Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

Águas Frias - Outubro 2020

31
Out20

Halloween ou "Dia das Bruxas"


Mário Silva Mário Silva

.

Halloween ou Dia das Bruxas

🎃

.

O Halloween, chamado de Dia das Bruxas, é uma festa com temas sombrios e comemorada anualmente em 31 de outubro.

Águas Frias _ Dia de Hallowen 2

Origem do Halloween

A origem da festa do Halloween possui uma grande trajetória, visto ser praticada há mais de 3 mil anos.

Ela surgiu com os celtas, povo que era politeísta e acreditava em diversos deuses relacionados com os animais e as forças da natureza.

Os celtas celebravam o festival de Samhain, o qual tinha a duração de 3 dias, com início no dia 31 de outubro. Nela, além de se comemorar o fim do verão, comemorava-se a passagem do ano celta, que tinha início no dia 1 de novembro.

 .

Acreditava-se que nesse dia os mortos se levantavam e se apoderavam dos corpos dos vivos. Por esse motivo, eram usadas fantasias e a festa era repleta de artefactos sombrios com o intuito principal de se defenderem desses maus espíritos.

Mais tarde, durante a Idade Média, a Igreja começou a condenar o evento, e daí surgiu o nome “Dia das Bruxas”.

Durante o Medievo, os curandeiros eram considerados bruxos e por se posicionarem contra os dogmas da Igreja, eles eram queimados na fogueira.

Assim, na tentativa de afastar o caráter pagão da festa, a igreja promoveu alterações no calendário, de modo que o Dia de Todos os Santos passou a ser comemorado no dia 1 de novembro, o que antes acontecia no dia 13 de maio.

Daí que o nome Halloween decorra da junção das palavras hallow, que significa "santo", e eve, que significa "véspera".

Com a colonização das terras americanas, a tradição foi incluída na cultura da América, sobretudo nos Estados Unidos.

Curioso notar que a tradição do Halloween foi passada de geração em geração, uma vez que não existe nada escrito sobre isso.

.

🎃

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

🎃

 

.

31
Out15

Noite de Halloween ou Dia das Bruxas


Mário Silva Mário Silva

Noite de Halloween (Noite das Bruxas)

 

 

O Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa e pronuncia-se: Reino Unido /hæləʊˈiːn/ ; Estados Unidos/hæloʊˈiːn/) é um evento tradicional e cultural, que ocorre principalmente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como origem as celebrações dos antigos povos Celtas.

 

Halloween - Castelo.jpg

 

Etimologia

O primeiro registro do termo "Halloween" é de cerca de 1745. Derivou da contracção do termo escocês "Hallo-Hellu" (véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. No Cristianismo existe o costume de celebração das chamadas Vésperas.No último serviço religioso do dia,depois do anoitecer,se celebra o dia que está por vir.Na Antiga Religião celta existia o Samhain,a Festa dos Mortos(no Cristianismo é celebrado dia 2 de novembro).Com a Cristianização das Ilhas Britânicas,de maioria Celta,houve uma mistura dos costumes das 2 religiões.

Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening Hallowe'en Halloween. Rapidamente se conclui que o termo Dia das bruxas não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.

Outra hipótese é que a Igreja Católica ao eliminar o dia de Martinho Lutero, que foi o fundador da igreja protestante, disse que a salvação é pela graça e não pela obra (indulgencias). Este dia seria conhecido nos países de língua inglesa como Day of Martin Luther.

Essa designação se perpetuou e a comemoração do Halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica.

 

História

 

A origem do Halloween traz às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase "doces ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente "fim do verão").

A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:

 

Origem pagã

A origem pagã do "dia das bruxas" tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos e à deusa YuuByeol (símbolo antigo da perfeição celta). A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) acabou unindo a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou minguando com o tempo.

Em fins do século II, com a evangelização desses territórios, a religião dos Celtas, chamada druidismo, já tinha desaparecido na maioria das comunidades. Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de geração para geração. Sabe-se que as festividades do Samhan eram celebradas muito possivelmente entre os dias 5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de outono e o solstício de inverno, no hemisfério norte). Eram precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, e davam ao ano novo celta.

