Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

23
Mar24

A igreja matriz da Aldeia  - Águas Frias (Chaves) - Portugal


Mário Silva Mário Silva

A igreja matriz da Aldeia 

Águas Frias (Chaves) - Portugal

M17 DSC03459_ms

Exterior:

A Igreja Matriz de Águas Frias, imponente e majestosa, domina a paisagem da aldeia com a sua silhueta em pedra granítica. A fachada principal, virada a oeste, apresenta um estilo barroco sóbrio e elegante.

Portada:

O elemento central é a portada principal, em arco abatido, encimada por um frontão triangular com óculo central.

O frontão é ladeado por pináculos e volutas, conferindo dinamismo à fachada.

A porta em madeira maciça, de verga reta, ostenta molduras ornamentadas com motivos vegetalistas e geométricos.

Torre sineira:

Flanqueando a portada, ergue-se uma torre sineira de planta triangular.

A torre é rematada por coruchéus piramidais em granito, coroando a igreja com imponência.

Os sinos, instalados na torre, marcam o ritmo da vida na aldeia.

Fachadas laterais:

As fachadas laterais, mais simples, são ritmadas por contrafortes robustos que reforçam a estrutura da igreja.

Janelas de arco abatido, distribuídas harmoniosamente, permitem a entrada de luz natural no interior.

Abside:

A abside, voltada a este, apresenta uma planta retangular.

A sacristia, adossada à abside, é um volume mais baixo e discreto.

Materiais e texturas:

A pedra granítica, abundante na região, é o material predominante na construção da igreja.

As paredes exteriores apresentam um acabamento rústico, evidenciando a textura natural da pedra.

O contraste entre as pedras claras e escuras cria um efeito visual interessante.

Interior:

Nave central:

A nave central, ampla e luminosa, é coberta por um teto em madeira de pinho envernizado (remodulado).

O piso que era de em pedra lioz e agora em madeira envernizada, confere um ar de sobriedade ao espaço.

Arcos de volta perfeita, apoiados em pilares maciços, delimitam as naves laterais.

Capelas laterais:

As naves laterais acolhem diversas capelas dedicadas a diferentes santos.

Cada capela apresenta um altar ornamentado com imagens sacras, retábulos e talha dourada.

A capela do Sagrado Coração de Jesus, ricamente decorada, destaca-se pela sua beleza e imponência.

 Altar-mor:

O altar-mor, em estilo barroco, é um conjunto monumental em talha dourada (agora embelezado com nova pintura e cores novas).

O retábulo, profusamente ornamentado, alberga a imagem do padroeiro da igreja, São Pedro.

O conjunto é complementado por painéis de azulejos.

Iluminação:

A luz natural entra pelas janelas laterais e pelo óculo da fachada principal.

Lustres de bronze e velas contribuem para a iluminação artificial da igreja, criando um ambiente acolhedor e místico.

Elementos decorativos:

A talha dourada, presente nos altares, púlpitos e sanefas, é um dos elementos decorativos mais marcantes da igreja.

Azulejos, com motivos florais, adornam as paredes de algumas capelas.

Imagens sacras, esculpidas em madeira ou pedra, completam a decoração interior da igreja.

Estilo:

O estilo predominante da Igreja Matriz de Águas Frias é o barroco, com elementos maneiristas e rococós.

A fachada principal, com a sua exuberante ornamentação, é um exemplo clássico do barroco português.

O interior da igreja, com a sua espacialidade grandiosa e rica decoração, revela a influência do estilo maneirista.

A talha dourada e os azulejos, presentes em diversos elementos decorativos, evidenciam a influência do estilo rococó.

Conclusão:

A Igreja Matriz de Águas Frias é um monumento religioso de grande valor histórico e artístico. A sua arquitetura eclética, a riqueza da sua decoração interior e a sua imponência na paisagem da aldeia fazem dela um local de visita obrigatória para quem aprecia a história e a cultura portuguesa.

.

