Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

22
Fev20

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ... o "mar" de Trás-Os-Montes ...


Mário Silva Mário Silva

 

... a névoa ...

... o "mar" de Trás-Os-Montes ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa - o mar de Trás-Os-Montes ...... a névoa - o mar de Trás-Os-Montes ...

 

Desce a névoa da montanha

 

Águas Frias (Chaves) - ... é preciso limpar o terreno das ervas daninhas, para se poder iniciar as sementeiras e plantações ...

 ... é preciso limpar o terreno das ervas daninhas, para se poder iniciar as sementeiras e plantações ...

 

“A névoa involve a montanha,
Húmido, um frio desceu.
O que é esta mágoa estranha
Que o coração me prendeu?

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa que ainda nos relembra o passado da Aldeia ...

... uma casa que ainda nos relembra o passado da Aldeia ...

 

Parece ser a tristeza
De alguém de quem sou actor,
Com fantasiada viveza
Tornada já minha dor.

Águas Frias (Chaves) - ... os pote de ferro, em lareira limpa ...

... os potes de ferro, em lareira limpa ...

 

Mas, não sei porquê, me dói
Qual se fora eu a ilusão;
E há névoa em tudo o que foi
E frio em meu coração.”

Novas Poesias Inéditas. Fernando Pessoa

Águas Frias (Chaves) - ... a igreja matriz banhada pela luz brilhante dos esporádicos raios de sol ...... a igreja matriz banhada pela luz brilhante dos esporádicos raios de sol ...

 

Em 1930, Fernando Pessoa publicou num do jornal açoriano um poema até então inédito. “Névoa” apareceu junto a “Minuete Invisível”, que tinha sido apresentado pela primeira vez no primeiro (e único) número da Portugal Futurista, e a um texto de apresentação assinado pelo jornalista Rebelo de Bettencourt.

 

Águas Frias (Chaves) - ... o gato apanhando os preciosos raios de sol em dias de inverno ...

... o gato apanhando os preciosos raios de sol em dias de inverno ...

 

Depois dessa data, o poema não voltou a ser publicado. Caiu no esquecimento, até que um investigador o encontrou, por acaso, mais de 80 anos depois.

Águas Frias (Chaves) - ... uma antiga varanda (que penso que já não existe) ....... uma antiga e tradicional varanda transmontana (que penso que já não existe) ....

 

Agora, entrou finalmente para o corpus pessoano, ao ser incluído no mais recente volume da edição crítica da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM).

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pôr do sol, atrevido, em dias de inverno ...

... o flamejante pôr do sol, atrevido, em dias de inverno ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
30
Nov19

Águas Frias (Chaves) - ... A Aldeia em fins de outono ... quando já se "cheira" a Natal ...


Mário Silva Mário Silva

 

... A Aldeia em fins de outono ...

quando já se "cheira" a Natal ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa instala-se na encosta do Brunheiro, fazendo uma cortina translúcida que só deixa ver a silhueta  do Castelo de Monforte de Rio Livre ...

... a névoa instala-se na encosta do Brunheiro, fazendo uma cortina translúcida que só deixa ver a silhueta do Castelo de Monforte de Rio Livre ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos de cor bem rosada ... podem ser bonitos , mas ... eu não os comia ...

... cogumelos de cor bem rosada ... podem ser bonitos , mas ... eu não os comia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma lareira se acendeu ... o frio já se instalou ... o calor da lareira já é essencial, por estas paragens ...

... uma lareira se acendeu ... o frio já se instalou ...

o calor da lareira já é essencial,  por estas paragens ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a árvore despida de folhas, mas ainda conservando alguns frutos ...

... a árvore despida de folhas, mas ainda conservando alguns frutos ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... casas na Aldeia em tons outonais ...

... casas na Aldeia, rodeadas pelos tons outonais ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o sol outonal rasgando a sua luz através da árvores quase despidas ...

... o sol outonal rasgando a sua luz através da árvores quase despidas ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma vista da Aldeia em dia cinzento de fins do outono ...

... uma vista da Aldeia em dia cinzento de fins do outono ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... parte da muralha e da torre de menagem do Castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ...

... parte da muralha e da torre de menagem do Castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... duas casas na parte superior da estrada nacional ...

... duas casas na parte superior da estrada nacional ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o vermelho das folhas que caem ...

... o vermelho das folhas que caem ...

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
17
Nov19

Águas Frias (Chaves) - ... o outono avança e com ele chegam as chuvas, o "frio de rachar", o nevoeiro de manhã, as geadas à noite e até a neve já faz a sua aparição ... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...


Mário Silva Mário Silva

 

... o outono avança ...

e com ele chegam as chuvas;

a "água é fria"; 

o "frio de rachar";

o nevoeiro de manhã;

as geadas à noite;

e até a neve já faz a sua aparição ...

... afinal, estamos em Trás-Os-Montes ...

... e a lareira já está acesa !!!

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

... depois de uma noite de geada, as folhas caídas transformaram-se

em belas peças de "filigrana" de um branco cristalino ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer ...