A "festa dos mortos" era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para os cristãos seriam "o céu e a terra" (conceitos que só chegaram com o cristianismo). Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. As festas eram presididas pelos sacerdotes druidas, que atuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

 

Origem católica

Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar "Todos os Mártires". Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a "Todos os Santos", a todos os que nos precederam na fé. A festa em honra de Todos os Santos, inicialmente era celebrada no dia 13 de maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para 1 de novembro, que era o dia da dedicação da capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma. Mais tarde, no ano de 840, o Papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente.

Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e "All Hallow Een" até chegar à palavra atual "Halloween".

 

Atualmente

Se analisarmos o modo como o Halloween é celebrado hoje, veremos que pouco tem a ver com as suas origens: só restou uma alusão aos mortos, mas com um carácter completamente distinto do que tinha ao princípio. Além disso foi sendo pouco a pouco incorporada toda uma série de elementos estranhos tanto à festa de Finados como à de Todos os Santos.

Entre os elementos acrescidos, temos por exemplo o costume dos "disfarces", muito possivelmente nascido na França entre os séculos XIV e XV. Nessa época a Europa foi flagelada pela Peste Negra e a peste bubônica dizimou perto da metade da população do Continente, criando entre os católicos um grande temor e preocupação com a morte.

Multiplicaram se as Missas na festa dos Fiéis Defuntos e nasceram muitas representações artísticas que recordavam às pessoas a sua própria mortalidade, algumas dessas representações eram conhecidas como danças da morte ou danças macabras.

Alguns fiéis, dotados de um espírito mais burlesco, costumavam adornar na véspera da festa de finados as paredes dos cemitérios com imagens do diabo puxando uma fila de pessoas para a tumba: papas, reis, damas, cavaleiros, monges, camponeses, leprosos, etc. (afinal, a morte não respeita ninguém). Também eram feitas representações cênicas, com pessoas disfarçadas de personalidades famosas e personificando inclusive a morte, à qual todos deveriam chegar.

Na Idade Média, um costume do Dia de Finados era o souling (de "soul", alma), em que crianças iam pedindo pelas portas um bolo, o "bolo das almas", em troca do qual fazia uma oração pelos familiares falecidos de quem lhes dava o bolo. Essa tradição poderá ter evoluído para a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura (trick or treat, "doce ou travessura"), que teve possivelmente origem na Inglaterra, no período da perseguição protestante contra os católicos (1500-1700).

Nesse período, os católicos ingleses foram privados dos seus direitos legais e não podiam exercer nenhum cargo público. Além disso, foram lhes infligidas multas, altos impostos e até mesmo a prisão. Celebrar a missa era passível da pena capital e centenas de sacerdotes foram martirizados. Produto dessa perseguição foi a tentativa de atentado contra o rei protestante Jorge I. O plano, conhecido como Gunpowder Plot ("Conspiração da pólvora"), era fazer explodir o Parlamento, matando o rei, e assim dar início a um levante dos católicos oprimidos. A trama foi descoberta em 5 de novembro de 1605, quando um católico converso chamado Guy Fawkes foi apanhado guardando pólvora na sua casa, tendo sido enforcado logo em seguida.

Em pouco tempo a data converteu se numa grande festa na Inglaterra (que perdura até hoje): muitos protestantes a celebravam usando máscaras e visitando as casas dos católicos para exigir deles cerveja e pastéis, dizendo-lhes: trick or treat (doce ou travessuras). Mais tarde, a comemoração do dia de Guy Fawkes chegou à América trazida pelos primeiros colonos, que a transferiram para o dia 31 de outubro, unindo a com a festa do Halloween, que havia sido introduzida no país pelos imigrantes irlandeses.

