Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

03
Jul24

A estória do gato preto e branco


Mário Silva Mário Silva

 

A estória do gato preto e branco

Jul03 DSC06786_ms

Era uma vez um gato preto e branco chamado Bichinho.

Ele era um gato doméstico mimado que nunca tinha saído de casa sozinho.

Um dia, a porta da casa ficou aberta acidentalmente e Bichinho, curioso, saiu para explorar o mundo exterior.

Ele aventurou-se pela rua, fascinado por tudo o que via.

Mas logo se perdeu e não sabia como voltar para casa.

Ele vagueou pelas ruas por horas, cada vez mais assustado e sozinho.

.

Finalmente, ele encontrou um parque e decidiu esconder-se num arbusto para descansar.

Ele estava cansado, com fome e com medo.

De repente, ele ouviu um barulho e virou-se para ver um homem parado a alguns metros de distância.

.

O homem era um fotógrafo e estava a tirar fotos da natureza.

Ele reparou no gato e achou-o muito fotogénico.

Aproximou lentamente, com cuidado para não o assustar.

.

Bichinho ficou hesitante no início, mas logo se sentiu atraído pela atenção do homem.

Ele aproximou-se e o homem começou a acariciá-lo.

Bichinho ronronou de contentamento e sentiu-se seguro pela primeira vez em horas.

.

O homem tirou algumas fotos de Bichinho e depois decidiu levá-lo para casa.

Ele sabia que o gato era um animal de estimação e queria ajudá-lo a encontrar os seus donos.

.

O homem publicou fotos de Bichinho nas redes sociais e, no dia seguinte, ele recebeu uma mensagem de uma mulher que reconheceu o gato.

Ela era a dona de Bichinho e estava muito feliz por ele ter sido encontrado.

.

O homem levou Bichinho de volta para a sua casa e a mulher abraçou-o com lágrimas de alegria.

Bichinho estava finalmente em casa e seguro.

.

Ele nunca mais se esqueceu da aventura que teve no monte e da gentileza do fotógrafo que o ajudou a voltar para casa.

.

.

A fotografia mostra um gato preto e branco parado no meio da erva.

O gato está olhando para trás, como se estivesse sentindo a presença de alguém.

A imagem pode ser interpretada como uma metáfora para o momento em que Bichinho se encontra perdido no monte e é encontrado pelo fotógrafo.

.

A imagem também pode ser interpretada como um símbolo de esperança.

O gato preto e branco é frequentemente associado à má sorte, mas nesta imagem ele representa um animal que foi perdido e encontrado.

Isso pode ser visto como uma chamada de atenção de que mesmo nos momentos mais sombrios, sempre há esperança.

.

Em forma de conclusão, a estória do gato preto e branco é uma história comovente sobre amor, perda e esperança.

É uma história que vai ressoar com qualquer pessoa que já se tenha perdido ou que se tenha sentido sozinho.

A estória também é um lembrete de que devemos sempre ser gentis com os animais e com os outros, pois nunca sabemos o que eles estão passando.

.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
08
Jun24

Um ovo estalou ..., uma nova andorinha nasceu ... e passadas duas semanas, até se pôs à janelinha do seu ninho explorando o meio ambiente que a envolve e esperar que um dos seus progenitores lhe traga mais comidinha ...


Mário Silva Mário Silva

Um ovo estalou ..., uma nova andorinha nasceu ... e passadas duas semanas, até se pôs à janelinha do seu ninho explorando o meio ambiente que a envolve e esperar que um dos seus progenitores lhe traga mais comidinha ...

Jun08 DSC01714_ms

A fotografia apresenta um filhote de andorinha em seu ninho.

O filhote é pequeno e branco, com penas pretas. Ele está a olhar para fora do ninho, explorando o mundo ao seu redor.

.

O ciclo de vida de uma andorinha começa quando a fêmea põe de 3 a 5 ovos num ninho feito de lama e palha.

Os ovos são incubados por ambos os pais por cerca de 14 dias.

Quando os ovos eclodem, os filhotes nascem nus e cegos.

Os pais cuidam dos filhotes e alimentam-nos até que estejam prontos para voar.

.

Nos primeiros dias de vida, os filhotes de andorinha são completamente dependentes de seus pais.

Eles precisam ser alimentados com frequência e mantidos aquecidos.

Os pais alimentam os seus filhotes com insetos, que eles apanham no ar.

.

Por volta de uma semana de idade, os filhotes de andorinha começam a abrir os olhos.

Eles também começam a desenvolver as suas penas.

Por volta de duas semanas de idade, os filhotes de andorinha são capazes de se mover pelo ninho.

Eles também começam a fazer sons.

.

Por volta de três semanas de idade, os filhotes de andorinha estão prontos para voar.

Eles deixam o ninho pela primeira vez e começam a alimentar-se por conta própria.

Os pais ainda os acompanham por algumas semanas, mas os filhotes logo se tornam independentes.

.

As andorinhas são aves importantes para o meio ambiente.

Elas ajudam a controlar as populações de insetos, que podem ser pragas para as plantações e para os humanos.

As andorinhas também são aves bonitas e graciosas que podem ser apreciadas por todos.

.

Se você quiser ajudar as andorinhas, você pode fornecer-lhes um lugar para construir os seus ninhos.

Você também pode evitar o uso de pesticidas, que podem prejudicar as andorinhas e outros animais selvagens.

.

As andorinhas são criaturas fascinantes com um ciclo de vida interessante.

É importante proteger essas aves e seus habitats.

.

Os filhotes de andorinha nascem com um bico grande e amarelo.

O bico é usado para pegar insetos.

Os filhotes de andorinha crescem muito rapidamente. Eles dobram o seu peso corporal em apenas duas semanas.

As andorinhas são aves migratórias. Elas viajam longas distâncias para encontrar alimentos e para criar seus filhotes.

As andorinhas são aves sociais. Elas vivem em colónias que podem ter centenas ou até milhares de indivíduos.

.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

.

Mário Silva 📷

Águas Frias - Junho 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Julho 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.