Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

28
Mai24

O trabalho árduo de cavar a terra seca, retirando as ervas daninhas e preparando o terreno para novas cultivações ...


Mário Silva Mário Silva

.

O trabalho árduo de cavar a terra seca, retirando as ervas daninhas e preparando o terreno para novas cultivações ...

Mai28 DSC07074_ms

... É um trabalho árduo e cansativo, mas também gratificante.

A terra seca, resistente à pá e à enxada, cede aos poucos à perseverança do agricultor.

As ervas daninhas, teimosas e persistentes, são arrancadas do solo, abrindo espaço para novas sementes que germinarão e crescerão.

.

O suor que escorre pela testa, os músculos que doem ao fim do dia, são o preço pago por uma boa colheita.

O agricultor sabe que sua dedicação será recompensada com frutos abundantes, que alimentarão a sua família e a sua comunidade.

.

É um trabalho que exige força física, mas também paciência e determinação.

O agricultor precisa ter fé no futuro, na promessa de uma nova colheita, mesmo quando a terra parece árida e sem vida.

.

Com cada passo, o agricultor transforma a terra seca num solo fértil, pronto para receber novas sementes e dar vida a novas plantas.

É um trabalho que conecta o homem à natureza, um ciclo eterno de renovação e crescimento.

.

O trabalho árduo do agricultor é um símbolo da resiliência do ser humano, da sua capacidade de superar desafios e construir algo novo a partir do nada.

É um trabalho que merece ser valorizado e respeitado, pois é a base da nossa alimentação e da nossa vida.

.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

.

 

Mário Silva 📷
20
Ago23

A árvore seca, nua, ... morta


Mário Silva Mário Silva

A árvore seca, nua, ... morta

09 DSC04396-FotoPintura_ms

.

A árvore seca, nua, morta,

Que outrora foi cheia de vida,

Agora é apenas um tronco,

Um lembrete da passagem do tempo.

.

As folhas que outrora eram verdes,

Agora são marrons e secas,

E os frutos que outrora eram doces,

Agora são amargos e intragáveis.

.

Mas mesmo morta, a árvore ainda é bela,

Em sua própria maneira,

E seu tronco retorcido e seus galhos quebrados,

Ainda são um símbolo de força e resistência.

.

A árvore seca é um lembrete de que,

Mesmo em tempos difíceis,

A vida continua,

E que a primavera sempre segue o inverno.

.

A árvore seca é um símbolo de esperança,

De que mesmo quando tudo parece perdido,

Há sempre a possibilidade de novo começo.

.

A árvore seca é um lembrete de que,

Mesmo na morte,

Há beleza,

E que a vida sempre continua.

.

Poema & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
26
Ago22

SECA SEVERA ou mesmo EXTREMA - Albufeira de Arcossó (Nogueirinhas) – Chaves – Portugal


Mário Silva Mário Silva

.

Albufeira de Arcossó (Nogueirinhas) – Chaves – Portugal

.

SECA SEVERA ou mesmo EXTREMA

24 DSC04780_ms

.

“Portugal vive uma das piores situações do último século.

Quase todo o país está em seca severa ou extrema.

A cientista Joana Portugal Pereira avisa que o país tem de se preparar antecipadamente para a adaptação às alterações climáticas, que estão e vão provocar períodos de seca, e aconselha cuidados com a água e mais árvores

A situação é mesmo preocupante e vai piorar se não forem tomadas medidas.

Portugal continental está a viver uma situação de seca hidrológica que as autoridades admitem ser a pior dos últimos 100 anos, com quase todo o país em seca severa ou extrema.”

(…)

_____   in: “expresso.pt/sociedade/2022-07-30”   _____

.

.

Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
05
Ago20

Feto viçoso com folha seca


Mário Silva Mário Silva

 

Feto viçoso com folha seca

.

Durante centenas de anos, os fetos foram interpretados como plantas enigmáticas e circularam histórias sobre uma espécie lendária que produzia sementes e cuja posse tornava invisível quem as possuísse.

DSC03621_ms

 

.

Esta tradição é referida na obra Henrique IV (1597) escrita por William Shakespeare (1564-1616) quando uma das personagens diz: “possuímos o segredo da receita das sementes de feto, que nos permitem andar sem sermos vistos”.

.

Na iconografia cristã, os fetos eram símbolos de humildade, aludindo ao ambiente discreto e sombrio onde se desenvolvem e ao pequeno porte que os caracteriza. Segundo escreveu Plínio, o Velho, na História Natural (livro 27, capítulo 55), os fetos afastam as cobras; esta crença contribuiu para que, mais tarde, os fetos se tornassem símbolos da Salvação e um atributo de Jesus Cristo (as cobras simbolizam o mal).

.

.

                                                                                     🌿

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber                               

.

                                          🌿                    🌿                   🌿

.

 

.

 

 

 

Mário Silva 📷
17
Nov19

Águas Frias (Chaves) - ... o outono avança e com ele chegam as chuvas, o "frio de rachar", o nevoeiro de manhã, as geadas à noite e até a neve já faz a sua aparição ... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...