Vemos, portanto, que a atual festa do Halloween é produto da mescla de muitas tradições, trazidas pelos colonos no século XVIII para os Estados Unidos e ali integradas de modo peculiar na sua cultura. Muitas delas já foram esquecidas na Europa, onde hoje, por colonização cultural dos Estados Unidos, aparece o Halloween enquanto desaparecem as tradições locais.

 

In: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

30
Mai15

Águas Frias (Chaves) - mais uma semana ... mais 7 (+3) momentos ... 7 (+3) fotos ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

 

Águas Frias ... lá vai andando ... sobrevivendo ao ritmo das atividades da agricultura ... ou seja do "tempo" ... do ritmo da Natureza ...

 

Águas Frias (Chaves) - A tulipa solitária ...

     ... a tulipa solitária ...    

 

 

Os que ainda resistem e ficaram na Aldeia ... só lhes resta a agricultura ... a criação de algumas vitelas (poucas) e de rebanhos de ovelhas (poucos) ...  a criação de colmeias de abelhas, a vinha ... pois mais nada há ...

 

Águas Frias (Chaves) - Vislumbrando o Castelo de Monforte de Rio Livre por entre a folhagem ...

     ... vislumbrando o Castelo de Monforte de Rio Livre por entre a folhagem ...    

 

E é lucrativo??!!... segundo me é dito na primeira pessoa: NÃO.

Dá para não deixar as terras de poulo, pois se forem contabilizados os gastos (sem contar com o tempo de trabalho dispendido), vai dando para o consumo da família e pouco mais ... e o que rende ... dá somente para sobreviver ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... O campo lavrado e duas casas ...

     ... o campo lavrado e duas casas ...     

 

Nunca se investiu condignamente na agricultura e pecuária de pequena extensão ... por isso as Aldeias vão ficando mais desertificadas, mais envelhecidas e os terrenos até então produtivos, com artigos de qualidade, vão, lentamente, ficando ao abandono, à mercê das silvas, urtigas e mato ...

Águas Frias (Chaves) - A vinha e os armazéns ...

     ... a vinha e os armazéns ...     

 

É o resultado do não investimento nas regiões do interior ... sempre esquecidas pelo poder centralizado na cosmopolita capital e até pelos autarcas regionais e locais que quando no "poder" esquecem com rapidez vertiginosa as suas origens ... sim, é que se repararmos nos deputados da républica, governos, presidentes de câmaras municipais, grande parte deles tiveram a sua infância em terras distantes da capital, em regiões que não Lisboa ... 

Águas Frias (Chaves) -  ... mais uma casa portuguesa ... com certeza ...

     ... mais uma casa portuguesa ... com certeza ...    

 

Concluindo ... o "poder" é um fator a ser tratado, pois os seus elementos depressa sofrem de esquecimento "patológico" ...

 

Águas Frias (Chaves) - A capela da Nª S:ª dos prezeres e o pórtico com a concha (vieira) ...

     ... a capela da Nª S:ª dos Prazeres e o pórtico com a concha (vieira) ...    

 

Mas deixemos isso ... e vamos lá até à Aldeia (com as gentes mais generosas e acolhedoras e a Terra mais linda) que para mim, citadino, me faz "lembrar" o Paraíso na Terra, mas ainda no Purgatório (a caminho do Céu) ... para quem lá vive.

 

Águas Frias (Chaves) - Refúgio encravado pelo penedo ...

      ... refúgio encravado pelo penedo ...     

 

Como tenho vindo a "postar" uma vez por semana, trago a este espaço o número de imagens igual ao número de dias da semana - sete.

Mas como ...

 

"O número 7(sete) representa o universo e o 10 o Além do Universo pois se somar 3 (Pai, Filho, e Espirito Santo) é igual a 10"

 

Águas Frias (Chaves) - Castelo de Monforte de Rio Livre - Monumento Nacional

     Castelo de Monforte de Rio Livre - Monumento Nacional     

 

Águas Frias (Chaves) - ... a árvore de flor branca ...

     ... a árvore de flor branca ...     

