Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

11
Fev16

Águas Frias (Chaves) - ... "o mundo são dois dias e o Carnaval são três ..."


Mário Silva Mário Silva

 

 

 " ... o mundo são dois dias e o Carnaval são três ..."

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... a horta e o casario ...

 

 

Este ditado popular traduz:

- ... o mundo são dois dias - ou seja esta Vida é breve ... e devemos aproveitá-la ao máximo ... não tendo qualquer sentido a ganância, o conflito com os outros, a inveja, a mesquinhês, .........

 

o Carnaval são três ... - o espírito de alegria de viver, descontração, colaboração, amizade ... deve imperar em todo o tempo (curto) que dispomos nesta Vida.......

 

Águas Frias (Chaves)  - ... a árvores no meio das fragas ...

 

Quanto ao festejo desta época que antecede a quaresma, em Águas Frias, já foi um marco que, todos os que o viveram, retêm na memória: os foliões mascarados (sem trajes da loja dos chineses), com os seus chocalhos atados à cintura, fazendo-se anunciar, os seus cintos de couro ou as suas peles secas de coelho, correndo daqueles que se lhes tentavam "aferroar".

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista parcial de Aldeia ...

 

As conhecidas e aguerridas formigas com farinha que eram atiradas e que quem tinha a "sorte" de lhes calhar, eram brindadas com "ferradelas" dos pequenos bichinhos assanhados.

 

Águas Frias (Chaves) - ... uma casa na rua Central ...

 

Era um corre, corre ... uns tentando apanhar ... outros, mais atrevidos, tentando "investir" contra os mascarados, travestidos dos pés à cabeça, para não serem reconhecidos.

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista da Aldeia ...

 

 

Bom ... tudo isso é somente fruto da memória e frutos de conversas animadas, que com nostalgia, repetem e descrevem esses tempos passados.

Sim ... com nostalgia, pois em tempo de Carnaval, já não se vê, em toda a Aldeia um único vestígio desses tempos animados.

 

Águas Frias (Chaves) - ... vacas pastando ...

 

 

A tradição, já não é o que era ... mas também onde está a "mocidade" de outros tempos, onde se juntavam magotes de jovens que impulsionavam a tradição e "arrastavam" os menos jovens.

 

Águas Frias (Chaves) - ... vista da Aldeia por entre as árvores ...

 

 

Acho que o ditado popular só se pode traduzir por: "O Mundo são dois dias ... e o Carnaval já não é o que era ..."

 

Águas Frias (Chaves) - ... castanheiros ...

 

 

Será que se perdeu a Alegria da Vida?!!!!!

Ou os valores da Vida são outros?!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
03
Mar14

Águas Frias (Chaves) - Carnaval (o que era .. e o que é ...!!!!)


Mário Silva Mário Silva

 

 

CARNAVAL ... em Águas Frias

 

 

Como já vai sendo hábito, cada vez mais, se emprega o termo: “A tradição já não é o que era”.

Vão-se perdendo algumas tradições que são a memória de um Povo.

 

Tudo isto a prepósito da tradição da festa de Carnaval. Digo festa, porque todas as celebrações desta data tinham como base o divertimento, o esquecer das adversidades do resto do ano....

 

Mascaravam-se, muniam-se de cintos e peles de coelho que bramiam àqueles que os “atiçavam”. Apanhavam as pessoas desprevenidas e atiravam farinha e formigas (bem grandes e atrevidas, pois picavam “que se fartavam”....)  Era um corre, corre ... caretos e aqueles que os atiçavam, arriscando-se a uma boa “paulada” com o cinto ou pele de coelho.

 

As ruas da Aldeia enchiam-se de gente ... alegria ... satisfação ... gargalhadas ...

 

      Carnaval  - 2010      

 

Mas isso era “antes” ... agora, e costumo passar os últimos anos na Aldeia, as ruas continuam, como no resto dos outros dias ... Vazia.

 

Acabou-se o espírito de Carnaval ... também poucos são os jovens ... e os mais velhos já não têm para “essas coisas” ...