Texto & Pintura(AI): ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
11
Mar24

Águas Frias (Chaves) - Portugal - Uma Lição Histórica de Pedra e Sabedoria


Mário Silva Mário Silva

Águas Frias (Chaves) - Portugal

Uma Lição Histórica de Pedra e Sabedoria

M07 DSC09831_ms

Águas Frias, uma pitoresca aldeia transmontana situada no concelho de Chaves, Portugal, é o lar de um adro de igreja matriz e de uma escola primária que são mais do que meros pontos de referência geográficos. Estes locais são o coração pulsante da comunidade, onde gerações de habitantes locais têm partilhado momentos significativos das suas vidas.

O adro da igreja matriz de Águas Frias não é apenas um espaço aberto em frente à igreja principal da aldeia; é um local de encontro para os moradores, onde se realizam festividades e celebrações religiosas. Este espaço tem sido um ponto de encontro comunitário há séculos, refletindo a rica história e as tradições da região de Trás-os-Montes.

A escola primária de Águas Frias representa a dedicação da aldeia à educação e ao desenvolvimento das futuras gerações. Este estabelecimento de ensino foi o local onde as crianças da aldeia receberam os fundamentos da educação, aprendendo não só sobre matérias académicas, mas também sobre a cultura e as tradições locais.

A arquitetura da região é caracterizada por casas tradicionais de um só andar, com telhados de telha vermelha e paredes de granito. Esta estética arquitetónica é complementada pela paisagem rural tranquila, que serve de pano de fundo tanto para a igreja quanto para a escola, criando um cenário idílico que tem sido preservado ao longo dos anos.

A preservação do adro da igreja matriz e da escola primária é crucial para manter viva a história de Águas Frias. Estes locais não são apenas estruturas físicas; eles representam a alma da aldeia e são um testemunho da identidade cultural de Águas Frias, que tem sido cuidadosamente mantida pelos seus habitantes.

Em resumo, o adro da igreja matriz e a escola primária são mais do que simples construções em Águas Frias. Eles são símbolos de fé, educação e comunidade, fundamentais para a identidade da aldeia transmontana e para a memória coletiva dos seus habitantes.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
19
Fev24

"Acontecimento insólito no largo da igreja"  - Águas Frias (Chaves) - Portugal


Mário Silva Mário Silva

"Acontecimento insólito no largo da igreja" 

Águas Frias (Chaves) - Portugal

F14 DSC01574_msjpg

Na manhã do dia 11 de fevereiro de 2024, na aldeia transmontana de Águas Frias, no concelho de Chaves, Portugal, ocorreu um acontecimento insólito. À saída da missa, no largo da igreja, um grupo de pessoas foi surpreendido por uma aparição estranha.

A aparição era de uma figura humana, de cerca de dois metros de altura, vestida com uma túnica branca. A figura tinha o rosto coberto por um véu, e as mãos estavam levantadas, como se estivesse a rezar.

As pessoas que viram a aparição ficaram assustadas e começaram a gritar. Algumas pessoas tentaram tocar na figura, mas ela desapareceu rapidamente.

O acontecimento causou grande agitação na aldeia. Algumas pessoas acreditam que a aparição foi um milagre, enquanto outras acreditam que foi apenas uma ilusão.

As autoridades locais estão a investigar o caso, mas ainda não há informações oficiais sobre o que aconteceu.

Possíveis explicações para o acontecimento:

Existem várias possíveis explicações para o acontecimento insólito que ocorreu em Águas Frias. Uma possibilidade é que a aparição tenha sido uma ilusão causada por uma miragem. Miragens são fenómenos óticos que podem ocorrer em condições climáticas específicas.

Outra possibilidade é que a aparição tenha sido uma brincadeira de alguém. No entanto, é improvável que um grupo de pessoas tenha conseguido enganar tantas outras.

Também é possível que a aparição tenha sido uma manifestação sobrenatural. No entanto, sem mais informações, é impossível dizer com certeza o que aconteceu.

O que você acha que aconteceu?

O que você acha que aconteceu em Águas Frias?

 Você acredita que a aparição foi um milagre, uma ilusão ou uma brincadeira?

