Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA

MÁRIO SILVA

15
Fev20

Águas Frias (Chaves) - ... o cume da serra ...


Mário Silva Mário Silva

 

O CUME DA SERRA

 

Águas Frias (Chaves) - ... e a neve cobrindo as serranias da vizinha Espanha ...... e a neve cobrindo o cume das serranias, da vizinha Espanha ...


No cume daquela serra
Plantei uma roseira
A rosa no cume cresce
A rosa no cume cheira

Quando cai a chuva grossa
A água o cume desce
O orvalho no cume brilha
O mato no cume cresce

 

Águas Frias (Chaves) - ... a água do ribeiro saltita por entre o arvoredo e os socalcos do seu leito ... 

... a água do ribeiro saltita por entre o arvoredo e os socalcos do seu leito ...


Mas logo que a chuva cessa
Ao cume volta a alegria
Pois volta a brilhar depressa
O sol que no cume ardia

E quando chega o Verão
E tudo no cume seca
O vento o cume limpa
E o cume fica careca

Águas Frias (Chaves) - ... refúgio, no meio da vinha ... ... refúgio, no meio da vinha ...

 


Ao subir a linda serra
Vê-se o cume aparecendo
Mas começando a descer
O cume se vai escondendo

 

Águas Frias (Chaves) - ... espreitando um castanheiro pelo buraco no tronco de outro velho castanheiro ...

... espreitando um castanheiro pelo buraco no tronco de outro velho castanheiro ...


Quando cai a chuva fria
Salpicos no cume caiem
Abelhas no cume picam
Lagartos do cume saem

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cordeirinho negro, mas com a cauda de lã branca, para não ser a "ovelha negra do rebanho" ...... o cordeirinho negro, mas com a cauda de lã branca, para não ser a "ovelha negra do rebanho" ...

 


E à hora crepuscular
Tudo no cume escurece
Pirilampos no Cume brilham
E a lua no cume aparece

E quando vem o Inverno
A neve no cume cai
O cume fica tapado
E ninguém ao cume vai

 

Águas Frias (Chaves) - ... visão da Aldeia num dia de céu limpo, em pleno inverno ...... visão da Aldeia num dia de céu limpo, em pleno inverno ...


Mas a tristeza se acaba
E de novo vem o Verão
O gelo do cume derrete
E todos ao cume vão

Poesia tradicional portuguesa

 

Águas Frias (Chaves) - ... o belo altar mor da Igreja matriz ...

... o belo altar mor da Igreja matriz ...

 

 

 

Até breve !!!!

 

 

 

 

 

01
Fev20

Águas Frias (Chaves) - ... Quando está frio no tempo do frio ...


Mário Silva Mário Silva

 

Quando Está Frio

no Tempo do Frio

 

Águas Frias (Chaves) - ... o branco é a cor dominante em dias de nevada ...

... o branco é a cor dominante em dias de nevada ...

 

"Quando está frio no tempo do frio, para mim é como se estivesse agradável,
Porque para o meu ser adequado à existência das cousas
O natural é o agradável só por ser natural.
 

Águas Frias (Chaves) - ... a importância da caixa de correio ...

... a importância da caixa de correio ...

 

Aceito as dificuldades da vida porque são o destino,
Como aceito o frio excessivo no alto do Inverno —
Calmamente, sem me queixar, como quem meramente aceita,
E encontra uma alegria no facto de aceitar —
No facto sublimemente científico e difícil de aceitar o natural inevitável.
 
 
 

Águas Frias (Chaves) - ... o ferrolho (a fechadura que não precisava de código nem ligação à Central de Segurança) ...

 ... o ferrolho (a fechadura que não precisava de código nem ligação à Central de Segurança) ...

 

Que são para mim as doenças que tenho e o mal que me acontece
Senão o Inverno da minha pessoa e da minha vida?
O Inverno irregular, cujas leis de aparecimento desconheço,

Mas que existe para mim em virtude da mesma fatalidade sublime,
Da mesma inevitável exterioridade a mim,Que o calor da terra no alto do Verão
E o frio da terra no cimo do Inverno.
 