... o pastor levando, pelo braço, o cordeiro que tinha acabado de nascer , atrás do rebanho e ladeado dos seus fieis cães de guarda ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

... o cogumelo que parece "brilhar" no meio da vegetação rasteira, ao final do dia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... mais uma vista para a Aldeia ...

... mais uma vista para a Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional), no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem e fazendo-nos recuar na História ...

... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional),

no alto da serra do Brunheiro, dominando a paisagem

e fazendo-nos recuar na História ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

... uma casa na Aldeia ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca rodeado de arvoredo com tons outonais

... o cavalo comendo a sua refeição de erva fresca,

rodeado de arvoredo com tons outonais ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
10
Nov19

Águas Frias (Chaves) - ... um pouco de outono e um pouco de Águas Frias ...


Mário Silva Mário Silva

 

... um pouco de outono

e

um pouco de Águas Frias ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... placa sinalizando a entrada para o centro da Aldeia ...

... placa sinalizando a entrada para o centro da Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... e a água já corre por entre as árvores e encharca os lameiros ...

 ... e a água já corre por entre as árvores e encharca os lameiros ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... monumento em forma de estrela, com as seguintes gravações na pedra: M P F (será Mocidade Portuguesa Feminina); a data de 1965 e a identificação: Águas Frias ...

... monumento em forma de estrela, com as seguintes gravações na pedra: M P F (será Mocidade Portuguesa Feminina); a data de 1965 e a identificação: Águas Frias ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cruzeiro do Senhor dos Milagres ...

... cruzeiro do Senhor dos Milagres ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos (amanita parcivolvata)que têm tanto de vistosos como de tóxicos ...

... cogumelos (amanita parcivolvata) que têm tanto de vistosos

como de tóxicos ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... Café /Restaurante "Quim Russo" ...

... café /restaurante "Quim Russo" ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista da Aldeia em dia de nevoeiro ...

... vista da Aldeia em dia de nevoeiro ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o edifício da Junta de Freguesia em tempo outonal ...

... o edifício da Junta de Freguesia, em tempo outonal ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um cesto de saborosas castanhas, acabadas de apanhar ,,,

... uma cesta com saborosas castanhas, acabadas de apanhar ...

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
27
Jan19

Águas Frias (Chaves) - ... 27 janeiro - Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

  27 janeiro

Dia Internacional em Memória

das Vítimas do Holocausto

 

Águas Frias (Chaves) - ... a lua cheia de janeiro ...

... a lua cheia de janeiro ...

 

27 de janeiro - A cada ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolhe um tema para esta data. Em 2019 será a vez de refletir sobre a defesa dos Direitos Humanos a todos aqueles que foram vítimas desta matança.

Este é um dia de lembrança em nome dos milhões de vítimas provocadas pelo genocídio da Alemanha nazi sobre os judeus, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, opositores do regime nazista, entre muitos outros, ocorrido durante a II Guerra Mundial.

Neste dia, decorrem cerimónias de homenagem a pessoas falecidas no Holocausto e o Secretário Geral da ONU transmite uma mensagem especial, entre outras iniciativas.

A data de 27 de janeiro foi escolhida para a celebração deste dia por possuir um significado especial: foi a 27 de janeiro de 1945 que teve lugar a libertação do principal campo de concentração nazi, Auschwitz, localizado na Polônia, pelas tropas da União Soviética. Atualmente, o local é aberto à visitação.

O Dia Mundial da Memória do Holocausto foi criado por ação da Assembleia Geral das Nações Unidas, pela Resolução 60/7, de 1 de dezembro de 2005.

Em Portugal, como em vários países do mundo, governos, escolas e associações judaicas realizam palestras e exposições com o objetivo de fazer com que o horror nazista não caia no esquecimento e não se repita.

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ...

... a névoa ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... os pingos da chuva ...

... os pingos da chuva ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional)

... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional) ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos ...

... cogumelos ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
06
Jan19

Águas Frias (Chaves) - A versão moderna dos três Reis “Magros”


Mário Silva Mário Silva

 

Águas Frias (Chaves) - os três Reis Magos ...

 

A versão moderna dos

três Reis “Magros

 

Diz-se que uns reis multimilionários de aspeto físico “magro”, pois todos os dias, para manter a sua forma física corriam atrás dos camelos, pelo deserto, pelo menos 20Km por dia e só comiam verduras (o que era um luxo para o deserto. Mas como eram reis … !!!!). Esses reis, numa reunião para alterarem a monotonia dos seus exercícios físicos (já não podiam ver mais os traseiros dos camelos e a paisagem era sempre a mesma) – que monotonia !!!! Então viram no Goggle que ia aparecer uma estrela cadente, mas com movimento em “slowmotion” e que se dirigia para Belém, decidiram que o seu próximo objetivo era seguir a estrela, até porque já tinham ouvido falar muito de Belém, pois lá havia uma personagem muito popular (até dava beijinhos a qualquer um e tirava “selfies” a quem quer que lhe aparecesse à frente).