Deixe a sua opinião nos comentários.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
03
Dez23

Primeiro domingo do ADVENTO - Igreja matriz de Águas Frias - Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

Primeiro domingo do ADVENTO

Igreja matriz de Águas Frias - Chaves - Portugal

D03 DSC03479_ms

O primeiro domingo do Advento é 3 de dezembro de 2023.

O Advento é um tempo de preparação para o Natal, que celebra o nascimento de Jesus Cristo.

O primeiro domingo do Advento é o início do novo ano litúrgico, que é o ano religioso da Igreja Católica.

As leituras da liturgia do primeiro domingo do Advento convidam-nos a preparar o caminho para a vinda do Senhor.

A primeira leitura, do profeta Isaías, nos fala-nos da necessidade de conversão e arrependimento para receber o Senhor.

A segunda leitura, da primeira carta de Paulo aos Coríntios, lembra-nos que Deus está sempre presente connosco, mesmo nos momentos mais difíceis.

O evangelho, de Marcos, convida-nos a estar vigilantes e preparados para a vinda do Senhor.

O primeiro domingo do Advento é um dia de alegria e esperança.

.

Coroa do Advento (ou guirlanda do Advento) é um objeto muitas vezes de forma circular coberto de ramos verdes (ou o chamado ''festão''), no qual se colocam quatro velas, uma para cada domingo do Advento: verde no 1º domingo, roxa no 2º domingo, vermelha no 3º domingo e branca no 4º domingo.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

Mário Silva 📷
15
Ago23

Assunção de Nossa Senhora - imagem na igreja matriz de Águas Frias - Chaves - Portugal


Mário Silva Mário Silva

.

Assunção de Nossa Senhora

15 DSC09416_ms

.

A Assunção de Nossa Senhora, também conhecida como a Assunção de Maria, é uma das principais festas católicas que celebram a vida e a morte da Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo. A festa da Assunção é comemorada em 15 de agosto de cada ano.

A crença na Assunção de Maria tem suas raízes na tradição cristã primitiva e foi formalmente definida como dogma de fé pela Igreja Católica em 1950, pelo Papa Pio XII, na bula apostólica "Munificentissimus Deus". De acordo com esse dogma, a Assunção de Maria significa que, no final de sua vida terrena, Maria foi elevada em corpo e alma ao céu, sem passar pela morte física comum a outros mortais.

No entanto, vale a pena notar que a Assunção de Maria é um tema de fé católica e não está explicitamente mencionado nas escrituras do Novo Testamento. A crença nesse evento é baseada principalmente na tradição, no ensinamento da Igreja e na piedade popular.

A festa da Assunção é celebrada com grande devoção por muitos católicos em todo o mundo. As celebrações podem incluir missas especiais, procissões, orações marianas e outros atos de devoção dedicados à Virgem Maria.

Além da Igreja Católica, algumas outras denominações cristãs também têm crenças relacionadas à Virgem Maria, mas os detalhes e a importância dessas crenças podem variar. É importante lembrar que as crenças e práticas religiosas podem diferir entre as diversas tradições cristãs.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
24
Jun23

S.João - História e estórias


Mário Silva Mário Silva

.

S.João - História e estórias

24 S João

.

São João é uma das festas mais populares e animadas em Portugal, celebrada em honra de São João Batista. A festa ocorre em várias cidades e vilas portuguesas, mas é especialmente famosa no Porto, onde é conhecida como "Noite de São João".

A tradição remonta a séculos atrás e está associada a várias lendas e histórias populares. Uma das lendas mais conhecidas é a do "Martelo de São João". Segundo a lenda, existia um homem mau chamado Bruxo, que aterrorizava a população da cidade do Porto. Um dia, São João apareceu para ajudar as pessoas e entregou-lhes um martelo mágico. Com o martelo, as pessoas conseguiram derrotar o Bruxo e livrar-se do mal. Desde então, as pessoas celebram São João batendo com martelos de plástico nas cabeças umas das outras durante as festividades.

