Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

30
Jul23

AS FLORES SILVESTRES E A ALDEIA


Mário Silva Mário Silva

.

AS FLORES SILVESTRES E A ALDEIA

22 DSC08288_ms

.

Era uma vez, numa bela aldeia rural, flores silvestres roxas que enchiam os campos com sua beleza estonteante e vibrante.

 Essas flores faziam as delícias dos aldeões, que costumavam fazer longas caminhadas para apreciar sua fragrância e admirar sua elegância.

A cor roxa dessas flores silvestres era única e diferente de qualquer outra flor encontrada na área.

Ninguém sabia de onde elas vinham; elas pareciam ter surgido da noite para o dia e floresceram sem nenhum cuidado ou cultivo na aldeia.

Com o passar do tempo, os aldeões começaram a contar histórias e rumores sobre essas flores. Alguns disseram que foram trazidos por fadas que viviam na floresta próxima para trazer cor e alegria para a aldeia.

Outros acreditavam que eram um presente dos deuses para abençoar as pessoas que ali viviam.

Num verão, quando as flores estavam em plena floração, uma garotinha chamada Maria começou a se questionar sobre a história das flores e de onde elas vieram.

Ela decidiu perguntar à avó sobre as flores silvestres roxas e por que elas eram tão únicas e amadas na aldeia.

Sua avó levou Maria para um longo passeio pelo campo e, enquanto caminhavam e apreciavam a beleza e a fragrância das flores, ela começou a contar a história dessas flores.

Há muitos anos, quando os primeiros habitantes chegaram à aldeia, encontraram a terra árida e seca.

Eles tentaram cultivar a terra e plantar, mas nada parecia crescer.

Uma noite, o ancião da aldeia sonhou com uma flor roxa que traria beleza e fertilidade à terra. Ele acordou e compartilhou seu sonho com os restantes habitantes, que decidiram procurar por essas flores, na esperança de encontrar a solução para seu problema.

Eles procuraram por meses e meses, nas florestas, montanhas e vales, até encontrarem as flores silvestres roxas que pareciam crescer sem nenhum cuidado ou cultivo.

Eles pegaram as flores e as plantaram na aldeia e, para sua surpresa, a terra começou a florescer com vida e fertilidade.

As colheitas cresceram, os animais prosperaram e a aldeia tornou-se próspera.

Desde então, todos os verões, os aldeões comemoram sua boa sorte decorando as suas casas e ruas com lindas flores silvestres roxas, e Maria, que ouviu a história da sua avó, entendeu o amor e o orgulho que os aldeões sentiam por essas flores.

A partir daquele dia, Maria fazia longas caminhadas para admirar a beleza das flores silvestres roxas, sabendo que não eram apenas flores, mas um símbolo de esperança, fortuna e amor por sua aldeia.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
28
Jul23

A roupa colorida a secar na varanda


Mário Silva Mário Silva

.

A roupa colorida a secar na varanda

20 DSC08665-Cut Out_ms

.

A roupa colorida a secar na varanda,

Numa dança suave ao sopro do vento,

É um quadro vivo, uma cena encantada,

Que enche de vida meu pensamento.

.

As camisas desfilam com alegria,

Vestidos dançam num ritmo sutil,

O sol, em sua glória, ilumina o dia,

E as cores se misturam num encanto sutil.

.

O azul celeste se une ao amarelo vibrante,

O verde exuberante encontra o vermelho ardente,

Um arco-íris de tecidos a flutuar no horizonte,

Numa festa de cores, um deleite constante.

.

E no meio dessa festa de estampas e tonalidades,

Minha alma se enche de paz e felicidade,

Pois vejo ali a beleza da simplicidade,

E a certeza de que a vida é uma eterna diversidade.

.

A roupa colorida a secar na varanda,

É um lembrete de que a vida é bela e singela,

Que a simplicidade pode ser grandiosa e vibrante,

E que a alegria está nas coisas mais belas e singelas.

.

Poema & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
26
Jul23

A Misteriosa História da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (3.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

.

A Misteriosa História da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (3.ª parte)

19 DSC04432_ms

.

O Impacto da Porta Vermelha na Aldeia Hoje

Hoje, a porta vermelha é um dos principais atrativos turísticos da aldeia. Muitos visitantes vêm à aldeia para visitar a casa abandonada e tentar desvendar o seu segredo. A porta vermelha também inspirou muitos artistas locais, que criaram obras de arte inspiradas na porta.

Além disso, a descoberta da porta vermelha levou a um aumento do interesse pela história da aldeia. Muitos habitantes começaram a investigar a história da aldeia e a explorar outras casas abandonadas em busca de outros segredos.

.

Explorando Outros Mistérios da Aldeia

A porta vermelha não é o único mistério da aldeia. Há muitas outras casas abandonadas e locais misteriosos que ainda não foram explorados. Alguns habitantes da aldeia acreditam que há um tesouro escondido em algum lugar da aldeia, enquanto outros acham que há uma caverna subterrânea escondida em algum lugar.