Assim decidiram … assim fizeram …

Fizeram-se ao deserto … mas tinham-se prevenido para não se perderem nem na imensidão da areia do deserto, nem na confusão das ruelas, ruas, caminhos, estradas e espante-se até “autoestradas”(que não deixavam passar os camelos dos reis … o tempo já não é o que era, nem respeito por suas majestades). Mas como ia dizendo, eles eram do deserto mas não eram camelos e para não se perderem, muniram-se de um G.P.S. (Guia Pedestre Solitário), homem sábio que bastava olhar para o céu e já sabia onde estava (nem sempre sabia é para onde devia ir, mas isso são pormenores).

Os reis vinham de origens diferentes. O Belchior mais conhecido na sua terra natal por Melchior (que significava “rei da luz”) era o mais velho, dos seus setenta anos, de cabelos e barbas brancas, tendo partido de Ur, terra dos Caldeus, na Pérsia; Gaspar, conhecido por “o branco” (gathaspa), pela sua tez clara, era moço, de vinte anos, robusto e partira de uma distante região montanhosa, perto do Mar Cáspio e Baltasar, conhecido por “senhor dos tesouros” (bithisarea), era mouro, de barba cerrada e com quarenta anos e partira do Golfo Pérsico, na Arábia.

Ora em cima dos camelos, ora a pé (porque o seu traseiro real, por muito almofadado que estivesse, ressentia-se dos altos e baixos do relevo, das curvas e contracurvas (ao menos no deserto podia-se ir a direito …), dos sentidos proibidos, sentidos únicos e rotundas (… afinal, estavam a pensar fazer algumas no deserto … devia ficar bonito e gastava-se algum dinheiro do Povo …). E o Guia Pedestre Solitário (GPS), estava sempre a resmungar, ou porque as nuvens não deixavam ver as estrelas, ou o sol o encandeava, ou porque era solitário tinha que fazer o trabalho sozinho (e até ameaçava fazer greve !!!), ou eram as luzes dos  aviões que o confundiam. O certo, é que passaram semanas, meses, anos … às vezes até passavam pelo mesmo sítio.

Mas, com todos estes contratempos, lá foram seguindo a estrela cadente …

Passaram por paisagens magníficas, em especial, num reino que chamavam de Portugal.

Já tinham decidido, que depois da visita iriam comprar alguns imóveis para terem um “visto GOLD”.

Mas o que mais os deslumbrou, foi quando passaram por uma terra lindíssima que se chamava ÁGUAS FRIAS.

- Que magnifico !!! - dito em árabe por Belchior (porque primeiro falam os mais velhos).

- Que beleza ímpar !!! – exclaramou com admiração Baltasar.

- Um verdadeiro oásis !!!! – retorquiu Gaspar (que por ser o mais novo foi o último a falar).

Ainda pararam, na estrada, a pensar …

Ficamos aqui … ? Continuamos …?

Depois de demorada discussão e com o coração apertadinho, o Belchior, o mais emotivo … com os olhos lacrimejantes, concluiu:

- Viemos com um objetivo para cumprir … Chegar a Belém, e entregar os nossos presentes:

- o ouro, um presente para um “rei”; o olíbano (incenso) para um “sacerdote”, representando a espiritualidade; e a mirra, para um “profeta” (a mirra, na terra deles, era usada para embalsamar corpos e, simbolicamente, representava a imortalidade).

E lá foram eles, os seus camelos e o GPS…

Claro, que, como em qualquer viajem, nem tudo pode correr bem …

Encontraram o presidente do PAN, que os mandou parar, pois, segundo eles estavam a infringir a Lei, pois estavam a usar abusivamente dos animais (camelos), o que não era dignificante para o ser Animal. O três Reis ficaram boquiabertos e tentaram convencer, que lá nos seus reinos, o meio de transporte normal era o camelo e pela viajem que já tinham feito, já tinham visto muito mais “camelos”, que não sendo animais, eram menos dignificados que os seus camelos (animais). O PAN, ficou um pouco confuso (como sempre) e lá os deixou seguir viagem.

Passada aqui … passada acolá …

No dia 6 de dezembro, chegaram, finalmente a Belém.

Era já noite escura … passaram em ruas movimentadas com “máquinas” que passavam e cujos “condutores” olhavam para Eles com espanto. Espantavam estava eles com todo aquele movimento, luzes e pessoas que, qual formigas, andavam de um lado para outro.  Ainda perguntaram ao GPS:

- Afinal, é aqui, Belém?!!!!

- Suas Altezas, eu raramente tenho dúvidas e nunca me engano – Aqui é Belém.

Deambularam pela noite gélida de dezembro, até que debaixo de uma entrada de uma casa, viram um ser humano,  enroscado num cobertor velho e roto e coberto de cartões e acompanhado por dois animais (única companhia) que juntinho a Ele se aqueciam e o aqueciam ….

Os três Reis “Magros” …. olharam … observaram aquela imagem de simplicidade e sofrimento, no meio da magnitude envolvente e, com os olhos carregados de água, abeiraram-se desse Ser e pensaram:

- Só pode ser Este o que o que procuramos … o ser que veio para no meio da humildade. Simplicidade e sofrer por nós …

Desceram dos seus camelos, abeiram-se Dele, que, no meio de frio, conseguia dormir

Ajoelharam-se, em sinal do seu reconhecimento pelo seu sofrimento … cobriram-no com as suas próprias mantas …

Ele acordou … primeiro assustou-se … depois vendo aqueles Reis ajoelhados, à sua volta, espantou-se …

- Não tenham receio … Nós fizemos uma grande viajem para reconhecer a Tua valorosa Vida …

Conversaram, consolaram-no. O Seu rosto foi ficando mais cada vez mais radiante (nunca tinha sido tão bem tratado…era maltratado e ainda é).