Águas Frias (Chaves) - ... carregando os fardos de feno para as vacas ...

... carregando os fardos de feno para as vacas ...

 
 

Aceito por personalidade.
Nasci sujeito como os outros a erros e a defeitos,
Mas nunca ao erro de querer compreender demais,
 
 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa, restaurada, na Aldeia ...

... uma casa, restaurada, na Aldeia ...

 
 

Nunca ao erro de querer compreender só corri a inteligência,
Nunca ao defeito de exigir do Mundo
Que fosse qualquer cousa que não fosse o Mundo."

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa
 

Águas Frias (Chaves) - ... o cavalo que interrompeu a sua refeição para posar para a foto ...

... o cavalo que interrompeu a sua refeição para posar para a foto ...

 
 
 
Até breve!!!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
23
Dez19

Águas Frias (Chaves) - FELIZ NATAL !!!!!


Mário Silva Mário Silva

Desejo a todos 

um 

Feliz Natal

FELIZ NATAL - Águas Frias

 

Pudesse do Natal dizer que é mais

que o corre-corre, que a lufa-lufa,

que a passada célere demais,

que a mole humana que se adensa e arrufa

e satura nos amplos corredores,

nas ruas e nas lojas, nos mercados

(valendo-se da casa de penhores,

como outrora do livro de fiados);

pudesse do Natal dizer que é muito,

muito mais que o bulício que se sente

atraído pelo larvar intuito

da febre consumista, futilmente,

que faz da pretensão de ter e haver

o santo-e-senha contra o próprio ser.

 

Autor: Domingos da Mota

 

 

                                                    

 

 

 

 

17
Nov19

Águas Frias (Chaves) - ... o outono avança e com ele chegam as chuvas, o "frio de rachar", o nevoeiro de manhã, as geadas à noite e até a neve já faz a sua aparição ... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...


Mário Silva Mário Silva

 

... o outono avança ...

e com ele chegam as chuvas;

a "água é fria"; 

o "frio de rachar";

o nevoeiro de manhã;

as geadas à noite;

e até a neve já faz a sua aparição ...

... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...

... e a lareira já está acesa !!!

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se

em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer ...

... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer , atrás do rebanho e ladeado dos seus fieis cães de guarda ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... mais uma vista para a Aldeia ...

... mais uma vista para a Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional), no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem e fazendo-nos recuar na História ...

... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional),

no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem

e fazendo-nos recuar na História ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca rodeado de arvoredo com tons outonais

... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca,

rodeado de arvoredo com tons outonais ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

22
Fev19

Águas Frias (Chaves) - ... 22 de fevereiro - Dia Europeu da Vítima de Crime ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

22 de fevereiro

Dia Europeu da Vítima de Crime

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... em dia de nevada ...

... em dia de nevada ...

 

 

O Dia Europeu da Vítima de Crime observa-se no calendário a 22 de fevereiro.

Este dia foi criado para recordar e assinalar os direitos de todas as pessoas que foram e que são vítimas de crime. Todos os anos milhões de crianças e de adultos, homens e mulheres, pobres e ricos, sofrem nas mãos de criminosos na União Europeia.

A origem da data deve-se à ação do fórum europeu (Victim Support Europe), que agrega serviços de apoio às vítimas nacionais de mais de duas dezenas de países da Europa.

Em Portugal as iniciativas deste Dia Europeu da Vítima de Crime estão a cargo da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) que costuma comemorar o dia com seminários, entre outros projetos, com o objetivo de promover a defesa dos direitos das vítimas de crimes.

A APAV está responsável por prestar apoio emocional, psicológico, social e jurídico às vítimas de crime em Portugal nos seus variados gabinetes de apoio à vítima espalhados pelo país. A sua linha de apoio (116 006) gratuita e confidencial equivale ao número europeu de apoio à vítima.

In: https://www.calendarr.com/portugal/dia-europeu-da-vitima-de-crime/

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... em dia cinzento, um raio de luz ilumina a Aldeia ...

... em dia cinzento, um raio de luz ilumina a Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... janela  de 1966 ...

... janela de 1966 ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a amizade com o touro ...

... a amizade com o touro ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... casa na Aldeia ...