.

Conclusão e Conclusões Finais

A porta vermelha também continua a intrigar e a fascinar visitantes de todo o mundo.

A aldeia transmontana é um tesouro escondido de Portugal, cheio de mistérios e segredos. Se está interessado em história e cultura, visite a aldeia e explore os seus mistérios. Quem sabe o que poderá descobrir?

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

 

 

Mário Silva 📷
24
Jul23

A Misteriosa Estória da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (2.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

A Misteriosa Estória da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (2.ª parte)

18 DSC04433_ms

.

(… Continuação)

Teorias e Rumores sobre a Porta Vermelha

As teorias e os rumores sobre a porta vermelha são muitos.

Alguns habitantes mais velhos da aldeia afirmam que, há muitos anos, viram luzes acesas na casa e ouviram vozes. Outros dizem que já viram sombras a moverem-se atrás das janelas. Mas, até agora, ninguém nunca teve coragem de investigar mais a fundo.

.

Desvendando o Segredo da Porta Vermelha

Recentemente, um grupo de investigadores decidiu tentar desvendar o segredo da porta vermelha. Depois de muitas tentativas, finalmente conseguiram abrir a porta. O que encontraram lá dentro foi surpreendente.

Dentro da casa, encontraram um quarto secreto com paredes cobertas de símbolos estranhos. No centro do quarto, havia um altar com velas acesas e um livro antigo aberto em cima dele. O livro continha feitiços e rituais de magia negra, mas ninguém sabe ao certo quem o escreveu ou para que fim.

.

O Significado da Porta Vermelha na História da Aldeia

A descoberta da porta vermelha teve um grande impacto na história da aldeia. Muitos habitantes começaram a questionar o que mais poderia estar escondido na aldeia. Alguns começaram a explorar outras casas abandonadas, enquanto outros se interessaram pela história da aldeia.

A porta vermelha tornou-se um marco importante na história da aldeia e atraiu muitos visitantes curiosos. Hoje, a casa onde se encontra a porta vermelha é um local turístico popular e um símbolo da história da aldeia.

.

Entrevistas com Locais Sobre a Porta Vermelha

Para entender melhor a importância da porta vermelha na aldeia, entrevistámos alguns habitantes locais. Muitos deles acreditam que a porta vermelha é um símbolo da história e da cultura da aldeia.

Um habitante mais velho da aldeia afirmou que a casa onde se encontra a porta vermelha era conhecida como a "casa do diabo" quando ele era criança. Ele disse que as pessoas evitavam passar pela casa à noite, com medo do que poderiam encontrar lá dentro.

Outro habitante da aldeia afirmou que a porta vermelha é um símbolo de mistério e curiosidade. Ele disse que a porta vermelha sempre o intrigou e que, quando era criança, costumava ter pesadelos sobre o que se encontrava lá dentro.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

 

Mário Silva 📷
22
Jul23

A Misteriosa História da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (1.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

A Misteriosa História da Porta Vermelha numa Casa de Aldeia Transmontana (1.ª parte):

17 DSC04434_ms

 

Desvendando um segredo que vos deixará vermelhos de “suspense”!

.
A pequena aldeia transmontana esconde muitos segredos e mistérios. No entanto, há um que se destaca entre todos os outros: a porta vermelha de uma casa abandonada. Os habitantes da aldeia evitam falar sobre ela, mas as histórias e os rumores sobre o que se esconde por detrás da porta são muitos.

.

Introdução ao Mistério da Porta Vermelha

A porta vermelha é uma das coisas mais enigmáticas da aldeia. A casa onde se encontra está abandonada há muitos anos, mas ninguém nunca se aventurou a entrar lá. A porta, por sua vez, permanece trancada e ninguém sabe o que se encontra do outro lado. Os habitantes da aldeia acreditam que há um segredo escondido lá dentro, mas ninguém sabe ao certo o que é.

As histórias sobre a porta vermelha são muitas. Alguns dizem que há um tesouro escondido lá dentro, enquanto outros acreditam que a casa é assombrada por espíritos malignos. Há até quem diga que a casa pertenceu a um velho sábio que guardava um livro de feitiçaria com poderes mágicos. Mas, até agora, ninguém nunca teve coragem de entrar na casa para descobrir a verdade.

.

A História da Casa da Aldeia Transmontana

A casa onde se encontra a porta vermelha é uma das mais antigas da aldeia. Segundo os registros históricos, foi construída há mais de 200 anos por um rico proprietário de terras. Durante muitos anos, a casa foi habitada por várias gerações da mesma família, até que foi abandonada há cerca de 50 anos.

Desde então, a casa tem permanecido vazia e quase em ruínas. As janelas estão partidas, as paredes estão descascadas e a porta vermelha parece cada vez mais enigmática. Mas, apesar do seu estado de abandono, a casa ainda é um marco importante na história da aldeia.