Os Reis depois de passarem grande parte da noite com Ele, deixaram os presentes que traziam consigo: Ouro, incenso e mirra …

O Guia Pedestre Solitário (GPS) olhou para o céu e viu que a estrela que os tinha guiado, deixara de brilhar, sinal que tinham chegado ao local desejado.

Os Reis, voltaram a montar os seus camelos e com o coração triste (depois de verem o estado em que Ele vivia), sentiram-se também contentes, pois Ele ficou muito confortado com a sua visita e os presentes deixados, iriam tornar os seus dias futuros menos árduos. Afinal Ele viera para Sofrer. Mas será que os outros compreenderão o seu Sofrimento.

E, sempre com o valioso auxílio do Guia Pedestre Solitário, os Reis retomaram a viagem de regresso às suas diferentes terras. E tinham aprendido muito e tinham muito para contar.

 

Mas, o que ainda lhes ficou na memória foi aquela manhã gélida que passaram por aquelapequena mas bela AldeiaÁGUAS FRIAS”.

 

Mário Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
15
Dez18

Águas Frias (Chaves) - " ... Não há em Dezembro ... valente que não trema ..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

" ... Não há em Dezembro ...

valente que não trema ..."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelo (gelatinosos !!!! e com aspeto vistoso mas pouco apetecíveis) ...

... cogumelos (gelatinosos !!!! e com aspeto vistoso mas pouco apetecíveis) ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento Nacional) ...

... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento Nacional) ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista (quase) geral da Aldeia ...

... vista (quase) geral da Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... igreja matriz, em dia invernoso ...

... igreja matriz, em dia invernoso ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... as folhas caídas e a névoa ...

... as folhas caídas e a névoa ...

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
17
Nov18

Águas Frias (Chaves) - " ... em Novembro chuva, frio e sol e deixa o resto ..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

" ... em Novembro chuva,

frio e sol e

deixa o resto ..."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um cogumelo ... (pelo aspeto ... eu não comeria !!!!!) ...

     ... um cogumelo ... (pelo aspeto ... eu não comeria !!!!!) ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a placa toponímica e o Castelo de Monforte de Rio Livre envolto pelo manto de névoa ...

  ... a placa toponímica e o Castelo de Monforte de Rio Livre envolto pelo manto de névoa ... 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o cruzeiro do Senhor dos Milagres ... (que inicialmente esteve no antigo cemitério, onde hoje é o Largo do "Concelho")  e após a construção do atual cemitério foi transferido para este lugar ...

     ... o cruzeiro do Senhor dos Milagres ... (que inicialmente esteve no antigo cemitério, onde hoje é o Largo do "Concelho") e após a construção do atual cemitério foi transferido para este lugar ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... já "correm" as águas frias serpenteando pelos regatos ...

     ... já "correm" as águas frias serpenteando pelos regatos ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia ...

     ... uma casa na Aldeia ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um pequeno "pingo" de Águas Frias, mas pelo aspeto das nuvens que lá vêm, muitas mais chegarão !!!!!

     ... um pequeno "pingo" de Águas Frias, mas pelo aspeto das nuvens que lá vêm, ... muitas mais chegarão !!!!!     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) -  " ... por acaso, não foi ao acaso ..." 2

      " ... por acaso, não foi ao acaso ..." 2     

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
13
Jan18

Águas Frias (Chaves) - "... Em Janeiro, um porco ao sol e outro ao fumeiro..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

"Em Janeiro,

um porco ao sol

e outro ao fumeiro"

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos e amarelos ...

     ... cogumelos e amarelos ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista parcial da Aldeia (Cimo de Vila) ...

     ... vista parcial da Aldeia (Cimo de Vila) ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... as árvores alinhadas e a névoa ...

     ... as árvores alinhadas e a névoa ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... castelo de Monforte de Rio Livre ...

     ... castelo de Monforte de Rio Livre ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... arrumando a lenha  ...

     ... arrumando a lenha ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos ... que só se comem uma vez na vida ...

     ... cogumelos ... que só se comem uma vez na vida ...    

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
09
Dez17

Águas Frias (Chaves) - " ... Dezembro quer lenha no lar e pichel a andar ..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

"Dezembro quer lenha no lar

e pichel* a andar."

 

* recipiente para tirar vinho das pipas ou dos tonéis.
 
 

Águas Frias (Chaves) - ... cortando a lenha, pois o frio vai "apertar" ...

 

      ... cortando a lenha, pois o frio vai "apertar" ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa que já foi nova ...

     ... uma casa que já foi nova ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma vista patcial da Aldeia

     ... uma vista parcial da Aldeia ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ...

     ... a névoa ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o marco, o campo e a árvore ...

     ... o marco, o campo e a árvore ...     
 