Outra tradição muito popular durante as festas de São João é o lançamento de balões de ar quente. As pessoas escrevem mensagens e desejos nos balões antes de soltá-los no ar, acreditando que seus desejos se tornarão realidade.

Além disso, durante a Noite de São João, é comum ver fogueiras espalhadas pelas ruas. As pessoas saltam sobre as fogueiras para purificar o corpo e afastar os maus espíritos. Também é costume dançar ao redor das fogueiras, cantar e tocar instrumentos musicais tradicionais.

Durante as festividades, é tradicional comer sardinhas assadas e caldo verde, uma sopa feita com couve-galega, batatas e chouriço. As ruas são decoradas com balões, bandeirolas e arranjos florais, criando uma atmosfera festiva e colorida.

Em resumo, a festa de São João é uma celebração popular que combina tradições religiosas com festividades folclóricas. É uma ocasião em que as pessoas se reúnem para celebrar, dançar, comer e se divertir. As lendas e histórias associadas a São João adicionam um toque mágico e misterioso à festa, tornando-a ainda mais especial para os portugueses.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

 

 

 

Mário Silva 📷
08
Jun23

DIA DO CORPO DE DEUS


Mário Silva Mário Silva

.

DIA DO CORPO DE DEUS

08 DSC04827_ms

 

.

O Corpo de Deus é uma celebração católica que ocorre sempre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade. Este feriado é comemorado em Portugal, e em outros países como Espanha, Brasil e Angola. É um dia importante para a igreja católica, e os fiéis celebram o Corpo de Deus como uma forma de agradecer ao corpo e sangue de Cristo, representados pela Eucaristia.

 

A celebração do Corpo de Deus teve início no século XIII, em Liège, na Bélgica. A partir daí, a tradição se espalhou por toda a Europa e chegou a Portugal no século XIV. Atualmente, a celebração é uma das mais importantes da igreja católica em Portugal.

 

O feriado do Corpo de Deus é celebrado com uma procissão, em que o Santíssimo Sacramento é levado em um ostensório pelas ruas das cidades e vilas. A procissão é acompanhada por fiéis vestidos a rigor, que cantam e rezam durante todo o percurso. O momento mais importante da celebração é a bênção do Santíssimo Sacramento, que é feita pelo sacerdote num altar montado especialmente para a ocasião.

 

A celebração do Corpo de Deus é uma tradição muito importante para a igreja católica em Portugal, e é celebrada com muita pompa e circunstância. Além da procissão, há também missas e outras atividades religiosas que acontecem durante o feriado.

 

No entanto, o Corpo de Deus não é só um feriado religioso. Ele também é uma oportunidade para que as comunidades locais se reúnam e celebrem juntas. Muitas cidades, vilas e aldeias organizam festas e eventos durante o feriado, que atraem turistas de todo o país e do exterior.

 

Em suma, o Corpo de Deus é uma celebração muito importante para a igreja católica em Portugal e em outros países do mundo. Além de ser um feriado religioso, ele também é uma oportunidade para que as comunidades locais se reúnam e celebrem juntas.

Se você está a planear visitar Portugal durante o feriado do Corpo de Deus, certamente não irá se arrepender. É uma experiência única e emocionante, que ficará para sempre em sua memória.

.

Texto & Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
13
Mai23

13 de maio – Cova da Iria


Mário Silva Mário Silva

.

13 de maio – Cova da Iria

13 DSC06889_ms

.

A treze de maio na Cova da Iria

No céu aparece a Virgem Maria

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

A três pastorinhos, cercada de luz

Visita Maria, a mãe de Jesus

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

A mãe vem pedir constante oração

Pois só de Jesus nos vem a salvação

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

Da agreste azinheira a Virgem falou

E aos três a Senhora tranquilos deixou

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

Então à Senhora o nome indagaram

Do céu a Mãe terna bem claro escutaram

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

Se o mundo quiserdes da guerra findar

Fazei penitência de tanto pecar

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

A Virgem lhes manda o terço rezar

A fim de alcançarem da guerra o findar

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

-

Com esses cuidados a mãe amorosa

Do céu vem os filhos salvar carinhosa

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

Ave, ave, ave Maria

.

Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
23
Fev22

A igreja matriz - Águas Frias (Chaves) – Portugal


Mário Silva Mário Silva

⛪    ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪

A igreja matriz

Águas Frias (Chaves) – Portugal

⛪    ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪     ⛪

.

blog 21 DSC09348_ms

 

IGREJA

.

Pedra

areia

andaime

água

tijolo.

O canto dos homens trabalhando trabalhando

mais perto do céu

cada vez mais perto

mais

— a torre.

.

E nos domingos a litania dos perdões, o murmúrio das invocações.

O padre que fala do inferno

sem nunca ter ido lá.

Pernas de seda ajoelham mostrando geolhos.

Um sino canta a saudade de qualquer coisa sabida e já esquecida.

A manhã pintou-se de azul.

No adro ficou o ateu,

no alto fica Deus.

.

Domingo…

Bem bão! Bem bão!

Os serafins, no meio, entoam quii ieleisão.

.

______   Carlos Drummond de Andrade   ___________

.

.

Fotografia: ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
10
Mai21

INTERIOR da IGREJA MATRIZ de ÁGUAS FRIAS – CHAVES - PORTUGAL


Mário Silva Mário Silva

INTERIOR da IGREJA MATRIZ

de

ÁGUAS FRIAS – CHAVES - PORTUGAL

Interior da igreja (maio de 2017) vista para a porta de entrada principal, o coro e o batistério (que já foi remodelado, tendo agora uma cercadura de pilares de madeira, com inteira visibilidade para a antiga pia batismal e ainda foi acrescentada uma pintura relativa ao batismo de Jesus por S. João Batista).

Embora seja uma vista menos comum para quem a fotografa, não resisti a fazê-lo, pois não será a visão de todos os que entraram, mas que inevitavelmente a terão que ver quando saem.

Blog 10 DSC06919_ms

Nem sempre a atenção é a mesma, pois quando se entra, vai-se com a devoção da oração e contemplação … mas a saída é, por vezes, mais apressada pois os afazeres terrenos muitas vezes sobrepõem-se aos espirituais. São as camas que ficaram por fazer, é a louça do pequeno almoço para lavar, é o assado que ficou no forno e ainda se queima, ou o arroz para fazer ou até a converseta que espera no adro e o aperitivo que se bebe com os amigos …

Às vezes, estes e outos afazeres turvam a devoção e a atenção… eis talvez a explicação para a pouca observação na hora de voltarmos as costas ao lindíssimo altar e voltar à “nossa” rotineira Vida terrena ….   

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

 

Mário Silva 📷
27
Mar21

A torre sineira da igreja de Águas Frias - Chaves - Portugal, e a sua paisagem envolvente ...


Mário Silva Mário Silva

.

✻     ✻     ✻     ✻     ✻

A torre sineira da igreja matriz da aldeia transmontana de Águas Frias – Chaves -  Portugal, sobressaindo de entre as casas envolventes e deixando observar a imensidão da paisagem transmontana.

✻     ✻     ✻     ✻     ✻

Blog 27 DSC01954_ms

.

Vejo, outra vez, as fotografias que tirei em Trás-os-Montes. Quase todas mentem. Nenhuma dor intolerável nelas ficou. Nenhuma esperança. Qualquer raiz.

Trás-os-Montes seria para Paul Strang [Strand] ou Van Gogh, que chegavam a terras de fogo sem pressa, e só partiam exangues, com os sentidos destruídos. Seria para Miguel Torga, que foi criado por uma águia e nunca esqueceu o gosto de uma cebola com sal.

... porque contemplei fragas e a amplidão deixei.
Vi queimar florestas e as razões oculto.
Ouvi cantar as aves e o cristal perdi.

Fermentava o feno.
Voltavam a ramos os engaços.
O linho era erva, a amêndoa silêncio.

Como quem parte de uma sombra para um poema, e de uma folha guardada para a memória, parto de imagens fluídas para uma província perdida.