.

A Descoberta da Porta Vermelha

A porta vermelha foi descoberta há muitos anos, por um grupo de crianças que brincavam na zona. Curiosos, tentaram abrir a porta, mas não conseguiram. Desde então, a porta tem sido um mistério para todos os habitantes da aldeia.

Ninguém sabe ao certo como é que a porta foi trancada ou quem a trancou. A porta parece estar presa por uma fechadura antiga que ninguém conseguiu abrir. Alguns habitantes da aldeia acreditam que a porta está trancada por magia negra, enquanto outros acham que é apenas uma fechadura velha e enferrujada.

(Continua …)

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

 

Mário Silva 📷
20
Jul23

Arrumo rústico: Uma solução sustentável que combina com a natureza


Mário Silva Mário Silva

Arrumo rústico:

Uma solução sustentável que combina com a natureza

15 DSC07855_ms

.

O arrumo rústico é um conceito de design que ganhou popularidade nos últimos anos, especialmente entre aqueles que apreciam a beleza da natureza e desejam viver um estilo de vida mais sustentável. As soluções de armazenamento rústico são pensadas para se misturar com a natureza e promover a sustentabilidade, tornando-as uma escolha popular para os campos e matas.

O armazenamento rústico refere-se a soluções de armazenamento projetadas para combinar com o ambiente natural, usando materiais como madeira, pedra e metal já utilizado. As soluções de armazenamento rústico podem ser encontradas em campos de cultivo, vinhas, matas e têm diferenciados formatos e tamanhos. Exemplos de soluções de armazenamento rústico incluem caixotes de madeira, prateleiras feitas de madeira recuperada e “armários” de pedra. Essas soluções de armazenamento não apenas fornecem espaço de armazenamento funcional, mas também aprimoram o apelo estético do ambiente. O armazenamento rústico promove a sustentabilidade usando materiais naturais e reduzindo o desperdício.

.

Há vários benefícios em usar soluções de armazenamento rústico. Em primeiro lugar, são ecologicamente corretos e sustentáveis, pois são feitos de materiais naturais e não contribuem para a degradação do meio ambiente. Em segundo lugar, o armazenamento rústico aumenta o apelo estético, dando-lhes uma aparência única e natural. Em terceiro lugar, as soluções de armazenamento rústico são duráveis ​​e duradouras, tornando-as um investimento económico a longo prazo. O uso de soluções rústicas de armazenamento também pode ajudar a reduzir a desordem e criar um espaço mais organizado, o que pode levar a uma maior produtividade e melhor qualidade de vida.

.

Em conclusão, o armazenamento rústico é uma solução sustentável e ecológica solução que se mistura com a natureza e aumenta o apelo estético no meio ambiente. As soluções de armazenamento rústicas são duráveis, duradouras e podem ser projetadas para caber em qualquer espaço ou finalidade. Ao usar materiais naturais e reduzir o desperdício, o armazenamento rústico promove a sustentabilidade e é uma escolha popular para quem deseja viver um estilo de vida mais ambientalmente consciente. Com as ferramentas e materiais certos, qualquer pessoa pode projetar e implementar soluções de armazenamento rústicas que sejam funcionais, “bonitas” e únicas.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
13
Jul23

Passear na Natureza pura (3.ª parte)


Mário Silva Mário Silva

.

Passear na Natureza pura (3.ª parte)

09 DSC03505_ms

.

Mergulhe na beleza natural

Abra os olhos e absorva a beleza natural que o rodeia. Repare na forma como a luz do sol se filtra através da copa das árvores, criando sombras no chão. Veja as flores silvestres vibrantes a espreitar por baixo de troncos e folhas. Maravilhe-se com os enormes troncos de árvores, alguns dos quais estão de pé há mais de um século. Um passeio na floresta recorda-nos o poder silencioso e a intemporalidade da natureza.

.

Encontrar a paz interior

Há algo profundamente calmante e rejuvenescedor em caminhar numa floresta. À medida que percorre o trilho, sente as suas preocupações e preocupações a desaparecerem. A sua mente torna-se clara e concentrada no momento presente. Uma sensação de paz interior e bem-estar surge do seu interior. Estudos demonstram que passar tempo na natureza pode ajudar a reduzir o stress e a ansiedade, aumentar a criatividade e a função cognitiva, e conduzir a um estado de ser globalmente mais equilibrado.

.

Ligar-se ao que realmente importa

Numa floresta, é fácil conectar-se com o que realmente importa na vida. Longe das distrações e da agitação da vida quotidiana, é possível refletir sobre questões mais profundas e ganhar uma nova perspetiva. Um passeio na natureza recorda-nos os prazeres simples e ajuda-nos a apreciar a beleza dos pequenos detalhes. Crie o hábito de se desligar da tecnologia e desfrute de um passeio no bosque. O seu corpo, mente e alma agradecer-lhe-ão.