 
 
 
 
 
 
Até breve !!!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mário Silva 📷
25
Nov17

Águas Frias (Chaves) - "...De Santos ao Natal é bom chover e melhor nevar..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

"De Santos ao Natal

é bom chover

e melhor nevar"

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos selvagens ...

     ... cogumelos selvagens ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o Castelo de Monforte de Rio Livre por entre a névoa ...

     ... o castelo de Monforte de Rio Livre por entre a névoa ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... caminho para um lameiro ...

     ... caminho para um lameiro ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... algumas casas da Aldeia ...

     ... algumas casas da Aldeia ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... as cheminés, a torre sineira e o arvoredo envolvente ...

     ... as cheminés, a torre sineira e o arvoredo envolvente ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... flor campestre solitária em tempo de outono...

     ... flor campestre solitária em tempo de outono ...    

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
11
Fev17

Águas Frias (Chaves) - "...Quando não chove em Fevereiro, nem prados nem centeio..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

Quando não chove em Fevereiro,

nem prados nem centeio.

 

Águas Frias (Chaves) - ... casa da Aldeia e a lenha arrecadada e pronta a pitar ...

     ... casa da Aldeia e a lenha arrecadada e pronta a pitar ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor, o cão e o rebanho ...

     ... o pastor, o cão e o rebanho ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ...varanda de uma casa da Aldeia ...

     ...varanda de uma casa da Aldeia ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa invade o Brunheiro e quase esconde o castelo de Monforte de Rio Livre ...

     ... a névoa invade o Brunheiro e quase esconde o castelo de Monforte de Rio Livre ...     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... acarretando as vides depois da poda ...

     ... acarretando as vides depois da poda ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... saco de batatas à porta ...

      ... saco de batatas à porta ...     

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
03
Dez16

Águas Frias (Chaves) - "Inverno geral é sempre um mês antes do Natal."


Mário Silva Mário Silva

 

 

"Inverno geral é sempre um mês antes do Natal."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista parcial da Aldeia ...

     ... vista parcial da Aldeia ...     

 

Águas Frias (Chaves) - ... (a)meródios ou medronhos ( "o fruto do Diabo") ...

     ... (a)meródios ou medronhos ( "o fruto do Diabo") ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... Corre a água, em louca correria, pelo ribeiro ...

     ... corre a água, em louca correria, pelo ribeiro ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... pormenor das aberturas dentro da torre de menagem do Castelo de Monforte de Rio Livre ...

      ... pormenor das aberturas dentro da torre de menagem do Castelo de Monforte de Rio Livre ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos (penso que todos comestíveis) ...

     ... cogumelos (penso que todos comestíveis ?!!!!!, .... mas na dúvida não apanhe) ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista da igreja em dia "nuvio" ...

    ... vista da igreja em dia "nuvio" ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a roupa a secar nas varandas ....

    ... a roupa a secar nas varandas ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ...um a panorâmica da Aldeia ...

     ... uma panorâmica da Aldeia ...    

 

 

 

 

Até breve, mesmo com frio, chuva ou neve ....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
19
Nov16

Águas Frias (Chaves) - ..."Em Novembro chuva, frio e sol e deixa o resto." ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

 

"Em Novembro chuva, frio e sol e deixa o resto."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... Castelo de Monforte de Rio Livre sobre a névoa ...

     ... Castelo de Monforte de Rio Livre sobre a névoa ...    

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um cogumelo ( não sei se é daqueles que só se comem uma única vez) ...

     ... um cogumelo ( não sei se é daqueles que só se comem uma única vez ) ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... O edifício da Junta de Freguesia e o cruzeiro do N.º Sr. dos Milagres, em tempo outonal ...

     ... o edifício da Junta de Freguesia e o cruzeiro do N.º Sr. dos Milagres, em tempo outonal ...     

 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... gotas de orvalho numa teia de aranha ...

     ... gotas de orvalho suspensas numa teia de aranha ...     

 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... casa  na Aldeia ...

      ... casa na Aldeia, na rua Central ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o negr (escuro !!!!) das azeitonas ...

     ... o negro (escuro !!!!) e brilhante das azeitonas ...    

 

 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... anexo que já foi de muita utilidade ...

 

     ... anexo (corte) que já foi de muita utilidade e parece que ainda tem serventia ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... os pássaros descansando no fio eletrico, disfrutando da paisagem ...

     ... bando de pássaros, descansando no fio eletrico, disfrutando da paisagem ...    

 

 

 

 

 

Até breve !!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
12
Nov16

Águas Frias (Chaves) - "De Todos os Santos ao Advento, nem muita chuva nem muito vento"


Mário Silva Mário Silva

 

"De Todos os Santos ao Advento,

nem muita chuva nem muito vento"

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ... o "mar" de Trás-os-Montes ...

 

    ... a névoa ... o "mar" de Trás-os-Montes ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor e o seu rebanho ...

     ... o pastor e o seu rebanho ...    

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... Castelo de Monforte de Rio Livre no alto do Brunheiro ...

     ... Castelo de Monforte de Rio Livre no alto do Brunheiro ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelo ...

     ... cogumelo silvestre ...    

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... diospiro ...

     ... dióspiro ...    

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... folhas de outono ...

