Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ÁGUAS FRIAS - Chaves - Portugal

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

ÁGUAS FRIAS - Chaves - Portugal

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

Pequenas Gotas de Águas Frias

11
Jan20

Águas Frias (Chaves) ... Chove. Há Silêncio ...

Mário Silva ÁguasFrias

 

Chove.

Há Silêncio ....

 

Águas Frias (Chaves) - um "velho" puxador ... numa antiga porta ... ...

... um "velho" puxador ... numa antiga porta ...

 

"Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva
Não faz ruído senão com sossego.
Chove. O céu dorme. Quando a alma é viúva
Do que não sabe, o sentimento é cego.
Chove. Meu ser (quem sou) renego..".

 

 

 

Aguas Frias (Chaves) - ... A cancela meio aberta ou ... meio fechada ...

... A cancela meio aberta ou ... meio fechada ...

 

Tão calma é a chuva que se solta no ar
(Nem parece de nuvens) que parece
Que não é chuva, mas um sussurrar
Que de si mesmo, ao sussurrar, se esquece.
Chove. Nada apetece...

 

Aguas Frias (Chaves) - ... um olhar restrito, para a Aldeia ...

... um olhar restrito, para a Aldeia ...

 

Não paira vento, não há céu que eu sinta.
Chove longínqua e indistintamente,
Como uma coisa certa que nos minta,
Como um grande desejo que nos mente.
Chove. Nada em mim sente...

 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

Aguas Frias (Chaves) - ... a fonte ... que já foi de muito valor para a Aldeia mas que só ficou na memória dos mais antigos, da sua importância e valor para a Aldeia de então ...

... a fonte ... que já foi de muito valor para a Aldeia mas que só ficou na memória dos mais antigos, da sua importância e valor para a Aldeia de antão ..

 

 

 

Dias de hibernar
 
Inverno: frio... Chuva...
Hora de resgatar cachecol, luva
Botas, casacos... Pura elegância!
E neste quesito, já tenho vivência.
Bom seria não ter que sair.

 

 

Aguas Frias (Chaves) - ... uma casa restaurada em cor vibrante ...

... uma casa restaurada ... em cor vibrante ...

 

Um café ou chá quentes
O escalda-pé ou aspirina
O inverno nos deixa dormentes
Apegados à cama, é sina.

 

Aguas Frias (Chaves) - ... o cordeiro e a Aldeia como fundo ...

... o cordeiro e a Aldeia como fundo ...

 

 

Ainda que o frio lá fora
Embace o vidro e a alma
O sereno fino cai e chora
A solidão da noite calma.

 

Aguas Frias (Chaves) - ... pôr do sol neste pequena, mas bela Aldeia transmontana ...

... pôr do sol neste pequena, mas bela Aldeia transmontana ...

 

 

No termômetro: grau negativo
O nevoeiro lá fora anuncia:
Não há nada mais convidativo
Que vinho em boa companhia.
 
Giancarlo Kind Schmid
 
 
 
 
Até breve !!!
 
 
 
 
 
 
 
22
Dez19

Águas Frias (Chaves) - ... Chegou o inverno ...faltam 2 dias para o Natal ... e 9 para o final deste ano ...

Mário Silva ÁguasFrias

 

Chegou o inverno ...

... faltam 2 dias para o Natal ... 

... e 9 para o final deste ano ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pote de 3 pés, em ferro, ao lume da lareira ...

... o pote de 3 pés, em ferro, ao lume da lareira ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia que já "viveu" o que tinha a "viver" ...

... uma casa na Aldeia que já "viveu" o que tinha a "viver" ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um conjunto de fragas que já foi fonte e artisticamente composta numa altura em ainda haviam cantoneiros que tenham gosto em zelar pelas estradas e sua bermas ...

... um conjunto de fragas que já foi fonte e artisticamente composta numa altura em ainda haviam cantoneiros que tenham gosto em zelar pelas estradas e sua bermas ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... pela rua 1º de Maio ...

... pela rua 1º de Maio ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... vacas pastando e aproveitando a erva fresca que a chuva fez crescer ...

... vacas pastando e aproveitando a erva fresca que a chuva fez crescer ...