 

Porque é que todos nós precisamos de mais tempo ao ar livre

O ar fresco faz maravilhas ao seu corpo e à sua mente

Respirar o ar fresco, sentir o sol quente no rosto, ouvir o farfalhar das folhas na brisa - não há nada como estar ao ar livre na natureza. Obter alguma vitamina D e oxigenar o corpo pode fazer maravilhas pela sua saúde física e mental.

O seu humor ganha um impulso instantâneo quando está ao ar livre. A luz solar ajuda a regular o seu ritmo circadiano e aumenta a serotonina, a hormona do "bem-estar" no seu cérebro que melhora o seu humor.

Passar tempo em espaços verdes reduz o stress e a ansiedade. Os sons e os cheiros da natureza têm um efeito calmante, baixando os níveis de cortisol, a hormona do stress.

Dormirá melhor à noite depois de estar ao ar livre durante o dia. A exposição à luz natural ajuda a regular o relógio interno do seu corpo para os ciclos de sono e vigília.

A sua criatividade e concentração melhoram. Passar tempo na natureza ajuda a aumentar as capacidades cognitivas e torna-o mais produtivo quando regressa ao interior.

 

A aventura espera-o ao ar livre

Há todo um mundo de descobertas e aventuras à sua espera lá fora. Dê um passeio pelo bosque, encontre um trilho para caminhadas, visite um parque local. Nunca se sabe que maravilhas pode encontrar.

Explore o seu bairro ou cidade com novos olhos. Repare nas árvores, flores, pássaros e outros animais selvagens à sua volta.

Faça bater o seu coração numa caminhada numa reserva natural local ou num parque estatal. Prepare um almoço de piquenique para desfrutar no topo do trilho.

Ensine os seus filhos sobre o mundo natural que os rodeia. Construa fortes, apanhe pirilampos, observe as estrelas. Ajude-os a desenvolver uma apreciação da natureza para toda a vida.

Experimente fazer observação de aves, geocaching, caiaque ou outro passatempo ao ar livre. Pode ser que descubra uma nova paixão!

Os benefícios de passar mais tempo ao ar livre na natureza são evidentes. Torne uma prioridade sair à rua diariamente, mesmo que seja apenas para um passeio rápido à volta do quarteirão. O seu corpo, mente e alma agradecer-lhe-ão. A aventura espera por si!

.

Conclusão

Sai do trilho da floresta sentindo-se revigorado e rejuvenescido. Os sons dos pássaros a chilrear e das folhas a farfalhar ao sabor da brisa ainda ecoam na sua mente. Os seus pulmões enchem-se com o ar fresco e terroso enquanto respira fundo, abraçando o momento presente.

A natureza tem uma forma de despertar os nossos sentidos e de nos recordar os prazeres simples da vida. Um passeio no bosque alimenta a alma de uma forma que a tecnologia nunca conseguiu. Por isso, da próxima vez que se sentir stressado ou desligado, vá lá para fora. Encontre um trilho e comece a caminhar. Deixe os seus pensamentos vaguearem por entre os caminhos sinuosos. A floresta está à espera de o receber de braços abertos, um lugar para vaguear e maravilhar-se, e encontrar o seu caminho de volta a casa.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
12
Jul23

Passear na Natureza (2ª parte)


Mário Silva Mário Silva

.

Passear na Natureza (2ª parte)

08 DSC06178_ms

.

Respirar o ar fresco e limpo

Respirar fundo …

Não há nada como respirar o ar fresco e limpo de uma floresta. Enquanto passeia pelo trilho, inspire profundamente pelo nariz e encha os pulmões com os aromas terrosos da natureza. O ar fresco e não poluído irá revigorar os seus sentidos e melhorar o seu humor.

.

Aromaterapia natural

Os compostos aromáticos libertados pelas árvores, plantas e solo proporcionam um tratamento de aromaterapia natural. Terpenos como o pineno e o limoneno, presentes nos pinheiros e nas árvores de citrinos, têm efeitos estimulantes. O aroma fresco e ozónico dos iões de ar negativos ajuda a reduzir o stress e a aumentar o bem-estar mental. Inspire as notas amadeiradas, florais e herbáceas para um impulso de bem-estar totalmente natural.

.

Alívio respiratório

Troque o ar viciado e reciclado dos ambientes interiores pelo ar puro e rico em oxigénio do ar livre. Apanhar um pouco de ar fresco e vitamina D pode ajudar a fortalecer o seu sistema respiratório e imunitário. As propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas do ar da floresta podem até ajudar a aliviar os sintomas de doenças respiratórias como a asma ou as alergias. Respire fundo algumas vezes para maximizar os benefícios.

.