Nove meses de Inverno. Três de inferno.
E a Primavera [primavera]?

Bato a porta abertas. Ninguém responde.
Há colmo caído no chão do [de] sobrado. Azeite vertido, manhuços intactos.
Corro à fronteira seca e grito. Clamo. Nomes com geada.
Ninguém responde...

E os arados? Os arados deixados às portas das vossas casas, gravados à navalha nas portas das vossas casas?

Se me queres algo
Sal-me al camino.”

(…)

.

António Reis“Trás-os-Montes” Junho de 1969

.

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mariofernando.silva.9803/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

https://twitter.com/MrioFernandoGo2

https://www.instagram.com/mario_silva_1957/

.

Mário Silva 📷
10
Out20

"A minha terra" - Águas Frias - Chaves - PORTUGAL


Mário Silva Mário Silva

.

********************************************************************************************

Vista parcial da aldeia de Águas Frias – Chaves – PORTUGAL

A foto pode ser atual ou antiga … descubra a possível idade …

Nada mudou? ...       Muita coisa se modificou e modernizou? ....

Não pense …  vá lá  ...  e esclareça por si mesmo.

************************************************************************************************

DSC06023_P&B_ms

.

“A minha terra”

 .

A minha terra não é minha. É muito mais.

Nem sequer é nossa, exclusiva dos nossos tempos.

Antes de mim, a partir de um simples cais,

Já se aventurava, sem medo, pelos Descobrimentos.

 

A minha terra é mais do que os rios, as colinas,

Os campos, as montanhas ou as cidades

Onde crescemos, brincámos, conhecemos as meninas

E fizemos as primeiras amizades:

A minha terra é também a língua, o fado, as populações,

Os monumentos, a história, a cultura, as navegações!

 

Mesmo aquele genuíno sentimento

Que quando estou longe me abraça cá dentro

(Há quem lhe chame esperança, mas erra,

Porque não é esperança de verdade),

Não é meu, é da minha terra,

A pátria da saudade.

 

E para conhecê-la, basta viajar

Pelos sete mares e pelos sete ventos,

Para todos os lugares onde continuou a exportar

Os seus patrimónios e os seus talentos.

 

A minha terra é Portugal,

Cujas fronteiras se estendem pelo mundo inteiro.

Só falta acreditar, o sonho é real,

Só falta erguer-se o nevoeiro.

 

                                                                                                                                             Filipe Miguel Costa

.

                                                           🏚 🏚 🏚 🏚

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

                                                                            🏚 🏚 🏚 🏚

 

.

 

 

Mário Silva 📷
02
Ago20

A CASA BRANCA


Mário Silva Mário Silva

 

 

A CASA BRANCA

.

Estou reclinado na poltrona, é tarde, o Verão apagou-se...

Nem sonho, nem cismo, um torpor alastra em meu cérebro...

Não existe manhã para o meu torpor nesta hora...

Ontem foi um mau sonho que alguém teve por mim...

Há uma interrupção lateral na minha consciência...

Continuam encostadas as portas da janela desta tarde

Apesar de as janelas estarem abertas de par em par...

Sigo sem atenção as minhas sensações sem nexo,

E a personalidade que tenho está entre o corpo e a alma...

DSC00573_ms

 

Quem dera que houvesse

Um terceiro estado prà alma, se ela tiver só dois...

Um quarto estado prà alma, se são três os que ela tem...

A impossibilidade de tudo quanto eu nem chego a sonhar

Dói-me por detrás das costas da minha consciência de sentir...

.

Fernando Pessoa

.

.

                                                                                       🏠

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber                               

.

                                                             🏠                    🏠                  🏠

.

.

 

 

Mário Silva 📷
17
Mai20

N.ª Sr.ª das Dores na igreja matriz de Águas Frias – Chaves - PORTUGAL


Mário Silva Mário Silva

 

N.ª Sr.ª das Dores

na igreja matriz de Águas Frias – Chaves - PORTUGAL

 

Nossa Senhora das Dores, também chamada de Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora da Agonia, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário, Nossa Senhora do Monte Calvário, Mãe Soberana e Nossa Senhora do Pranto, invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens ou Mater Dolorosa (sendo, sob essa designação, particularmente cultuada em Portugal), é uma forma pela qual é venerada Maria (mãe de Jesus).