... casa na Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cão no meio do campo verdejante ...

... o cão passeando no meio do campo verdejante ...

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

09
Fev19

Águas Frias (Chaves) - ... "chuva, frio, neve ou calor em fevereiro, diz-se que é um mês matreiro" ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

... "chuva, frio, neve ou calor, em fevereiro,

diz-se que é um mês matreiro" ...

Provérbio de 2019 (Mário Silva)

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... e a neve cobre de branco o caminho ...

... e a neve cobre de branco o caminho ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cortando lenha de motosserra ... a lenha ainda vai ser precisa ...

... cortando lenha de motosserra ...

pois provavelmente ainda vai ser precisa ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... casa na rua Central ...

... casa na rua Central ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... queimada dos desperdícios da terra ...

... queimada dos desperdícios da "terra" ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... casas na Aldeia ...

... casas na Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... "ex cantina escolar" . Edifício simples mas belo que foi mandado construir e doado à Aldeia ...

... "ex cantina escolar" . Edifício simples mas belo que foi mandado construir e doado à Aldeia ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

18
Jan19

Águas Frias (Chaves) - dia18 de janeiro -Dia Internacional do Riso


Mário Silva Mário Silva

 

O Dia Internacional do Riso

celebra-se (com alegria)

a 18 de janeiro

 

Águas Frias (Chaves) - ... que lareiros tão bem engalanados !!!! (e eu só a vê-los...)

... que lareiros tão bem engalanados !!!! (e eu só a vê-los...)  

 

Este dia chama a atenção para a importância de rir. O riso é um comportamento humano que traz bem-estar às pessoas. Neste dia deve rir o mais que puder, quer na companhia dos amigos, trocando-se anedotas e episódios engraçados, quer sozinho, em casa a ver as suas comédias preferidas ou a ler um livro engraçado.

Vantagens de rir
Entre os benefícios de rir encontramos:

😊Redução do stress
😃Melhoria da qualidade de sono
😁Fortalecimento abdominal
😅Combate ao surgimento de rugas
😂Melhor circulação sanguínea
🤣Melhor respiração
😊Melhoria da digestão
😊Fortalecimento do sistema imunológico
🤣Estímulo da criatividade
😂Criação de laços com outras pessoas

 

🙃


Mensagens para o Dia Internacional do Riso
😊Rir mais é viver mais e melhor.
😊Rir é o melhor remédio (e é de graça).
🤣Uma risada por dia não sabe o bem que lhe fazia.
😂Ria como se não houvesse amanhã.
😅Rir é dos melhores prazeres da vida.
😃Rir aumenta a qualidade de vida.
🤣😂Ria. Por si e pelos outros.

 

Águas Frias (Chaves) - ... Aldeia em dia de neve ...

... Aldeia em dia de neve ... 

 

Águas Frias (Chaves) - ...

... Ferreirinha-comum_"Prunella modularis" (coitadinha da ave que sem sobretudo, casaco de malha ou camisola interior, enfrenta com altivez o frio no cimo do tronco coberto de neve ...-  a Natureza espanta-nos !!!!)  

 

Águas Frias (Chaves) - ... pormenor da torre sineira da igreja matriz (note-se no sino que esplendorosamente brilha, mesmo sem se ouvir as suas sonoras badaladas ...)

 ... pormenor da torre sineira da igreja matriz (note-se no sino que esplendorosamente brilha, mesmo sem se ouvir as suas sonoras badaladas ...)  

 

a Pedra Bolideira com neve ...

a Pedra Bolideira com neve ... 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... caçador solitário ...

... caçador solitário ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

06
Jan19

Águas Frias (Chaves) - A versão moderna dos três Reis “Magros”


Mário Silva Mário Silva

 

Águas Frias (Chaves) - os três Reis Magos ...