Encontre o seu Zen

Enquanto percorre o trilho, concentre-se na sua respiração e no momento presente. Os sons dos pássaros a chilrear, o farfalhar das folhas e a brisa suave a passar. Os seus passos a rangerem suavemente no caminho. A luz do sol a filtrar-se através da copa das árvores. Deixe que as distrações e as preocupações da vida quotidiana se desvaneçam. A sua mente sentir-se-á limpa e rejuvenescida, o seu corpo relaxado e recarregado. Permanecendo no agora, alcançará uma sensação de paz interior e zen.

Um passeio na natureza é a oportunidade perfeita para se reencontrar com os prazeres simples da vida. Crie o hábito de sair à rua e desfrute dos benefícios que melhoram a disposição e aliviam o stress de respirar o ar fresco da floresta. A sua mente, corpo e espírito agradecer-lhe-ão.

.

Respirar o ar puro

Não há nada como dar um passeio por uma floresta e respirar o ar fresco e terroso. Ao percorrer trilhos sinuosos rodeados de árvores, os seus sentidos ganham vida. Feche os olhos por um momento e ouça apenas os sons à sua volta - o chilrear dos pássaros, uma brisa suave a agitar as folhas, um pica-pau a bater ao longe. Felicidade pura e natural!

.

Texto & Fotografia: ©Mário Silva

.

 

 

Mário Silva 📷
11
Jul23

Passear na Natureza pura (1ª parte)


Mário Silva Mário Silva

.

Passear na Natureza pura

(1ª parte)

07 DSC03614_ms

.

Acordas com uma manhã de sol e decides que hoje é o dia perfeito para uma aventura. Não uma aventura qualquer, mas uma que rejuvenesça os seus sentidos e o reencontre com os prazeres simples da vida. Faz uma pequena mochila, calça as botas de caminhada e dirige-se à reserva natural local para um passeio entre as árvores.

.

Ao entrar no sinuoso caminho de terra batida, respira profundamente o ar fresco e sente o calor do sol a espreitar por entre a copa das árvores. O som dos pássaros a chilrear e a brisa suave a agitar as folhas rodeiam-no. A cada passo que dá, o seu stress e as suas preocupações desvanecem-se na floresta. Aqui, neste lugar, os problemas complexos da vida parecem distantes e pode simplesmente estar presente no momento. Aprecie a beleza de uma flor silvestre, ouça o riacho a borbulhar nas proximidades e fique quieto enquanto um veado pasta numa clareira. A Mãe Natureza tem uma forma de acalmar a alma. Absorva tudo - as vistas, os sons, os cheiros. Um passeio no bosque é o escape perfeito e exatamente o que precisava. A aventura está à espera!

.

Passear no bosque: Como os banhos de floresta podem melhorar o seu bem-estar

Dar um passeio no bosque pode fazer maravilhas pelo seu bem-estar. Não há nada como mergulhar na natureza para melhorar o seu humor e aliviar as suas preocupações.

O ar fresco e a luz natural dão-lhe um impulso energético. Estudos demonstram que passar tempo no exterior em espaços verdes pode aumentar a vitalidade e o entusiasmo. Respire fundo o ar fresco e terroso e sinta o seu espírito elevar-se.

Passar tempo na natureza reduz o stress e a ansiedade. Os sons da floresta, como o chilrear dos pássaros e o farfalhar das folhas, têm um efeito calmante. Os iões negativos libertados pelas plantas e pela água em movimento também podem ajudar a diminuir as hormonas do stress, como o cortisol, ao mesmo tempo que aumentam as hormonas do bem-estar, como a serotonina.

.

Um passeio no bosque aumenta a criatividade e o desempenho cognitivo. A exposição a ambientes naturais melhora a memória, a concentração e a capacidade de resolução de problemas. A beleza inata e a maravilha da natureza inspiram o pensamento imaginativo.

O tempo passado na natureza aumenta a felicidade e a satisfação com a vida. Os banhos de floresta, a prática de se ligar conscientemente à natureza, libertam dopamina, a hormona do "bem-estar" no seu cérebro que eleva o seu humor e o faz sorrir.

De que está à espera? Calce as suas botas de caminhada e saia para a rua. Encontre um trilho perto de si e comece a caminhar. Um passeio rejuvenescedor pela floresta vai fazer-lhe muito bem. Respire o ar fresco, ouça os sons tranquilos que o rodeiam e aprecie os prazeres simples que a natureza oferece. A sua mente, corpo e alma vão agradecer-lhe.

.

Repare nos pequenos detalhes: Abrande e abra os seus sentidos

Um passeio pela natureza é um alimento para a alma. Enquanto percorre o caminho sinuoso da floresta, abrande e abra os seus sentidos. Repare nos pequenos pormenores à sua volta - são pequenos presentes à espera de serem desembrulhados.

Veja a luz do sol a filtrar-se através da copa das árvores, salpicando o chão com sombras. Inspire os aromas frescos e terrosos do solo, do musgo e das agulhas de pinheiro. Passe os dedos ao longo da casca rugosa de uma árvore, sentindo os sulcos e as ranhuras.