Ela é geralmente reconhecida por ter uma ou mais facas ou espadas, geralmente sete, atravessando seu coração.

Imagem de Nª Srª das Dores - igreja de Águas Frias - Chaves - PORTUGAL

Nossa Senhora das Dores surge representada sendo ferida por sete espadas no seu coração imaculado (algumas vezes, uma só espada), dado ter sido trespassada por uma espada de dor, quando da Paixão e Morte de seu Filho, unindo-se ao seu sacrifício enquanto redentor e sendo, por isso, chamada pelos teólogos de Corredentora do Género Humano.

É, também, seu símbolo, o Rosário das Lágrimas (ou Terço das Lágrimas), com 49 contas brancas divididas em sete partes de sete contas cada. Aparece, também, frequentemente representada com uma expressão dolorida diante da Cruz, contemplando o filho morto (donde nasceu o hino medieval Stabat Mater), ou então segurando Jesus morto nos braços, após o seu descimento da Cruz (dando, assim, origem à temática das Pietà).

 

In: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Dores

 

 

                                                  

 

 

 

 

Mário Silva 📷
08
Mai20

SOBREIRA ou ASSOBREIRA (Águas Frias) – CHAVES - PORTUGAL


Mário Silva Mário Silva

SOBREIRA ou ASSOBREIRA

(Águas Frias) – CHAVES - PORTUGAL

 

SOBREIRA (Assobreira) é uma aldeia pertencente à freguesia de Águas Frias, concelho de Chaves, distrito de Vila Real – região de Trás-Os-Montes - PORTUGAL

Nota: Vou reproduzir o texto sobre esta Aldeia, escrito e publicado a 22 de maio de 2008 in: https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/14969.html

Sobreira (Águas Frias) - Chaves - Torre sineira da Igreja

“Seguindo a Estrada Nacional 103 – (Chaves → Vinhais → Bragança) até a Assureiras (do Meio) e encontrará à direita uma placa indicativa da aldeia de Assobreira (Sobreira), tomando “a estrada 541-1”.

.

A subida é sinuosa. Mas a paisagem que se vislumbra é fabulosa. O melhor será parar a meio e deliciar-se com uma visão deslumbrante das aldeias em redor e até serras “galegas”.

Outra visão que encontrará será a do Castelo de Monforte do Rio Livre que na altura que está rodeado de gestas (giestas) brancas e amarelas, qual “neve” branca em dia solarengo.

.

Depois da subida, encontramos um cruzamento e, seguindo a placa “Sobreira”, viramos à direita, pela estrada municipal 1059. Mesmo antes de entrar na Aldeia fiquei maravilhado com a paisagem de planalto e com os terrenos bem trabalhados com extensas terras de centeio que balouçavam ao ritmo da aragem um pouco fresca. . Ao longo a rua principal encontrei casas de construção recente. . Parei no largo da igreja e ...

.

... embrenhei-me pelo núcleo da Aldeia. . Encontrei recantos belíssimos, embora com muitas casas em estado de abandono em contraste com casas renovadas e com habitações construídas de raiz, em especial nas extremidades da Aldeia.

.

A parte central da Aldeia, com as suas ruas estreitas, traz-nos um encanto em cada esquina, em que o granito das suas paredes transparece todas as características de Aldeia rural de montanha.

Sobreira 2

Pelo que me apercebi os residentes (resistentes) são cada vez menos e com cada vez menos crianças e jovens, sendo a população envelhecida. Esta evidência é notória quando vemos o edifício da escola primária em abandono, em que o lugar onde outrora corriam e brincavam crianças está agora ocupado por ervas daninhas.

.

Em contraste com esta realidade, as poucas pessoas que encontrei e que fui abordando, foram de uma gentileza que me sensibilizou, já que ali eu era um perfeito desconhecido. . Fiquei encantado com a Aldeia da Sobreira e com as suas Gentes.