 

 

 

Até breve !!!

 

 

          

 

 

 

 

 

 

17
Out19

Águas Frias (Chaves) - ... o outono já chegou ... mas aqui há sempre "pingos de águas frias" ...

Mário Silva ÁguasFrias

 

... o outono já chegou ...

... mas aqui há sempre ...

... "pingos de Águas Frias" ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... o tomate e o tomatinho ...

... o tomate e o tomatinho ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... As folhas flamejantes, descendo do telhado e cobrindo as belas paredes de granito de uma casa (que já teve, dentro, muito movimento ...

 ... as folhas flamejantes, descendo do telhado e cobrindo as belas paredes de granito de uma casa (que já teve, dentro, muito movimento ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor e o seu rebanho ...

... o pastor e o seu rebanho ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... a flor e as portas vermelhas ...

... a flor e as portas vermelhas ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... a torre sineira da igreja matriz, por entre a folhagem ...

... a torre sineira da igreja matriz, por entre a folhagem ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... a fonte, os tanques e o nicho da N.ª Sr.ª dos Prazeres, em Cimo de Vila ...

... a fonte, os tanques e o nicho da N.ª Sr.ª dos Prazeres,

em Cimo de Vila ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma cancela artesanal, mas funcional ...

... uma cancela artesanal, mas funcional ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... após o incêndio de setembro, por entre o negro das cinzas, a Natureza luta contra as adversidades (muitas vezes criminosas), mas tenta renovar-se, brotando novas plantas (um bom exemplo para os Humanos - seres "pensantes" )

... após o incêndio de setembro, por entre o negro das cinzas, a Natureza luta contra as adversidades (muitas vezes criminosas), mas tenta renovar-se, brotando novas plantas

(um bom exemplo para os Humanos - seres "pensantes" ) ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... (ex) Escola "Primária", com o nome na parede, junto à porta de entrada, em azulejos, dos beneméritos da Aldeia, deste edifício, onde se lê "Escola Alfredo Soares e Tereza Soares" ...

... (ex) Escola "Primária", com o nome na parede, junto à porta de entrada, em azulejos, dos beneméritos da Aldeia, deste edifício,

onde se lê "Escola Alfredo Soares e Tereza Soares" ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... os castanheiros exibem os seus ouriços que guardas as saborosas castanhas ...

... os castanheiros exibem os seus ouriços que guarda

as saborosas castanhas ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

14
Ago19

Águas Frias (Chaves) - Benção e inauguração da imagem de N.ª Sr.ª dos Prazers no seu novo nicho

Mário Silva ÁguasFrias

Benção e inauguração da imagem

da N.ª Sr.ª dos Prazeres

no seu novo Nicho.

 

A N.ª Sr.ª dos Prazeres voltou à Aldeia.

Para visualizar o vídeo carregar na seta no centro da imagem e se quiser ouvir o som de fundo carregue no botão da direita e controle o volume, a seu gosto

https://www.youtube.com/watch?v=ZmrgFPSbTqg&t=1308s

 

Depois da missa, a N.ª Sr.ª dos Prazeres percorreu, no seu andor as ruas da Igreja até ao nicho construido de prepósito para a receber com o carinho e devoção que os habitantes da Aldeia, principalmente os do lugar de Cimo de Vila, Lhe têm, já que se viram privados da sua imagem que em tempos aureos existia numa "capela".

 

Os habitantes, principalmente os emigrantes da Aldeia, idealizaram, recolherem os fundos necessários e viram concretizado o seu "sonho".

 

A cerimónia foi realizada com devoção e o espaço decorado com todo o preceito.

A todos os que alguma maneira "lutaram" e trabalharam para esta cerimónia e a concretização da aquisição da Santa e a construção do nicho, o meus sinceros agradecimentos, assim como todos que deram o seu esforço e dedicação ao embelezamento do espaço ...

Estava lindo !!!!

A cerimónia foi realizada com a devoção que a N.ª Sr.ª dos Prazeres merece ...

 

A todos os que idealizaram, contribuiram e concretizado, em meu nome e penso que de toda a Aldeia ... Obrigado ...