 

 

Tudo parece que se vai acabando ...

 

Durante muitos anos as ruas ficaram despidas de caretos ...

 

O último registo que um pequeno grupo se mascarou e desfilou pelas ruas da Aldeia, remonta ao ano de 2010, ... mas, ao que parece, foi somente esse pequeno grupo de mascarados que se divertiu, pois o resto da população, manteve-se em casa, provavelmente ao calor da lareira e desmotivando os “resistentes” que queriam renovar a tradição  ...

 

 

     Carnaval - 2010     

 

 

É pena ...

 

 

Já agora ... um divertido CARNAVAL para todos ....!!!!

 

 

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷
01
Mar10

Águas Frias (Chaves) - CARNE VALE o que vale


Mário Silva Mário Silva

 

Como sempre já venho bastante atrasado, mais "mais Vale tarde que Nunca", sendo assim ...

 

 

Há um ano atrás ( http://aguasfrias.blogs.sapo.pt/19187.html ), referia que tinha percorrido toda a Aldeia de Águas Frias e não tinha vislumbrado nenhum careto ou matrafona, contrariando a memória de "alguns" anos atrás.

 

 

 

Carne Vale, ...  vale o que vale ....

 

Este ano, qual o meu espanto, quando um grupo, desfila pelas ruas da aldeia, travestindo-se de preconceitos e tentando valer as tradições.

 

 

 

Grupo pequeno, mas entusiasta, que quebrou o silêncio e a calmia da Aldeia, ... batiam em testos de panelas, bombo, cornetas, vocalizações ....

 

 

 

Não faltou um panelo com cinza, o saco com a farinha, um "bombo" com água (fria) para burrifar os incautos que se aproximassem.

 

 

 

Pena que poucos foram os que presenciaram ... a sua passagem.

 

 

 

Fantasiados, matrafonas, e/ou mascarados, foram palcorreando as ruas, tentando dar um colorido e fantasia a esta Águas Frias.

Até nem faltou a "cobertura televisiva" da "RadioTelevisão de Águas Frias".

 

 

 

Será fantasia....

.... as notícias "correm" vertiginosamente,

... umas vezes sérias,

... outras irónicas,

... outras verdadeiras,

... outras imaginadas,

... outras fantasiadas ....

 

 

 

Afinal, "Canevale"  - vale o que vale ....

 

 

 

Será que o Carnaval são só três dias?!!!!!

 

Será que a fantasia não se prolonga pelos restantes 362 dias do ano e não nos apercebemos?

 

O que é sério não se torna, por vezes em fantasia.

 

 

 

Será que a cara séria não é por vezes a "máscara" da seriedade.

 

Será que a fantasia não é a Verdade e que esta não é por vezes, a Fantasia?

 

Afinal o CARNE VALE, são só três dias e Vale o que Vale.

 

 

 

Depois destes meus devaneios e fantasias, devo estar grato a todos, os que espontaneamente, se organizaram, para quebrar a monotonia e fazer relembrar os anos em que as ruas se enchiam de Gente, ou fantasiados de caretos e matrafonas, ora fugindo deles, dos cintos e peles de coelho secas, da farinha, da cinza e especialmente das formigas (que picavam que se fartavam).

 

 

 

 

Este ano já não posso dizer que percorri as ruas desta pequena mas bela Aldeia e nada vi de diferente.

 

 

 

 

 

 

Vi caretos, matrafonas, Gente com a cara branca de farinha, crianças fantasiadas, jovens, adultos e menos jovens .......

 

 

 

Sim, este Carnaval foi diferente do anterior embora ainda muito diferente dos primeiros anos que visitei esta Águas Frias, e que a memória ainda não apagou ....

 

Mas, mesmo assim, houve quem me/se fantasiasse .....

 

 

Até ao próximo Carnaval, com ainda maior animação ....

 

 

                                         

 

.

.

