalho e aos direitos trabalhistas.

.

Em conclusão, o Dia do Trabalhador é um dia de memória, luta e esperança.

É um dia para honrar o passado, celebrar as conquistas e renovar o compromisso com a construção de um futuro mais justo e digno para todos os trabalhadores.

.

.

Texto & Pintura (AI): ©MárioSilva

.

.

Mário Silva 📷
01
Mai23

1.º de maio – DIA do TRABALHADOR


Mário Silva Mário Silva

.

1.º de maio

DIA do TRABALHADOR

.

1 de maio é o Dia do Trabalhador, data que tem origem a primeira manifestação de 500 mil trabalhadores nas ruas de Chicago, e numa greve geral em todos os Estados Unidos, em 1886.

Três anos depois, em 1891, o Congresso Operário Internacional convocou, em França, uma manifestação anual, em homenagem às lutas sindicais de Chicago. A primeira acabou com 10 mortos, em consequência da intervenção policial.

Foram os factos históricos que transformaram o 1 de maio no Dia do Trabalhador. Até 1886, os trabalhadores jamais pensaram exigir os seus direitos, apenas trabalhavam.

Em Portugal, os trabalhadores assinalaram o 1.º de Maio logo em 1890, o primeiro ano da sua realização internacional. Mas as ações do Dia do Trabalhador limitavam-se inicialmente a alguns piqueniques de confraternização, com discursos pelo meio, e a algumas romagens aos cemitérios em homenagem aos operários e ativistas caídos na luta pelos seus direitos laborais.

Com as alterações qualitativas assumidas pelo sindicalismo português no fim da Monarquia, ao longo da I República transformou-se num sindicalismo reivindicativo, consolidado e ampliado. O 1.º de Maio adquiriu também características de ação de massas.

Até que, em 1919, após algumas das mais gloriosas lutas do sindicalismo e dos trabalhadores portugueses, foi conquistada e consagrada na lei a jornada de oito horas para os trabalhadores do comércio e da indústria.

Mesmo no Estado Novo, os portugueses souberam tornear os obstáculos do regime à expressão das liberdades. As greves e as manifestações realizadas em 1962, um ano após o início da guerra colonial em Angola, são provavelmente as mais relevantes e carregadas de simbolismo.

Nesse período, apesar das proibições e da repressão, houve manifestações dos pescadores, dos corticeiros, dos telefonistas, dos bancários, dos trabalhadores da Carris e da CUF. No dia 1 de maio, em Lisboa, manifestaram-se 100 000 pessoas, no Porto 20 000 e em Setúbal, 5000.

Ficarão como marco indelével na história do operariado português, as revoltas dos assalariados agrícolas dos campos do Alentejo, com o grande impulso no 1.º de Maio de 62.

Mais de 200 mil operários agrícolas, que até então trabalhavam de sol a sol, participaram nas greves realizadas e impuseram aos agrários e ao governo de Salazar a jornada de oito horas de trabalho diário.

Claro que o 1.º de Maio mais extraordinário realizado até hoje, em Portugal, com direito a destaque certo na história, foi o que se realizou oito dias depois do 25 de Abril de 1974.

.

Video:

Realização

Banda Sonora “Smoke On The Water”

by ©Mário Silva

.

Mário Silva 📷

Águas Frias - Fevereiro 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.