 

A N.ª Sr.ª dos Prazeres voltou à Aldeia ...

 

Não tem uma "capela", mas tem um nicho condigno para a Mãe de Jesus ...

 

Foi um Prazer ...

 

 

 

 

Até breve !!!!!

 

 

 

18
Mai19

Águas Frias (Chaves) - ...18 de maio - Dia Internacional dos Museus ...

Mário Silva ÁguasFrias

 

 

 

18 de maio

Dia Internacional dos Museus

Águas Frias (Chaves) - ... castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ...

... castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ...

 

 

 

O Dia Internacional dos Museus é celebrado anualmente a 18 de maio.

A celebração da data é feita desde o dia 18 de maio de 1977, por proposta do ICOM – Conselho Internacional de Museus (organismo da UNESCO).

Neste dia vários museus têm entrada gratuita, sendo possível visitar as suas exposições e obras, assim como participar nas iniciativas preparadas para comemorar o Dia Internacional dos Museus. O horário de funcionamento dos museus é alargado com o objetivo de mais pessoas poderem visitar os espaços museológicos do país.

Cerca de 70 museus de Portugal participam neste dia com cerca de 400 atividades muito variadas.

As iniciativas do Dia Internacional dos Museus em Portugal são divulgadas por volta deste dia no site Património Cultural.

 

Tema

Todos os anos é escolhido um tema central para comemorar o Dia Internacional dos Museus:

  • 2017 - "Museus e histórias contestadas: Dizendo o indizível nos museus";
  • 2016 - "Museus e paisagens culturais";
  • 2015 - "Museus para uma sociedade sustentável";
  • 2014 - "Museus: as coleções criam conexões";
  • 2013 - "Museus (Memória +Criatividade)= Mudança Social".

in: https://www.calendarr.com/portugal/dia-internacional-dos-museus/

 

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... tratando da horta ...

... tratando da horta ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... altar lateral do Sagrado Coração de Jesus na Igreja Matriz ...

... altar lateral do Sagrado Coração de Jesus na Igreja Matriz ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... os tanque e a fonte de Cimo de Vila ...

... os tanque e a fonte de Cimo de Vila ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... borboleta ...

... borboleta (embora de vida curta, é extraordinária a sua beleza ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ...casas na Aldeia, na Rua 1º de maio ...

...casas na Aldeia, na Rua 1º de maio ...

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... papoilas no campo ...

... papoilas no campo ...

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

27
Out18

Águas Frias (Chaves) - " ... No Outono o Sol tem sono ..."

Mário Silva ÁguasFrias

 

 

 

" ... No Outono

o Sol tem sono ..."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ... em tons de cinzento pois é,certamente, essa a cor que as entidades competentes devem ver este património nacional !!!!!????? ...

     ... o castelo de Monforte de Rio Livre (monumento nacional) ... em tons de cinzento pois é,certamente, essa a cor que as entidades competentes devem ver este património nacional !!!!!????? ...    

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ...vista da aldeia em tons de cinzento ... anunciando o tempo que por aí virá ...

     ...vista da aldeia em tons de cinzento ... anunciando o tempo que por aí virá ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o pastor e o seu rebanho ...

     ... o pastor e o seu rebanho ...     

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na Aldeia (que fica para memória futura) ...

     ... uma casa na Aldeia (que fica para memória futura) ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... varanda ... "rendilhada" ...

     ... varanda ... "rendilhada" ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o gato descansando sob os raios de sol outonal em cima do fontanário ...

     ... o gato descansando sob os raios de sol outonal em cima do fontanário ...     

 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... as castanhas espreitando nos ouriços ...

     ... as castanhas espreitando aconchegadas dentro dos ouriços ...     

 

 

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

01
Dez10

Águas Frias (Chaves) Passeio outonal até à Fonte do Castelo

Mário Silva ÁguasFrias

.

.

 

Estava um dia característico desta bela estação do ano – o Outono.

 

 

 

 

O céu cinzento, a névoa no ar, dando um ar fantasmagórico à paisagem e até a presença da chuva miudinha marcava presença e a temperatura já antevia que o Outono estava nos finais e que o Inverno rapidamente se aproximava.