     ... folhas de outono ...    

 

 

 

 

Até breve !!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
05
Mar16

Águas Frias (Chaves) - Palavras transmontanas e não só ... ( letra A - continuação)


Mário Silva Mário Silva

 

Léxico Transmontano (letra A - continuação)

 

 ...

aparvalhado - atordoado, espantado, parvo

apeiro (apoeiro) - jugo das vacas

aperreado - forçado, obrigado, aborrecido

apisoar - bater o tecido num pisão

aporrinhar - apoquentar, importunar

aqui a atrasado - há algum tempo, “aqui a atrasado morreu-me a melhor vitela”

aranganho - raquitismo

 

Águas Frias (Chaves) - ... castelo de Monforte de Rio Livre por entre as nuvens ...

 

aranhiço - pequena aranha, criança enfezada

arçã - tomilho (chá para a tosse)

ar de bom-serás - aspecto pacato

ardena - incêndio, casa queimada

arganas - espinhas graúdas de peixe ou bacalhau, praganas do centeio

arganel - anel de metal que se enfia no focinho do reco para evitar que fosse o chão

aricar - trabalhar as terras com burro e arado

 

Águas Frias (Chaves) - ... altar mor da igreja matriz ...

 

arrampanado - atordoado

arrebanhar - juntar para apanhar, “pôs-se a arrebanhar um cibo de palha”

arrebater - dar para trás ao animal

arrebunhar - arranhar, coçar

arrefentar - arrefecer, refrescar

arreguichar - tornar esperto, arrebitar, “Quando se fala no Diabo arreguicha o rabo”

arreigar – arrancar, “anda a arreigar batatas”

 

Águas Frias (Chaves) - ... caminho para ...

 

arremangar - arregaçar mangas

arremelgar - arregalar os olhos

arrenegar - aborrecer

arriar o calhau - defecar, cagar

arribar - ir para cima, ficar bom, melhorar, “o tempo já está a arribar”

arrochadas - pauladas, cacetadas

arrocho - pau com que se apertam as cordas das cargas das bestas

 

Águas Frias (Chaves) - ... o baloiço ...

 

arrolar - embalar o bébé

arroussar (ç) – contornar, virar rente, curvar apertado

arrouço - arrastamento

arruada - volta da banda de música pelas ruas

arrufar - transbordar com a fervura, “vê lá se a água já arrufa no pote”

artilúgio - engenhoca

artista - artífice

 

Águas Frias (Chaves) - ... a porta azul ...

 

arujo – lasca, cisco

a salto - passar a fronteira clandestinamente, “fugiu para Espanha a salto”

às arrecuas - recuando, de marcha a trás

asilar - ficar à custa de outrem, parasitar

à sorrelfa - dissimuladamente

assadura - pedaço de lombo de porco boa para assar

assarapantado - espantado, embasbacado

 

Águas Frias (Chaves) - ... ovelhas pastando ...

 

assedar - sedar, desfiar o linho no sedeiro

assolapar - agachar, disfarçar, ”assolapou-se detrás da parede”

assucar - abrir sulcos na terra lavrada

astrever-se - ser capaz, poder, “tu não te astreves com esse saco”

atafais - arreios

atalhar - responder, interromper, curar a doença, ir pelo caminho mais curto

atestado - completamente cheio

 

Águas Frias (Chaves) - ... a roupa a secar na varanda ...

 

atestar - encher completamente

a ti bem te vai - corre-te bem a vida

atirar com - deitar fora, “a mulher atirou com as roupas dele à rua”

atoleimado - pouco expedito, “o garoto dela é um cibo atoleimado”

atraganado - irrequieto

atrapar - agarrar, apanhar

atreito – predisposto, “ele foi sempre muito atreito às gripes”

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa desabitada ...

 

atroviscado - tempo trovoado; atordoado, “levei uma pancada na cabeça, fiquei meio atroviscado”

avantajado - folgado, largo, maior do que é suposto, “o fato fica-te um cibo avantajado”

avêbora - figo maduro

aventar - farejar ventos

avezar - possuir

aviecas - peças laterais do arado

 

Águas Frias (Chaves) - ... a cancela ... o o gado no pasto ...

 

avultar - crescer, ganhar tamanho

azado - jeitoso, arranjado, “o furto azado faz do fiel ladrão”

azucrinar- moer, molestar, enfadar

 

 

Créditos: Herculano Pombo in “Treze contos do mundo que acabou/Léxico-Glossário Transmontano”, publicado

In: http://chaves.blogs.sapo.pt/710026.html 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... pôr do sol por entre os ramos da árvore ...

 

 

Até Breve !!!

Continuaremos com vocábulos começados pela letra B.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
17
Jan16

Águas Frias (Chaves) -. se uma imagem vale 1000 palavras, então aí vão 8000 palavras ...


Mário Silva Mário Silva

 

Como estou distante da Aldeia, não tenho novidades concretas sobre ela, se não dizer o que já foi dito e por isso sem interesse (ou não) ...