Baixe-se e pegue numa pedra, reparando no seu peso e textura. Examine os veios e os padrões, apercebendo-se de que não há duas rochas iguais. Coloque-a no seu bolso como uma lembrança deste momento.

Ouça os sons que o rodeiam - um pica-pau a bater, um esquilo a mexer nos arbustos, o chilrear dos pássaros no alto das árvores. Feche os olhos e ouça apenas, abraçando a paz e a tranquilidade.

Um tronco caído espera por si, perfeito para se sentar. Respire fundo e olhe à sua volta, apreciando a beleza da natureza. Uma folha flutua ao sabor da brisa, dançando e girando enquanto pousa suavemente aos seus pés. Apanhe-a e admire a sua cor e forma, um presente fugaz da floresta.

Abra o seu coração aos prazeres simples encontrados na natureza. Descubra a inspiração e o rejuvenescimento nos mais pequenos detalhes. Um passeio na floresta pode melhorar o seu humor e iluminar o seu dia, se abrandar o suficiente para reparar. A natureza pura oferece-nos tanta coisa boa - só precisamos de abrir os nossos sentidos para a receber.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
08
Jul23

A antiga/nova capela de Nª Sr.ª dos Prazeres (?!!) - Águas Frias - Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

.

A antiga/nova capela de Nª Sr.ª dos Prazeres (?!!)

Águas Frias - Chaves - Portugal

04 DSC04055_ms

.

A antiga capela de Nª Srª dos Prazeres é de propriedade privada, mas sempre foi um local aberto e era celebrada missa pelo menos, uma vez por ano.

O edifício foi-se deteriorando, com o passar dos anos, tendo-se tornando uma ruína.

Os novos proprietários tiveram a ideia de restaurar a capela e dar-lhe um aspeto digno.

Mas ...

A parte exterior ficou com muito bom aspeto, respeitando a sua origem ... mas no interior, nada disso aconteceu.

Com a ideia da modernidade, não se fez um restauro, mas uma capela nova ... o altar-mor de madeira em talha pintada … desapareceu ...

A imagem de Nª Srª dos Prazeres ... despareceu ...

A abertura à população ... desapareceu ...

Resumindo ... a antiga capela ... passou a ser somente uma simples capela, antiga por fora e descaraterizada por dentro ...

E ... assim ... se destroem memórias dos antepassados ... em prol de uma modernidade que não se compadece do respeito de quem a mandou construir e que poderia ser um património da localidade.

Claro que isto reflete somente a minha opinião, respeitando todas as outras, mesmo que sejam diferentes e/ou contrárias.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
26
Jul22

CASTELO DE MONFORTE DE RIO LIVRE


Mário Silva Mário Silva

.

CASTELO DE MONFORTE DE RIO LIVRE

17 DSC06642_ms

.

Da antiga vila medieval de Monforte de Rio Livre conserva-se ainda grande parte da sua estruturação urbana.

O conjunto constitui-se pelo castelo onde permanece uma imponente torre de menagem seguida de um pátio de configuração sub-retangular.

Este conjunto estrutural é o que sobressai dentro da arquitetura da vila, implantando-se de forma proeminente na zona mais elevado do relevo. A torre de menagem possui uma planta de configuração quadrangular e é acedida por uma porta sobrelevada que se abre para o pátio.

"O r/c da torre é ocupado por uma cisterna abobadada com abertura central no primeiro andar. A abóbada de berço que atualmente se vê neste piso, situada a grande altura constituiu primitivamente a cobertura de um segundo andar desaparecido, restando ainda as consolas de apoio do sobrado e os vãos nas paredes que iluminavam aquele que constituía o andar nobre da torre.

 A partir do ângulo NO deste antigo segundo piso desenvolve-se uma escada em caracol, integrada na espessura da parede, que permite o acesso ao adarve superior.

Externamente o coroamento da torre apresenta a toda a volta as mísulas de desaparecidos balcões ou matacães, e duas gárgulas de escoamento de águas pluviais.

O pátio apresenta planta sub-rectangular".

 A área urbana da vila é envolvida por uma muralha granítica de pedra bem aparelhada que delimita um perímetro de ocupação de configuração aproximadamente elíptica. O traçado urbano da antiga vila medieval estrutura-se em função de arruamentos que delimitam ruínas de construções com uma funcionalidade difícil de apurar.

Contudo, alguns desses derrubes poderão corresponder a antigas estruturas de habitação, à antiga casa da câmara, à igreja matriz da localidade ou à capela da Sr.ª do Prado, edifícios frequentemente referidos na documentação relativa ao local e em algumas plantas conhecidas.

 No sector sul, a anteceder a muralha gótica e o castelo propriamente dito, abre-se um profundo fosso que alguns autores relacionam com uma obra pós-medieval derivada da necessidade de reforçar o complexo de defesa desta localidade durante a fase da Restauração.