Mário Silva Mário Silva

 

... o outono avança ...

e com ele chegam as chuvas;

a "água é fria"; 

o "frio de rachar";

o nevoeiro de manhã;

as geadas à noite;

e até a neve já faz a sua aparição ...

... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...

... e a lareira já está acesa !!!

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se

em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer ...

... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer , atrás do rebanho e ladeado dos seus fieis cães de guarda ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... mais uma vista para a Aldeia ...

... mais uma vista para a Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional), no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem e fazendo-nos recuar na História ...

... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional),

no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem

e fazendo-nos recuar na História ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca rodeado de arvoredo com tons outonais

... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca,

rodeado de arvoredo com tons outonais ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
08
Set19

Águas Frias (Chaves) - A Aldeia e ... o Dia Internacional da Literacia ...


Mário Silva Mário Silva

 

Dia Internacional da Literacia

 

Águas Frias (Chaves) - ... pôr do sol por entre a folhagem ...

... pôr do sol por entre a folhagem ...

 

**********

O Dia Internacional da Literacia celebra-se a 8 de setembro.

 

O objetivo da data é destacar a importância da literacia para as pessoas e para as sociedades.

Numa sociedade moderna, tecnológica e avançada, estima-se que cerca de 800 milhões de pessoas adultas ainda não sabem ler nem escrever, enquanto mais de 122 milhões de crianças em idade escolar não vão à escola.

As mulheres constituem dois terços da população analfabeta mundial.

 

O relatório PISA (Program for International Student Assessment) 2012 apontou Portugal como o segundo país que melhor combateu o insucesso escolar no novo milénio (em 17 países analisados).

 

O dia mundial da literacia foi criado pela UNESCO em novembro de 1965 e celebrado pela primeira vez em 1966.

 

A UNESCO realiza anualmente uma cerimónia de entrega de prémios de literacia internacional.

in:https://www.calendarr.com/portugal/dia-internacional-da-literacia/

 

Águas Frias (Chaves) - ... pormenor de varanda de casa na Aldeia ...

... pormenor de varanda de casa na Aldeia ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... borboleta ("Melanargia galathea") entre as plantas campestres ...

... borboleta ("Melanargia galathea") entre as plantas campestres ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... parede interior (esquerda) da Igreja matriz da Aldeia ...

... parede interior (esquerda) com os seus altares, da Igreja matriz da Aldeia ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... ave de rapina observando no topo de um pinheiro ...

... ave de rapina ( águia-de-asa-redonda - "Buteo buteo"),

observando, no topo de um pinheiro ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... nicho "Alminhas" ...

... nicho "Alminhas", no Rossio ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... armazém envolto em vegetação, com a Igreja Matriz, espreitado ao fundo ...

... armazém envolto em vegetação, com a Igreja Matriz,

espreitado ao fundo ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... flor campestre, já seca ...

... flor campestre, já seca ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... burro ("Equus africanus asinus"), espojando-se na terra (para se ver livre das moscas) ...

... burro ("Equus africanus asinus"), espojando-se na terra

(para se ver livre das moscas) ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... jogo do "chino", em frente do café do "Russo" (colocar o pino em pé) ...

... jogo do "chino", em frente do café do "Russo"

(colocar o pino em pé) ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista sobre a "pequena mas bela Aldeia transmontana ...

... vista sobre a "pequena mas bela Aldeia transmontana ...

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
03
Mar12

Águas Frias (Chaves) - ...quando o castanho é a cor dominante na Natureza ...


Mário Silva Mário Silva

 

Todos se sentem impacientes ...

 

Todos pensam de como será ...

 

Já está a ser demais ...

 

Como nos sentimos impotentes ...

 

Nada podemos fazer ...

 

Quando terminará ? ...

 

 

 A Cancela e o fio azul

 

 

Não, não estou a falar da crise financeira que assola o País ...

 

Essa também poderia ser um bom mote para reflexão, mas já há muita gente a debruçar-se (?) sobre o assunto ... e os resultados (?) ...

 

Mas voltemos ao tema que me trouxe novamente aqui. O estado, já declarado de seca moderada e/ou extrema.

 

Não tem chovido há alguns meses, tendo sido este mês de fevereiro o mais seco de há 80 anos.

 

 

 Pastando à procura das poucas ervas verdes

 

Mas, parece que ainda se pode reverter esta situação, pois as previsões metereológicas preveem alguma chuvas para estes próximas dias.

 

Oxalá que sejam certeiros (às vezes são).

 

A Natureza já clama por água e o castanho teima em manter-se como a cor dominante.

 

Esperemos que até a Natureza não nos abandone e também entre em crise (e para esta não há "troika" que lhe valha (ou não)).

 

Bom, deixemo-nos de lamechices e esperemos que a chuva ensope os lameiros, engrosse os ribeiros, encha os poços e fontes e regue as hortas.

 

 

 ... quando o castanho é a cor dominante na Natureza ...

 

Já há saudade, daquele cheirinho de quando as primeiras chuvas embatem no solo seco ...

 

 

  

 

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

   OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    OOOOOOOOOOOOOOOOOOO

   OOOOOOOOOOOOOO

  OOOOOOOOOO

   OOOOO

   O

    o

    o

    o

    

 

 

 

Mário Silva 📷

Águas Frias - Junho 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Julho 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.