 

A versão moderna dos

três Reis “Magros

 

Diz-se que uns reis multimilionários de aspeto físico “magro”, pois todos os dias, para manter a sua forma física corriam atrás dos camelos, pelo deserto, pelo menos 20Km por dia e só comiam verduras (o que era um luxo para o deserto. Mas como eram reis … !!!!). Esses reis, numa reunião para alterarem a monotonia dos seus exercícios físicos (já não podiam ver mais os traseiros dos camelos e a paisagem era sempre a mesma) – que monotonia !!!! Então viram no Goggle que ia aparecer uma estrela cadente, mas com movimento em “slowmotion” e que se dirigia para Belém, decidiram que o seu próximo objetivo era seguir a estrela, até porque já tinham ouvido falar muito de Belém, pois lá havia uma personagem muito popular (até dava beijinhos a qualquer um e tirava “selfies” a quem quer que lhe aparecesse à frente).

Assim decidiram … assim fizeram …

Fizeram-se ao deserto … mas tinham-se prevenido para não se perderem nem na imensidão da areia do deserto, nem na confusão das ruelas, ruas, caminhos, estradas e espante-se até “autoestradas”(que não deixavam passar os camelos dos reis … o tempo já não é o que era, nem respeito por suas majestades). Mas como ia dizendo, eles eram do deserto mas não eram camelos e para não se perderem, muniram-se de um G.P.S. (Guia Pedestre Solitário), homem sábio que bastava olhar para o céu e já sabia onde estava (nem sempre sabia é para onde devia ir, mas isso são pormenores).

Os reis vinham de origens diferentes. O Belchior mais conhecido na sua terra natal por Melchior (que significava “rei da luz”) era o mais velho, dos seus setenta anos, de cabelos e barbas brancas, tendo partido de Ur, terra dos Caldeus, na Pérsia; Gaspar, conhecido por “o branco” (gathaspa), pela sua tez clara, era moço, de vinte anos, robusto e partira de uma distante região montanhosa, perto do Mar Cáspio e Baltasar, conhecido por “senhor dos tesouros” (bithisarea), era mouro, de barba cerrada e com quarenta anos e partira do Golfo Pérsico, na Arábia.

Ora em cima dos camelos, ora a pé (porque o seu traseiro real, por muito almofadado que estivesse, ressentia-se dos altos e baixos do relevo, das curvas e contracurvas (ao menos no deserto podia-se ir a direito …), dos sentidos proibidos, sentidos únicos e rotundas (… afinal, estavam a pensar fazer algumas no deserto … devia ficar bonito e gastava-se algum dinheiro do Povo …). E o Guia Pedestre Solitário (GPS), estava sempre a resmungar, ou porque as nuvens não deixavam ver as estrelas, ou o sol o encandeava, ou porque era solitário tinha que fazer o trabalho sozinho (e até ameaçava fazer greve !!!), ou eram as luzes dos  aviões que o confundiam. O certo, é que passaram semanas, meses, anos … às vezes até passavam pelo mesmo sítio.

Mas, com todos estes contratempos, lá foram seguindo a estrela cadente …

Passaram por paisagens magníficas, em especial, num reino que chamavam de Portugal.

Já tinham decidido, que depois da visita iriam comprar alguns imóveis para terem um “visto GOLD”.

Mas o que mais os deslumbrou, foi quando passaram por uma terra lindíssima que se chamava ÁGUAS FRIAS.

- Que magnifico !!! - dito em árabe por Belchior (porque primeiro falam os mais velhos).

- Que beleza ímpar !!! – exclaramou com admiração Baltasar.

- Um verdadeiro oásis !!!! – retorquiu Gaspar (que por ser o mais novo foi o último a falar).

Ainda pararam, na estrada, a pensar …

Ficamos aqui … ? Continuamos …?

Depois de demorada discussão e com o coração apertadinho, o Belchior, o mais emotivo … com os olhos lacrimejantes, concluiu:

- Viemos com um objetivo para cumprir … Chegar a Belém, e entregar os nossos presentes:

- o ouro, um presente para um “rei”; o olíbano (incenso) para um “sacerdote”, representando a espiritualidade; e a mirra, para um “profeta” (a mirra, na terra deles, era usada para embalsamar corpos e, simbolicamente, representava a imortalidade).