 

Mário Silva 📷
28
Fev09

Águas Frias (Chaves) - Memórias e Actualidade do Carnaval


Mário Silva Mário Silva

 
“Carne Vale”
Das minhas memórias, de há mais de 27/28 anos, dos festejos do Carnaval de Águas Frias, penso que, infelizmente, somente resiste a tradição da “Carne Vale”.
 
Memórias:
Vou reportar-me há 27/28 anos atrás. Tinha eu conhecido uma filha da Terra e decidi deixar a “cidade” e ver “in loco” as descrições pormenorizadas dos festejos carnavalescos nesta pequena e bela Aldeia transmontana.
 
O meu imaginário podia agora tornar as imagens "criadas" em imagens reais.
 
Reinava movimento de pessoas nas ruas e ouvia-se o som dos chocalhos, “pedidos emprestados” às ovelhas ou vacas e que agora, atados às cinturas dos “caretos”.
 
Estes “caretos” cobriam todas as partes do corpo (só deixando os olhos à vista) com todo o tipo de roupa velha, muitas vezes peças sobrepostas a outras, tornando quase impossível reconhecer quem estava dentro de tal indumentária.
 
Claro, que todos (menos eu) tentavam adivinhar, conjecturando, que era este ou era aquele, pela maneira de andar, correr, pelos movimentos dos braços, …
 
Conjecturava-se, mas certezas,… quase nenhumas.
 
Os caretos além de se fazer anunciar com os chocalhos, andavam em correria pelas ruas da Aldeia, munidos de vasto “material carnavalesco”: cintos/correias de couro ou peles secas de coelho que brindavam com eles, naqueles que os atiçavam, correndo à sua volta.
 
Era quase o jogo do gato e do rato.
Os caretos tentando atingir, em altas correrias, com as correias e peles de coelho secas os que “apanhavam” e outros “tentando-os” e fugindo (correndo pelas ruas, calhelhos, subindo escadas e escondendo-se nas varandas).
...................
 
Enquanto tudo isto acontecia, eis que o “citadino”, em passo lento, “bebendo” toda esta animação, se dirigia descontraído, atravessando o Conselho (núcleo de toda esta movimentação) dirigindo-se ao Café Pires para tomar o seu cafezito (ou “cimbalino” como ainda se dizia lá pelo Porto), e eis que enquanto observava um dos caretos, ao fundo da rua Central, é brindado com duas “cinturadas” com a pele de coelho.
 
Nem lhe valeu o casaco de couro que, na altura levava, para almofadar as “pancadas”.
 
Não foi com violência desmesurada, mas deu para sentir um formigar nas costas.
.......................
 
 Foi esse o momento em que o citadino “sentiu na pele” a tradição dos festejos do Carnaval em Águas Frias.
..............
 
Claro que não deu azo a nova descarga, pois, ... foi vê-lo correr, galgar as escadas e acomodar-se na varanda do “Parente”.
 
Mas os caretos vinham ainda munidos de mais material carnavalesco para brindar os participantes. Pois sempre que apanhavam “a jeito” atiravam com farinha, cinza que misturavam com formigas.
 
Mas não eram formigas quaisquer, pois já antecipadamente, andaram à procura das maiores, daquelas que em contacto com o corpo, não o deixavam sossegado.
 
Era deveras divertido: caretos e “atrevidos” em correria; os incautos "mascarados" de farinha e/ou cinza e ainda outros, contorcendo-se com as ferroadas das formigas e tentando, de todos os modos, eliminá-las.
 
Foi uma tarde, divertida e como diz o ditado “É Carnaval, ninguém leva a mal”.
 
 
Assim, recolho da minha memória recente, de como eram os festejos de Carnaval.
................. 
 
Actualidade:
Passados estes anos, lá voltou, o agora "tripeiro transmontano", a Águas Frias para passar uns dias e “ver” como seria este ano o Carnaval.
 
“Carne Vale”, foi o que valeu e ainda vale.
 
Os recos ainda se vão criando pela Aldeia, ainda se fazem as “matanças”, ainda se fazem os belos enchidos e se curam as carnes ao fumo ou em sal. Essas tradições ainda vão subsistindo (com tendência a escassear) e que dão origem à matéria-prima para os bons repastos no Domingo e Terça-feira de Carnaval.
 