Assim, socorri-me do adágio que diz que "uma imagem vale mil palavras", então deixo aqui oito imagens que corresponderão a oito mil palavras e ainda têm a vantagem de cada um, imaginar o que lhe aprover sobre elas, relembrando,( ou não), a sua terra ou tomando conhecimento desta "pequena mas bela Aldeia transmontana" - Águas Frias

 

Águas Frias (Chaves) - ... enquadramento da Aldeia ...

      ... enquadramento da Aldeia ...     

 

Águas Frias (Chaves) - ... paisagem em dia nevoado ...

     ... paisagem em dia nevoado ...      

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor e o vigiando o seu rebanho ...

     ... pastor e o vigiando o seu rebanho ...     

 

Águas Frias (Chaves) - ... Castelo de Monforte do Rio Livre entre a névoa ...

     ... Castelo de Monforte do Rio Livre entre a névoa ...     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... os lameiros estão alagados e a água corre pelos regueiros ...

     ... os lameiros estão alagados e a água corre pelos regueiros ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... Vaba com "palito" nos dentes ...

      ... vaca com "palito" nos dentes ...     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... geadas ...

      ... geadas ...     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... pôr do sol entre o arvoredo ...

     ... pôr do sol entre o arvoredo ...     

 

 

 

Até breve !!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
09
Jan16

Águas Frias (Chaves) - ... mês de janeiro ... ditados populares ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

Ditados populares relativos ao mês de janeiro:

 

� A água de Janeiro, vale dinheiro.
� Janeiro quente traz o diabo no ventre.
� Ao luar de Janeiro, se conta dinheiro.
� Em Janeiro, um porco ao sol outro no fumeiro.
� Os bons dias em Janeiro vêm-se a pagar em Fevereiro. 
� A 20 de Janeiro, uma hora por inteiro e quem bem contar, hora e meia vai achar.
� Se queres ser bom ervilheiro, semeia no crescente de Janeiro.
� Janeiro greleiro, não enche o celeiro.
� Em Janeiro sobe ao outeiro. Se vires verdejar, põe-te a chorar. Se vires terrear põe-te a cantar.
� Ao minguante de Janeiro, corta o madeiro.

 

DSC03614ms.JPG

     ... cai neve ... no telhado ...     

 

 
� O luar de Janeiro, é claro como um carneiro; mas lá vem o de Agosto que lhe dá pelo rosto.
� Não há luar como o de Janeiro, nem amor como o primeiro.
� Bons dias em Janeiro enganam o homem em Fevereiro.
� Chuva em Janeiro e sem frio, vai dar riqueza ao Estio.
� Janeiro fora, mais uma hora, quem bem souber contar hora e meia vai achar.
� No mês de Janeiro sobe ao outeiro para ver o nevoeiro. 
� Pescada de Janeiro, vale carneiro.
� Sol de Janeiro, sempre baixo no outeiro.
� Trovoada em Janeiro, nem bom prado, nem bom palheiro.
� Em Janeiro, acende a fogueira e senta-te à lareira.

 

 

DSC08933ms.JPG

     ... névoa na cota de Mairos ...    

 

 
� Calça branca em Janeiro é sinal de pouco dinheiro.
� Janeiro geoso traz um ano formoso.
� Janeiro molhado, se não cria pão, cria o gado.
� A vinte de Janeiro uma hora por inteiro.
� Se para a tua casa precisas de madeiro corta-o em Janeiro.
� Em Janeiro mete obreiro.
� Janeiro bom para a vaca, é mau para saca.
� Secura de Janeiro riqueza do rendeiro.
� Pintainho de Janeiro, vai com a mãe ao poleiro.
� Janeiro frio e molhado. Enche o celeiro e farta o gado.
 

 

DSC01134ms.JPG

     ...vista sobre os telhados da Lampaça ...     

 

� Trovão em Janeiro, nem bom prado nem bom palheiro.
� Janeiro geadeiro.
� Não há luar como o de Janeiro nem sol como o de Agosto.
� Em Janeiro, os dias têm saltos de carneiro.
� Em Janeiro veste pele de carneiro.
� A água de Janeiro, vale dinheiro.
� Janeiro quente traz o diabo no ventre.
� Ao luar de Janeiro, se conta dinheiro.
� Em Janeiro, um porco ao sol outro no fumeiro.
� Os bons dias em Janeiro vêm-se a pagar em Fevereiro. 
 

 

DSC01185ms.JPG

     ... passeando o burro ...     

 

� A 20 de Janeiro, uma hora por inteiro e quem bem contar,   hora e meia vai achar.
� Se queres ser bom ervilheiro, semeia no crescente de Janeiro.
� Janeiro greleiro, não enche o celeiro.
� Em Janeiro sobe ao outeiro. Se vires verdejar, põe-te a chorar. Se vires terrear põe-te a cantar.
� Ao minguante de Janeiro, corta o madeiro.
� O luar de Janeiro, é claro como um carneiro; mas lá vem o de Agosto que lhe dá pelo rosto.
� Não há luar como o de Janeiro, nem amor como o primeiro.
� Bons dias em Janeiro enganam o homem em Fevereiro.
� Chuva em Janeiro e sem frio, vai dar riqueza ao Estio.
� Janeiro fora, mais uma hora, quem bem souber contar hora e meia vai achar.
 