Não existem quaisquer vestígios que permitam afirmar que a primeira fortaleza remonta a um povoado fortificado da Idade do Ferro, embora alguns autores radiquem a origem de Monforte de Rio Livre nesse período cronológico.

A vila medieval foi sede de um amplo termo que correspondeu ao julgado de Rio Livre e abrangia uma área que tinha como limites a Este os rios Mente e Rabaçal e a Norte a região espanhola da Galiza.

.

In: Monforte de Rio Livre - Portal do Arqueólogo

.

.

FotoPintura: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
15
Jul22

A aldeia transmontana de ÁGUAS FRIAS – CHAVES - PORTUGAL


Mário Silva Mário Silva

A aldeia transmontana de

ÁGUAS FRIAS – CHAVES - PORTUGAL

15 DSC06700_ms

.

A “aldeia”, fruto do paradigma da

modernidade, constitui um desses

espaços de convívio rural a necessitar

urgentemente de ser reinventado.

Porque a “aldeia” simboliza a força

do localismo que todos precisamos

de voltar a defender, em nome da uma

realidade mais humana e intimamente

ligada às origens da organização

social e política.

Outrora unidade territorial de grande

valor social, económico, cultural e

antropológico, a “aldeia”, fruto do

paradigma da modernidade, constitui

um desses espaços de convívio rural

a necessitar urgentemente de se

reinventado, com o objetivo de

preencher o vazio que as cidades de

natureza megalómana por vezes nos

deixam e que o presente trabalho,

pelas agradáveis experiências que

proporcionará, quero acreditar,

ajudará a contrariar. Certo que

também você partilha desta nossa

ideia, aqui fica o meu convite.

Nós esperamos vê-lo por cá, sempre

que queira!

.

in: “Aldeias Norte de Portugal”

.

Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
10
Jul22

BURRO ESPOJANDO-SE NA TERRA


Mário Silva Mário Silva

.

BURRO ESPOJANDO-SE NA TERRA

.

10 DSC00775_ms

Um burro saudável e feliz movimenta-se com facilidade, tem as orelhas ativas, o olhar vivo e interage com o meio que o rodeia.

Deita-se para espojar e é capaz de se levantar sozinho.

Deve ter sempre à sua disposição água e alimento de qualidade (palha/feno) e um bloco de sais minerais, sendo expectável que passe a maior parte do dia a comer e a pastar.

Assim, alguns sinais principais de alerta são a perda de apetite, as orelhas baixas, a relutância em movimentar-se, a incapacidade de se levantar sem ajuda, ou o facto de estar permanentemente deitado.

.

.

Fotografia: ©MárioSilva

.c

Mário Silva 📷
01
Ago21

Retrospetiva - Julho 2021 - Águas Frias - Chaves -Portugal


Mário Silva Mário Silva

JULHO 2021
Retrospetiva dos momentos, paisagens, lugares, pormenores e outros, captados no mês de maio na aldeia transmontana de
Águas Frias - Chaves - Portugal
 

.
.
Ver também:
Mário Silva 📷
29
Jul21

O trabalho árduo de enfardar - Águas Frias - Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊

.

O trabalho árduo do enfardamento …

O sol esquenta …

O pó entranha-se no nariz, na boca, em todos os locais e mais algum …

Mas o trabalho urge já uma chuvada pode “deitar tudo por terra”.

O agricultor …sofre …

.

❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊❊

.

Blog 29 DSC06208_ms

Enfardadeira é uma máquina de uso agrícola que permite recolher e enfardar o feno ou a forragem no campo, para posterior aproveitamento como alimento de animais em época de seca ou inverno. Produzem os tradicionais fardos em forma de paralelepípedos, ou os modernos fardos cilíndricos. Normalmente são tracionadas por um trator agrícola.

Enfardadeiras volantes

As enfardadeiras volantes, também designadas por enfardadeiras de fardos paralelepipédicos, são equipamentos de conceção muito antiga, em que o cordão a enfardar é recolhido por um tambor recolhedor (pick-up) sendo depois comprimido num canal, denominado por canal ou câmara de compressão, por um êmbolo com movimento alternado.

Estes fardos, mais ou menos comprimidos, são atados por um sistema de atamento, para não se desfazerem, e depositados no solo para posterior apanha.

Considerando a massa específica dos fardos as enfardadeiras volantes podem ser: de baixa pressão, de média pressão ou de alta pressão.

.

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

.

Mário Silva 📷
25
Jul21

Edifício da Junta de Freguesia de Águas Frias (Chaves) – Portugal


Mário Silva Mário Silva

                                                 

Edifício da Junta de Freguesia de

Águas Frias (Chaves) – Portugal

É de referir que esta freguesia é composta pelas aldeia de Águas Frias (sede); Assureiras (de Baixo e do Meio); Casas de Monforte; Avelelas e Sobreira.

É neste edifício que são tomadas as decisões para a conservação, perseveração e melhoramentos das Aldeias.