Até o colesterol e as diabetes se disfarçam sob o efeito do tinto (diz-se, por estas bandas, que este dilui as gorduras).
 
Quem é que resiste, nestes dias?
 
Afinal, esta tradição ainda se mantém, para bem do paladar (isto sim, são “saberes e sabores”).
 
E os caretos?
 
Percorri toda a Aldeia, de ponta a ponta: o Conselho vazio e caretos… nem um.
 
O "Conselho" antigamente cheio de gente, agora ....
 
 A tradição dos festejos carnavalescos, em Águas Frias, finou-se?...
 
Largos e ruas, outrora cheias de movimento, som e cor; agora silenciosas e vazias ...
 
 
O Entrudo terminou, mas tal como no calendário cristão, segue-se um período de espera e reflexão até à Ressurreição.
Esperemos que este momento de interrupção da tradição, seja um período de "Quaresma" e que depois dela ressurja, no próximo(s) ano(s) com o esplendor de outrora.
 
O Largo da Junta de Freguesia, em Agosto estava repleto de gente nas Festas de S.Pedro; agora no Carnaval ...
 
 
Até lá ficamos com a “Carne Vale”.
 
 Nota: Não tenho qualquer registo dos Carnavais passados, pois não me fazia acompanhar de máquina fotográfica.
Agora que ando sempre com ela no bolso, só consegui que a objectiva me mostrasse ruas vazias.... ou quase!
 

 

Apenas a "Mecha" , no centro do Conselho, parece, no seu olhar atento, esperar que "algo" aconteça. e continuou à espera, deitada ....
Mário Silva 📷
20
Fev09

Águas Frias (Chaves) - Carnaval


Mário Silva Mário Silva

.

.

"O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar no Cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada localidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes."

In http://pt.wikipedia.org/wiki/Carnaval

 

******

 

Águas Frias e o Carnaval.

 

Não irei fazer a descrição do que como já foi ( e que tive o prazer de assistir desde um quarto de século atrás) ou de como é nos dias de hoje, mas mais um desabafo sobre esta época cuja tradição remonta desde há muitos séculos e que, ou que foi perdendo o seu significado primitivo  e/ou actualizando-se  e as suas manifestações foram ou mofificando ou desaparecendo.
Algumas manidestações carnavalescas de outrora e que deixaram de se realizar foram descaracterizando a própria época carnavalesca..

 

*******

 

Mas o calendário não para e, eis que é chegada a época da celebração do Carnaval.

Época propícia para:

- extravasar a alegria, muitas vezes contida;

- esquecer (por estes dias) a´"crise", as dificuldades económicas  e sociais;

- esquecer (por momentos) a desertificação das Aldeias e Cidades do Interior;

- esquecer (por três dias), o alheamento das entidades oficiais, que no seu centralismo, esquecem que Portugal não é só o litoral (e mesmo este, nem todo);

- esquecer as tristezas e infortunios da Vida.

 

******

 

Aproveitemos, ao menos estes três dias de Carnaval, para dar sentido à Vida com alegria, descontração, boa disposição, esquercer preconceitos... e tudo o que a actual sociedade nos traz um pouco (muito) apreensivos.

 

Mascaremos a realidade e disfarcemo-nos de que tudo está bem e que Portugal, todas as suas cidades, vilas e aldeias são um "oásis" no mundo e que são o exemplo do desenvolvimento para Todos os outros países.

 

 

 

Até as casas se vão mascarando ....

 

*******

 

Assim, aproveito este espaço para desejar a todos os habitantes de Águas Frias, aquafrigidenses (espalhados pelo país e pelo mundo) e a todos aqueles que por aqui vão passando:

 .

 .

 .

Um Carnaval

carregado de alegria e folia

 .

 .

 .

Afinal o Carnaval são somente três dias ...

 

Há que aproveitá-lo.

 .

 .

.

 

 .

.

.

Mário Silva 📷

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Junho 2021

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.