 

Águas Frias (Chaves) -

     ... simplesmente ... uma florinha amarela rodeada de verde ...     

 

 

Fico-me por aqui ... pois a semana tem sete dias e já consegui acrescentar três ... mas deixem lá ... porque decreto, que esses dias a mais, serão dias de descanso ...

 

Até breve ... em ÁGUAS FRIAS, a Aldeia cheia de recantos e encantos .....

 

 

 

                                               

 

 

 

 

 

 

01
Nov12

Águas Frias (Chaves) - Hallwoeen; Todos Os Santos; Dia de Finados


Mário Silva Mário Silva

Nesta época do ano ocorrem três dias consecutivos "especiais":

* Dia de Halloween (Dia das Bruxas) - noite de 31 de outubro - muito celebrado nos países anglo-saxónicos e que gradualmente Portugal (principalmente as grandes urbes) vêm festejando, o que não é, ainda, o caso de Águas Frias.

 

* Dia de Todos os Santos - dia 01 de novembro - este ano o último em que é feriado e por esse facto além de se celebrar o dia respetivo também se aproveita para se fazer a romagem aos cemitérios relembrando os entes queridos que já partiram de junto de nós.

 

* Dia dos Fiéis Defuntos ou dia de Finados - dia 02 de novembro - este sim é que é o dia em que a Igreja Católica dedica a todos os faleceram, avivando-nos a memória daqueles que nos deixaram.

 

Assim, recolhi através da http://pt.wikipedia.org os seguintes registos sobre estes dias que podem ser aprofundados através dos links que vou deixando:

 

 

 Dia de Halloween (Dia das Bruxas)

  

Águas Frias (Chaves) - Noite das Bruxas

 

"O primeiro registos do termo "Halloween" é de cerca 1745. Derivou da contracção do termo escocês "Allhallow-even" (véspera de Todos os Santos) que era a noite das bruxas.

Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome actual da festa: Hallow Evening → Hallowe'en → Halloween. Rapidamente se conclui que o termo "Dia das bruxas" não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.

Outra hipótese é que a Igreja Católica tenha tentado eliminar a festa pagã do Samhain instituindo restrições na véspera do Dia de Todos os Santos. Este dia seria conhecido nos países de língua inglesa como All Hallows' Eve.

Essa designação se perpetuou e a comemoração do halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica."

 

Mais informações sobre este tema em http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas

 

 

 

 

 Dia de Todos os Santos

 

 

 

 Rosácea na igreja Matriz de Chaves

 

 

 

"A festa do dia de Todos os Santos é celebrada em honra de todos os santos e mártires, conhecidos ou não. A Igreja Católica celebra a Festum omnium sanctorum a 1 de novembro seguido do dia dos fiéis defuntos a 2 de novembro. A Igreja Ortodoxa celebra esta festividade no primeiro domingo depois do Pentecostes, fechando a época litúrgica da Páscoa. Na Igreja Luterana o dia é celebrado principalmente para lembrar que todas as pessoas batizadas são santas e também aquelas pessoas que faleceram no ano que passou. Em Portugal, neste dia, as crianças costumam andar de porta em porta a pedir bolinhos, frutos secos e romãs."

 

 

 

Mais informações sobre este tema em http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_de_Todos-os-Santos

 

 

 

 

 

 Dia dos Fiéis Defuntos (Dia de Finados)

 

 

 

 Águas Frias - Dia de Finados

 

 

 

 

"O Dia dos Fiéis Defuntos ou Dia de Finados, (conhecido ainda como Dia dos Mortos no México), é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de novembro.

 

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos dos mártires para rezar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém lembrava. Também o abade de Cluny, Santo Odilon, em 998 pedia aos monges que orassem pelos mortos. Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII esse dia anual passa a ser comemorado em 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12; Jó 1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46), e se apóia em uma prática de quase dois mil anos."

 

 

Mais informações sobre este tema em http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_dos_Fi%C3%A9is_Defuntos

 

 

 

 

 

{#emotions_dlg.blushed}

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.