 

 

 

Mas nada destas condições atmosféricas impediram que um pequeno grupo, deixando o aconchego da lareira, se aventurasse pela encosta do Brunheiro acima e marchassem até ao seu cimo.

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Bem agasalhados e com impermeáveis, rapidamente se esqueciam dos chuviscos e admiravam a paisagem enevoada, o colorido das folhas que iam caindo com o vento, de algumas variedades de cogumelos que cresciam por todo o lado (só é pena que não fossem daqueles…comestíveis).

  

 

  

 

 

 

Já no cimo da encosta encontramos um pequeno grupo de aquafrigidenses, entre eles o próprio Presidente da Junta de Freguesia, que faziam um trabalho meritório: o de dar visibilidade à fonte do Castelo de Monforte do Rio Livre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A fonte estava mergulhada na sua própria água, não se deixando ver na sua plenitude. Assim, este grupo escavou um valado por onde passava um tubo que canalizava o excesso de água da fonte, deixando-a entregue à vista de todos. Penso que se trata de uma fonte do tempo do Castelo, mas que sofreu “melhorias” há já alguns anos.

  

  

Como diz o ditado popular “se não trabalhas não estorves”, deixamos o local com o destino de descermos a encosta pelo caminho primitivo (e já não utilizado) da Aldeia de Águas Frias ao Castelo, sempre bem guiados pela Noémia.

  

 

 

 

 

 

É uma pena este caminho não ser mais utilizado como percurso pedestre já que é um trajecto de uma beleza incrível.

As folhas caídas, almofadando o chão, a folhagem que envolve a vereda, os castanheiros, os carvalhos, as nogueiras, as aveleiras e outras espécies que não reconheço, dão uma beleza que só se descobre quem por lá passe.

  

 

 

  

 

 

 

 

 

E ... não são uns chuviscos, neblina ou frio que impedem este percurso … antes pelo contrário pois dão um ar de encantamento à paisagem.

Eu sei que posso não ser imparcial já que é a estação do ano que mais me encanta (embora não seja a melhor para obter boas imagens).

 

 

NOTA FINAL: Embora este passeio pedestre se tenha passado em meados de Novembro, venho dizer que esta segunda e terça-feira já chegou a neve a Águas Frias como se pode comprovar pela foto de Fernando Ribeiro que “roubei” do seu blogue Chaves – Olhares sobre a Cidade

 

 

 

 

                                                                                                                                                                 Foto de Fernando Ribeiro

 

 

 

 

 

 

05
Mai07

Águas Frias (Chaves) - Fonte das Maias

Mário Silva ÁguasFrias

 

Fonte das Maias

 

 

Com o início do mês de Maio, veio-me de imediato à memória um local - a Fonte das Maias.

Penso que o nome da fonte e o mês nada têm em comum, mas poderá ter com o nome da planta que floresce neste mês - as giestas ou gestas e em muitas regiões do país designadas por "maias".  Em muitas localidades no dia 1 de Maio, colocava-se um ramo de "maias" (giestas ou gestas) nas entradas das casas, janelas, currias, etc, para não deixar entrar o diabo ou "carrapato".

Mas, voltemos à fonte. "As Maias" é constituída por uma fonte que brota todo o ano águas frias, límpidas e cristalinas (que sabem tão bem nos dias abrasadores do Estio) e por um bebedouro que os animais utilizavam e ainda utilizam (embora menos frequentemente já que existe pouco gado na aldeia) para beberem durante o seu percurso das "cortes" para o trabalho nos campos ou na passagem para as pastagens.

Mas, a maior importância desta fonte não fica por aqui...

Este era, e ainda é, o lugar de encontro da juventude (e menos jovens) que, com frequência à pergunta "Onde vais?", a resposta é quase sempre a mesma: "Vou até às "Maias".

o baixo muro do lado oposto à fonte foi e é o "maple" duro mas reconfortante para as longas conversas, muitas vezes pela noite dentro.

O contínuo sussurrar da água a cair é a banda sonora para as longas tertúlias.

 

Já sinto alguma nostalgia ... mas a Fonte continua lá ... e muitas novidades, segredos, divagações terão como confidente a "Fonte das Maias".