Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

Águas Frias - Janeiro 2021

12
Out07

Águas Frias (Chaves) - Maianima Águas Frias


Mário Silva Mário Silva

Tal como prometido, venho hoje, descrever e ilustrar o passado “Fim-de-Semana Diferente” em Águas Frias.
Foi, de facto diferente … e, de certo, não deixou indiferente todos os que o vivenciaram.
Águas Frias, fervilhava com tanta gente e com tantas actividades.
Pelas ruas ouviam-se, como há muito não se ouvia, tantas vozes de crianças/jovens … parecia que os sons eram os de tempos passados.
Mas o presente, trouxe, além da alegria estampada no rosto das crianças, o o ar surpreso, afável e satisfeito da população de Águas Frias.
O Programa elaborado pela Maianima que tinha como tema “À descoberta da Região Flaviense” foi cumprido na íntegra.
Também na íntegra, e para ilustrar o modo como foi vivenciado estes dias, vou transcrever um texto elaborado por um desses jovens:
 
Maia, 10 de Outubro de 07
 
Diz a canção:
“ Vai para a aldeia, vai para a cidade, vai para a tua terra e faz comunidade “.
E lá fomos nós, da cidade da Maia, Vermoim, para a aldeia de Águas Frias. Fizemos tudo o que estava no programa. Começamos por fazer o pão centeio para comer à noite e a marmelada para comermos nos lanches ao longo do ano.

Durante a manhã ainda nos sobrou tempo para irmos de porta em porta convidar as pessoas da aldeia para assistir ao nosso espectáculo cultural.
Almoçamos no Quim Russo e seguimos a pé rumo ao Castelo de Monforte do Rio Livre. Aí, tivemos uma boa lição de História feita pelo professor Mário Silva. Depois, separados por grupos, fomos à procura das várias espécies de seres vivos existentes naquela região.

 

 

 

Fizemos um registo muito completo de espécies animais e vegetais. Até os nossos amigos da cidade sentiram prazer em levantar as pedras e mexer nas minhocas e nas lagartas.
Quando descemos para a aldeia, esperava-nos um lanche abastado e reconfortante.
O grande momento do dia, aconteceu por volta das 21h quando, reunidos com muitas pessoas das aldeias da freguesia e com os nossos colegas da escola de Águas Frias, apresentamos a nossa peça de teatro “Recados”. No nosso teatro faz-se uma abordagem aos preconceitos e outras formas de exclusão social, sensibilizando todos para os reais problemas sociais.

Todos desempenharam bem o seu papel, até os pais nos surpreenderam com as danças de folclore e o grupo de cantares populares portugueses. Os momentos de poesia do Hélio, Melanie e Margarida fizeram-nos muito bem.

 

A noite no campismo foi agitada, mas o desconforto que sentimos fez-nos valorizar a nossa casa e a nossa cama confortável.
Não nos custou muito levantar às 7h porque tínhamos de aproveitar bem o dia. Recebemos os amigos das aldeias vizinhas e partimos para a vindima. Éramos cerca de 50 crianças e está claro que com esta quantidade de gente a vindima fez-se num ápice.
 
Engraçado foi a carroça e o cavalo do Toninho aparecer com o pequeno-almoço lá no meio do monte. Comemos bem e restauramos forças para fazermos os jogos tradicionais.
O autocarro foi-nos buscar depois de almoço e levou-nos até Chaves para uma visita aos museus: Militar, Museu de Arte Sacra e Museu da Região Flaviense. Ainda fizemos uma visita à Igreja de Santa Maria Maior, ao Pelourinho e a toda aquela parte medieval envolvente.
A romanização foi mencionada nas Termas e na visita à Ponte Romana.
Antes do abastado lanche em conjunto, ainda tivemos tempo para ir visitar a Pedra Bolideira.
À noite, fizemos o ensaio das leituras e dos cânticos para a Eucaristia Dominical.
Domingo, com a nossa participação na Eucaristia, merecemos um elogio por parte do Sr. Padre Hélder, que, depois de ter assistido ao nosso programa cultural e de saber tudo o que fizemos, nos disse que tínhamos feito “uma boa acção social e uma verdadeira comunidade”.
 
Esperamos que sim, que este tenha sido um momento de alegria para todos e que se repita.
Todo o programa foi possível e agradável porque tivemos a participação dos nossos pais, do nosso querido Carlos Frazão (responsável pelo teatro e representante da Câmara Municipal da Maia), do Presidente de Águas Frias, da Câmara Municipal de Chaves, de toda a população de Aguas Frias e crianças da escola, dos nossos convidados Hélio e Melanie, ao professor Mário Silva que se destacou no seu papel de professor, cozinheiro e organista, à tia Lila que cedeu a própria cama para os nossos pais ficarem alojados, etc .
Em nome dos meus colegas, deixo aqui o nosso muito obrigado a todos pelo fim-de-semana que nos proporcionaram.
Diogo Silva - 9º ano.
 
***
Fazendo um balanço, diria que foi uma pequena e breve mas rica experiência de vida, que irá ficar na memória de cada jovem (e seus pais) que visitou Águas Frias e que não deixará no esquecimento aos Aquafrigidenses que a viveram e participaram.
Foi, de facto, uma partilha de saberes, costumes, tradições … enriquecendo cada um individualmente e as duas Comunidades em geral.
 
É de enaltecer e louvar a cuidada planificação, organização e execução deste fim-de-semana diferente, promovido pelos representantes da Maianima, CRL e a colaboração directa e participativa do Pelouro da Cultura da Maia, na pessoa de Carlos Frazão e do Presidente da Junta de Freguesia de Águas Frias, Romeu Gomes, assim como o apoio das Câmaras Municipais da Maia e de Chaves.
Penso, que o intercâmbio cultural passa por iniciativas deste género. Assim, espero que esta seja a primeira de muitas outras…
Como dizia a canção:
 “Vai para a Aldeia, vai para a Cidade, vai para a tua terra e faz Comunidade …”
***
Mário Silva 📷

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.