.

O nome da Aldeia, sempre me intrigou, já que aparece de diferentes grafias: Sobreira; Assobreira ou Assobreiras. As pessoas que abordei e questionadas sobre a verdadeira denominação, todas elas me afirmaram peremptoriamente que sempre a conheceram como sendo Sobreira e que a placa que se encontra nas Assureiras estava errada.

Sobre o assunto, logo que me seja possível, investigarei um pouco mais. Assim, fica a dúvida. Sobreira, Assobreira ou Assobreiras? Uma coisa é certa, devia haver uma uniformização da denominação nas placas identificativas.

.

Voltei, para trás, pela mesma estrada. Ainda parei, para mais uma vez observar a Aldeia de Sobreira e quanto se enquadrava na paisagem. E pensando … voltarei muito brevemente.

Sobreira 3

Segui até ao cruzamento e virei à esquerda, retomando novamente a estrada municipal 514-1 que me levaria até …”

Ver post já publicado (com mais fotos) in: https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/14969.html

 

Mário Silva 📷
29
Mar20

Águas Frias (Chaves) - - ... Os Dois Horizontes ...


Mário Silva Mário Silva

 

Os Dois Horizontes

 

Dois horizontes fecham nossa vida:

Águas Frias (Chaves) - ... a porta vermelha ...

... a velha porta vermelha ...

 

        Um horizonte, — a saudade
          Do que não há de voltar;
          Outro horizonte, — a esperança
          Dos tempos que hão de chegar;
          No presente, — sempre escuro,—
          Vive a alma ambiciosa
          Na ilusão voluptuosa
          Do passado e do futuro.

 

Águas Frias (Chaves) - ... o gatito que "fugiu" para o campo para evitar o contacto social com outros gatos ...

... o gatito que "fugiu" para o campo para evitar o contacto social com outros gatos ...

 

         Os doces brincos da infância
          Sob as asas maternais,
          O vôo das andorinhas,
          A onda viva e os rosais;
          O gozo do amor, sonhado
          Num olhar profundo e ardente,
          Tal é na hora presente
          O horizonte do passado.

 

Águas Frias (Chaves) - ... casa na Aldeia (Lampaça) ...... casa na Aldeia (Lampaça) ...

 

          Ou ambição de grandeza
          Que no espírito calou,
          Desejo de amor sincero
          Que o coração não gozou;
          Ou um viver calmo e puro
          À alma convalescente,
          Tal é na hora presente
          O horizonte do futuro.

 

Águas Frias (Chaves) - ... ave colorida (Pisco de peito ruivo - "Erithacus rubecula") de belo canto, alegrando o "silêncio" dos campos ...... ave colorida (Pisco de peito ruivo - "Erithacus rubecula") de belo canto, alegrando o "silêncio" dos campos ...

 

          No breve correr dos dias
          Sob o azul do céu, — tais são
          Limites no mar da vida:
          Saudade ou aspiração;
          Ao nosso espírito ardente,
          Na avidez do bem sonhado,
          Nunca o presente é passado,
          Nunca o futuro é presente.

 

Águas Frias (Chaves) - ... a igreja matriz, mesmo em situação de "quarentena" ladeada de árvores "vestidas" de flores brancas ...... a igreja matriz, mesmo em situação de "quarentena" ladeada de árvores "vestidas" de flores brancas ...

 

          Que cismas, homem? – Perdido
          No mar das recordações,
          Escuto um eco sentido
          Das passadas ilusões.
          Que buscas, homem? – Procuro,
          Através da imensidade,
          Ler a doce realidade
          Das ilusões do futuro.

 

Águas Frias (Chaves) - ... galinhas caseiras ...... galinhas caseiras Vivem alegremente (afinal não é a "gripe aviária") ...

 

Dois horizontes fecham nossa vida.

                                                                                                                    Machado de Assis, in "Crisálidas"

 

 

Até breve !!!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷

Águas Frias - Fevereiro 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Abril 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.