Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA - Fotografia, Pintura & Escrita

*** *** A realidade é a "minha realidade" em imagens (fotografia, pintura) e escrita

14
Abr24

"As mais importantes diferenças entre o Catolicismo e o Judaísmo. O que é o antissemitismo?" (Parte II)


Mário Silva Mário Silva

"As mais importantes diferenças entre

o Catolicismo e o Judaísmo.

O que é o antissemitismo?"

(Parte II)

A14 As mais importantes diferenças entre o Catolicismo e o Judaísmo (parte II)_ms

Adoração e rituais no Catolicismo e no Judaísmo

A adoração e os rituais no catolicismo e no judaísmo também têm diferenças distintas.

No catolicismo, a Missa é o principal ritual de adoração, onde os fiéis se reúnem para celebrar a Eucaristia.

A Missa inclui leituras da Bíblia, sermões do padre, orações e a comunhão, onde os fiéis recebem o corpo e o sangue de Cristo.

No judaísmo, a sinagoga é o lugar de adoração e estudo da Torá.

Os serviços religiosos são conduzidos por um rabino e incluem orações, leituras da Torá e sermões.

O Shabat, o dia sagrado de descanso, é observado todas as semanas, começando ao pôr do sol de sexta-feira e terminando ao pôr do sol de sábado.

Durante o Shabat, os judeus envolvem-se em orações, estudo da Torá e refeições especiais.

.

O papel do clero no Catolicismo e no Judaísmo

No catolicismo, o clero desempenha um papel central na liderança espiritual e na administração dos sacramentos.

O papa é o líder máximo da Igreja Católica, considerado o sucessor de São Pedro.

Os bispos e padres são responsáveis pelas dioceses e paróquias, respetivamente.

As ordens religiosas, como os monges e as freiras, dedicam as suas vidas à oração, ao serviço e ao ensino.

.

No judaísmo, os rabinos têm um papel semelhante ao dos padres, liderando as sinagogas e ensinando a Torá.

No entanto, o judaísmo não tem uma hierarquia centralizada como o catolicismo.

Cada comunidade judaica pode ter o seu próprio rabino e líderes locais.

Além disso, existem diferentes correntes dentro do judaísmo, como o judaísmo ortodoxo, reformista, conservador e reconstrucionista, cada uma com as suas próprias tradições e práticas.

 

Compreendendo o antissemitismo:

Definição e contexto histórico

O antissemitismo é um fenómeno de discriminação, preconceito ou ódio contra pessoas judias, com base nas suas crenças religiosas e identidade cultural.

Esse tipo de intolerância tem uma longa história e manifestou-se de várias formas ao longo dos séculos.

O antissemitismo tem as suas raízes em estereótipos negativos, teorias conspiratórias e sentimentos de inferioridade ou medo.

.

Casos de antissemitismo ao longo da história

O antissemitismo tem sido uma força destrutiva em várias épocas da história.

Um dos exemplos mais marcantes é o Holocausto, durante a Segunda Guerra Mundial, quando milhões de judeus foram perseguidos, presos e assassinados em campos de concentração nazistas.

O Holocausto representa o ápice do antissemitismo, com consequências terríveis e duradouras.

Além do Holocausto, os judeus também enfrentaram perseguições e expulsões ao longo da história.

Durante a Idade Média, eles foram frequentemente acusados de envenenar poços, espalhar a peste negra e conspirar contra a sociedade.

Perseguições e massacres também ocorreram em diferentes épocas e lugares, como a Inquisição Espanhola, os pogroms na Rússia czarista e o genocídio arménio.

.

Combatendo o antissemitismo e promovendo a tolerância religiosa

É essencial combater o antissemitismo e promover a tolerância religiosa em todas as suas formas. A educação desempenha um papel fundamental na desconstrução de estereótipos e na promoção do entendimento mútuo. É importante ensinar a história do antissemitismo e do Holocausto, para que as gerações futuras possam aprender com os erros do passado e trabalhar para um futuro mais justo e inclusivo.

.

Além disso, é necessário promover o diálogo inter-religioso e a colaboração entre as comunidades católicas e judaicas. O respeito mútuo, a celebração das diferenças e o reconhecimento da dignidade de todas as pessoas são fundamentais para construir uma sociedade mais harmoniosa e justa.

.

Conclusão

O catolicismo e o judaísmo são duas tradições religiosas ricas e distintas, cada uma com suas próprias crenças, práticas e histórias. É importante reconhecer e respeitar as diferenças entre essas duas fés, ao mesmo tempo em que se trabalha para promover a tolerância e o entendimento mútuo.

 

O antissemitismo é um problema persistente que afeta tanto católicos quanto judeus. É crucial combater essa forma de discriminação e promover uma sociedade mais justa e inclusiva. Ao aprender sobre o catolicismo, o judaísmo e o antissemitismo, podemos contribuir para a construção de um mundo onde todas as pessoas sejam tratadas com dignidade e respeito, independentemente de suas crenças religiosas ou origens culturais.

.

Texto & Pintura (AI): ©MárioSilva

.

Mário Silva 📷
27
Jan19

Águas Frias (Chaves) - ... 27 janeiro - Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

  27 janeiro

Dia Internacional em Memória

das Vítimas do Holocausto

 

Águas Frias (Chaves) - ... a lua cheia de janeiro ...

... a lua cheia de janeiro ...

 

27 de janeiro - A cada ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolhe um tema para esta data. Em 2019 será a vez de refletir sobre a defesa dos Direitos Humanos a todos aqueles que foram vítimas desta matança.

Este é um dia de lembrança em nome dos milhões de vítimas provocadas pelo genocídio da Alemanha nazi sobre os judeus, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, opositores do regime nazista, entre muitos outros, ocorrido durante a II Guerra Mundial.

Neste dia, decorrem cerimónias de homenagem a pessoas falecidas no Holocausto e o Secretário Geral da ONU transmite uma mensagem especial, entre outras iniciativas.

A data de 27 de janeiro foi escolhida para a celebração deste dia por possuir um significado especial: foi a 27 de janeiro de 1945 que teve lugar a libertação do principal campo de concentração nazi, Auschwitz, localizado na Polônia, pelas tropas da União Soviética. Atualmente, o local é aberto à visitação.

O Dia Mundial da Memória do Holocausto foi criado por ação da Assembleia Geral das Nações Unidas, pela Resolução 60/7, de 1 de dezembro de 2005.

Em Portugal, como em vários países do mundo, governos, escolas e associações judaicas realizam palestras e exposições com o objetivo de fazer com que o horror nazista não caia no esquecimento e não se repita.

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ...

... a névoa ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... os pingos da chuva ...

... os pingos da chuva ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional)

... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional) ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos ...

... cogumelos ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷

Águas Frias - Fevereiro 2024

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.