É a sede do poder local.

É aqui que o presidente e o executivo ponderam, auscultam opiniões e claro tomam as decisões que, naquele momento, consideram as mais úteis para a vida das Gentes da Freguesia.

                                                                  

Blog 25 DSC08215_ms

“Toda decisão acertada é proveniente de experiência. E toda experiência é proveniente de uma decisão não acertada.”

                                                                                                                Albert Einstein

.

Quando você precisa tomar uma decisão e não toma, está tomando a decisão de não fazer nada.”

                                                                                                                              Tumblr

.

“Ao tomar uma decisão de menor importância, eu descobri que é sempre vantajoso considerar todos os prós e contras. Em assuntos vitais, no entanto, tais como a escolha de um companheiro ou profissão, a decisão deve vir do inconsciente, de algum lugar dentro de nós. Nas decisões importantes da vida pessoal, devemos ser governados, penso eu, pelas profundas necessidades íntimas da nossa natureza.”

                                                                                                                Sigmund Freud

.

“Geralmente erra mais quem decide cedo do que quem decide tarde; mas, depois de tomada a decisão, é necessário recuperar o atraso da sua execução.”

                                                                                                        Francesco Guicciardini

.

Quem não se ocupa de política já tomou a decisão política de que gostaria de se ter poupado: serve o partido dominante.

                                                                                                                                             Frisch

.

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

.

Mário Silva 📷
21
Jul21

A CASA em RUÍNAS e a HERA - Águas Frias (Chaves) - Portugal


Mário Silva Mário Silva

.

A CASA em RUÍNAS e a HERA

.

Foi uma casa tipicamente transmontana.

Agora só … e invadida … assaltada pelas heras que viram uma boa parede para viverem…

Mas o que mais valor tem, foram as Gentes que lá viveram … as alegrias … as tristezas … as contrariedades … as ilusões … os sonhos … e o amor … pelos filhos e pela “mulher”.

Agora, restam as paredes em que o granito foi empilhado, pedra sobre pedra … com esforço mas dedicação.

Era (É) uma casa portuguesa … com certeza!!!!

.

Blog 21 DSC07106_ms

 

MEMÓRIA

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.

.

Carlos Drummond de Andrade

.

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

 

 

Mário Silva 📷
17
Jul21

“DEUS QUER, O HOMEM SONHA, A OBRA NASCE” - Águas Frias (Chaves) - Portugal


Mário Silva Mário Silva

“DEUS QUER,

O HOMEM SONHA,

A OBRA NASCE”

Blog 17 DSC06709_ms

.

Uma enorme fraga …

A necessidade de uma garagem …

Assim nasceu um desejo … uma necessidade …

Assim se pensou … assim se fez …

Não houve desperdício de terreno … e a necessidade satisfeita …

O enquadramento paisagístico foi quase nada alterado …

A garagem nasceu …

Houve respeito pela Natureza …

E, afinal todos ficaram satisfeitos:

O Homem resolveu um problema …

A Natureza não foi desrespeitada e …

“Viveram felizes para sempre”.

.

                                                                                                                                  Mário Silva

.

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

.

Mário Silva 📷
13
Jul21

A viela - Águas Frias - Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

É uma viela portuguesa … estreita … com escadaria em granito escavada da fraga …

Já foi passagem, encurtando caminho para Cimo de Vila …

Já foi local de confraternização … onde se sentavam pelas escadas abaixo, para alegre cavaqueira, anedotas contadas, episódios passados que a memória não esquece … até ao som da guitarra se cantaram músicas que a tradição não deve esquecer …

… Nessas escadas da viela já muitos bons momentos se passaram …

Ou não fosse essa viela um local da aldeia de Águas Frias – Chaves – Portugal.

Blog 13 DSC03718_ms

.

Não sei porque, são tão estreitas as vielas

da minha Terra.

Talvez, por terem o nome de " viela"...

São românticas, dando passagem somente  

às pessoas, e repletas de lírios e margaridas.

Os pássaros, coloridos, dão rasantes

para brincar com os amantes, sentados nas escadarias.

Mal iluminadas, mas bem sonorizadas pelo

jazz na vitrola, não permitem pressa no caminhar...

Janelas abertas, mostram a beleza das 

toalhas de rendas branquinhas, estendidas 

sobre as mesas, parecendo o altar da  

felicidade!

Em cima do aparador, durante à noite, reina

 a lamparina, iluminando a grande sala, 

reservada às visitas que são, sempre, bem vindas.

A janela baixinha, permite o flerte da 

rapariga vizinha, observando os gajos, 

loucos para namorar!

Ah, Deus, Já se passaram tantos séculos

mas, ainda, sinto na alma o perfume das 

flores e da gente, das vielas da minha Terra!
.
                                                                                                                 Sinval Santos da Silveira

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

Mário Silva 📷

Águas Frias - Fevereiro 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Abril 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.