 

DSC01319ms.JPG

     ... levando a vaca a pastar ...     

 

� No mês de Janeiro sobe ao outeiro para ver o nevoeiro. 
� Pescada de Janeiro, vale carneiro.
� Sol de Janeiro, sempre baixo no outeiro.
� Trovoada em Janeiro, nem bom prado, nem bom palheiro.
� Em Janeiro, acende a fogueira e senta-te à lareira.
� Calça branca em Janeiro é sinal de pouco dinheiro.
� Janeiro geoso traz um ano formoso.
� Janeiro molhado, se não cria pão, cria o gado.
� A vinte de Janeiro uma hora por inteiro.
� Se para a tua casa precisas de madeiro corta-o em Janeiro.
 

 

DSC03478ms.JPG

      ... pauta musical de pássaros ...     

 

� Em Janeiro mete obreiro.
� Janeiro bom para a vaca, é mau para saca.
� Secura de Janeiro riqueza do rendeiro.
� Pintainho de Janeiro, vai com a mãe ao poleiro.
� Janeiro frio e molhado. Enche o celeiro e farta o gado.
� Trovão em Janeiro, nem bom prado nem bom palheiro.
� Janeiro geadeiro.
� Não há luar como o de Janeiro nem sol como o de Agosto.
� Em Janeiro, os dias têm saltos de carneiro.
� Em Janeiro veste pele de carneiro.

 

 

DSC09048ms.JPG

     ... cogumelos ...    

 

 

Até breve !!!!! .........

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
19
Dez15

Águas Frias (Chaves) - ...o outono a acabar e já o Natal a espreitar ....


Mário Silva Mário Silva

 

 

O Outono está a findar ...

... o Inverno está quase à porta ...

... e já se pensa no Natal ...

... ele já se sente no ar ...

... espero que o seu espírito também esteja no ar ..

... mas até lá deixo alguns registos captados ao longo de vários anos em tempo de Advento...

... recordemos e demos largas à nossa imaginação ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ... a árvore ... a "fonte" ...- dez 12

     ... a névoa ... a árvore ... a "fonte" ...- dez 2012     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista dos campos em dia enevoado ... o outono está a acabar ... -  Dez 10

     ... vista dos campos em dia enevoado ... o outono está a acabar ... - Dez 2010     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... chaminé fumegando ... a lareira já está acesa ... - dez 12

      ... chaminé fumegando ... a lareira já está acesa ... - dez 2012     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a água escorre pelos campos alagados ... - dez 14

     ... a água escorre pelos campos alagados ... - dez 2014     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ...vista da aldeia em dia com o sol envergonhado ... - dez 14

     ...vista da aldeia em dia com o sol envergonhado ... - dez 2014     

 

Águas Frias (Chaves) - ... pôr dosol entre as árvores ... - dez 11

     ... pôr do sol entre as árvores ... - dez 2011     

 

 

 

Até breve !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
21
Nov15

Águas Frias (Chaves) - ... Ou-tonalidades (2) ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

Ou-tonalidades   (2)

 

 

DSC09281msNov15.JPG

     ... podia ser o nascer do sol ... mas não é ...     (Nov. 2015)     

 

O outono continua ...

 ... as folhas vão caindo ...

DSC01952ms Nov 09.JPG

     ... frutos outonais - (a)meródios ou medronhos ...      (Nov. 2009)     

 

... o frio arrefece o corpo ...

... por vezes, até o coração ...

 

DSC09294msNov15.JPG

     ... Castelo de Monforte de Rio livre entre a névoa ...     (Nov15)     

 

... as chuvas vieram ...

... as ervas crescem com a benéfica água ...

 

DSC02785msNov12.JPG

     ... vista da Aldeia em pleno outono ...      (nov 2012)     

 

... gastam-se uns cibos de lenha ..

... para aquecer o corpo ...

... por vezes, o coração ...

DSC07858ms Nov10.JPG

     ... rebanho e o pastor ...     (nov 2010)     

 

 

... rilham-se umas castanhas ...

... acabadas de apanhar ... derreando o corpo ...

... aproveita-se as brasas da lareira ...

... e faz-se um "magusto" ...

DSC00342ms nov 10.JPG

     ... frutos de outono - azeitonas ...      (nov 2010)     

 

... o vento vindo de riba ...

... parece que "corta" ...

... veste-se mais uns agasalhos ...

... para aquecer o corpo ...

... por vezes, o coração ...

DSC05063ms nov 07.JPG

     ... regressando do campo ...      (nov 2007)     

 

 

... faz-se um cafezinho na velha cocolateira de barro preto ...

... faz-nos sentir mais quentes por dentro ...

... no corpo ...

... e por vezes, no coração ...

 

DSC07974ms Nov11.JPG

     ... vista da igreja e castelo em dia de outono ...      (nov 2011)     

 

 

Afinal, tem o seu encanto o outono ...

... com as suas outonalidades ...

... no corpo ...

... no coração ...

 

DSC07853msNov 11.JPG

     ... pôr do sol na serra do Larouco ...      (nov 2011)     

 

 

 

Até breve !!!!

Em qualquer lugar (de Águas Frias), em pleno outono ...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Junho 2021

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.