E lá foram eles, os seus camelos e o GPS…

Claro, que, como em qualquer viajem, nem tudo pode correr bem …

Encontraram o presidente do PAN, que os mandou parar, pois, segundo eles estavam a infringir a Lei, pois estavam a usar abusivamente dos animais (camelos), o que não era dignificante para o ser Animal. O três Reis ficaram boquiabertos e tentaram convencer, que lá nos seus reinos, o meio de transporte normal era o camelo e pela viajem que já tinham feito, já tinham visto muito mais “camelos”, que não sendo animais, eram menos dignificados que os seus camelos (animais). O PAN, ficou um pouco confuso (como sempre) e lá os deixou seguir viagem.

Passada aqui … passada acolá …

No dia 6 de dezembro, chegaram, finalmente a Belém.

Era já noite escura … passaram em ruas movimentadas com “máquinas” que passavam e cujos “condutores” olhavam para Eles com espanto. Espantavam estava eles com todo aquele movimento, luzes e pessoas que, qual formigas, andavam de um lado para outro.  Ainda perguntaram ao GPS:

- Afinal, é aqui, Belém?!!!!

- Suas Altezas, eu raramente tenho dúvidas e nunca me engano – Aqui é Belém.

Deambularam pela noite gélida de dezembro, até que debaixo de uma entrada de uma casa, viram um ser humano,  enroscado num cobertor velho e roto e coberto de cartões e acompanhado por dois animais (única companhia) que juntinho a Ele se aqueciam e o aqueciam ….

Os três Reis “Magros” …. olharam … observaram aquela imagem de simplicidade e sofrimento, no meio da magnitude envolvente e, com os olhos carregados de água, abeiraram-se desse Ser e pensaram:

- Só pode ser Este o que o que procuramos … o ser que veio para no meio da humildade. Simplicidade e sofrer por nós …

Desceram dos seus camelos, abeiram-se Dele, que, no meio de frio, conseguia dormir

Ajoelharam-se, em sinal do seu reconhecimento pelo seu sofrimento … cobriram-no com as suas próprias mantas …

Ele acordou … primeiro assustou-se … depois vendo aqueles Reis ajoelhados, à sua volta, espantou-se …

- Não tenham receio … Nós fizemos uma grande viajem para reconhecer a Tua valorosa Vida …

Conversaram, consolaram-no. O Seu rosto foi ficando mais cada vez mais radiante (nunca tinha sido tão bem tratado…era maltratado e ainda é).

Os Reis depois de passarem grande parte da noite com Ele, deixaram os presentes que traziam consigo: Ouro, incenso e mirra …

O Guia Pedestre Solitário (GPS) olhou para o céu e viu que a estrela que os tinha guiado, deixara de brilhar, sinal que tinham chegado ao local desejado.

Os Reis, voltaram a montar os seus camelos e com o coração triste (depois de verem o estado em que Ele vivia), sentiram-se também contentes, pois Ele ficou muito confortado com a sua visita e os presentes deixados, iriam tornar os seus dias futuros menos árduos. Afinal Ele viera para Sofrer. Mas será que os outros compreenderão o seu Sofrimento.

E, sempre com o valioso auxílio do Guia Pedestre Solitário, os Reis retomaram a viagem de regresso às suas diferentes terras. E tinham aprendido muito e tinham muito para contar.

 

Mas, o que ainda lhes ficou na memória foi aquela manhã gélida que passaram por aquelapequena mas bela AldeiaÁGUAS FRIAS”.

 

Mário Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

06
Jan18

Águas Frias (Chaves) - " ... Quem em Janeiro lavrar, tem sete pães para o jantar..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

"Quem em Janeiro lavrar,

tem sete pães para o jantar."

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... pastor e rebanho ...

     ... pastor e rebanho ...     

 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a Aldeia ... destacando-se a torre da igreja -...

     ... a Aldeia ... destacando-se a torre da igreja -...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a nevar ...

     ... começar a nevar ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... gato posando para a foto ...

     ... gato,indiferente, posando para a foto ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... os caçadores (sem caça) e os cães ...

     ... os caçadores (sem caça) e os cães ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelo entre as folhas de carvalho

     ... cogumelo entre as folhas de carvalho ...    

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma janela bem guardada ...

     ... uma janela bem guardada ...    

 

 

 

 

 

Até breve !!!