Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

07
Ago13

Águas Frias (Chaves) - Festa de S. Pedro 2013 - Jogos Tradicionais (1)


Mário Silva Mário Silva

 
 
 
 

 

ÁGUAS FRIAS - Festa de S. Pedro 2013

 

 

 A tão esperada Festa em hora do padroeiro de Águas Frias teve, como tem sido habitual, com a procissão de velas em honra da Nossa Senhora de Fátima, na noite de sexta-feira - dia 02 de agosto.

 

Na manhã do dia, logo pela manhã, houve um passeio de BTT, partindo, com as bicicletas, percorrendo a Aldeia e passeando pelas aldeias envolventes. Foi a primeira vez que se implementou esta atividade e pelo que me contaram foi um verdadeiro sucesso, evidenciando o prazer de andar de bicicleta e disfrutar da bela paisagem entre as diversas localidades.

 

Destes dois eventos não tenho qualquer registo fotográfico pois ainda não tinha chegado à Aldeia.

 

Mas a festa ainda estava a começar ...

 

Na tarde de sábado, e como já vem sendo hábito, desde os últimos anos, decorem os Jogos tradicionais.

 

 

PREPARATIVOS

 
 
As pessoas da aldeia, vinham em pequenos grupos, para o recinto do recreio da Escola, onde iriam decorrer os Jogos já tradicionais nesta altura da festa. Começou a azafama de preparar todos os acessórios para que tudo estiversse pronto ...
 
Eis que chegou a hora do começo ... iniciando-se pela corrida de sacos de serapilheira.
 
CORRIDA de SACOS 
 
 
Os mais jovens enfiaram os pés nos respetivos sacos e era vê-los a saltitar percorrendo o percurso previamente marcado. Claro que mesmo para os jovens não é facil coordenar os movimentos sem evitar a enevitável queda. Mas tudo se pasava de modo divertido, desde os participantes, como de quem incentivava, como de que observava atento os seus, ou se divertia com os precalços do percurso... foi divertido.
 
 
JOGO das LATAS
 
Segui-se, logo de seguida, para os mais novos, o jogo das latas. Um conjunto de latas estava empilhado e era necessário que cada concorrente, nas suas três tentativas conseguisse derrubar todas as latas. Embora parecesse fácil, a tarefa foi mais difícil que o esperada vendo as pedras passarem perto mas não derrubarem nenhuma lata. a pontaria nem sempre estava afinada, mas decorreu com entusiasmo e alegria.
 
 
 
 

 
ACERTAR NOS SACOS DE OLHOS VENDADOS
 
Contiaram os jogos destinados aos mais jovens ... desta vez cada participante teria, de ohos vendados, acertar com um pau, nos sacos que estavam pendurados numa corda. Dentro de cada saco, estava: água, ou farinha ou rebuçados. cada concorrente poderia ser orientado e tinha três tentativas para acertar no saco. Nada fácil, mas com alguma paciência alguns lá conseguiram acertar nos sacos, descobrindo, então o lá estava escondido. claro que foi uma festa quando acertaram no saco certo e brotaram imensos rebuçados que todos se aprontaram a recolher. Foi mais um jogo de sucesso com a concentração dos jovens participantes e a expetativa dos que assistiam ...
 
 
 
 
 
JOGO DAS CADEIRAS
 
Este é um jogo que tem estado presente nos últimos anos. É um jogo divertido, tanto para jovens como para os menos jovens.
Este jogo consiste em andar em volta de cadeiras colocadas em circúlo, mas em número inferior aos concorrentes, que devem andar à sua roda, enquanto decorre uma cantiga, só se podendo sentar quando a música parar. Claro que um ficará sem cadeira, ficando eliminado. é, então tirada uma cadeira e recomeça de novo ao som da música, e tudo volta ao início até ficar somente uma cadeira e dois concorrentes.
Devo salientar que a música este ano teve uma curiosidade: O Diogo munido da sua viola dava o mote e um grupo que se formou expontaneamente, cantava músicas tradicionais portuguesas. Era vê-los agarrados às folhas das letras e atodos os pulmões cantarem com entusuasmo e (espantem-se, com afinação) as modinha que davam mote aos jogos. Foi um belo momento, cojugado com as peripécias próprias do jogo e os cantares do grupo improvisado. Belo momento ...
 
 
 
 
 
ASSISTÊNCIA
Muita gente assistia, enquanto outros participavam, ora junto ao bar ora procurando a sombra, já que a tarde brindou com um tempo quente, mas agradável a este tipo de atividades.
Ainda nem a meio se estava dos jogos e todos refletiam nos rostos a alegria e satisfação.
 
 
Como já vai longa esta breve ilustração, vou deixar para os próximos dias a continuação da descrição desta tarde de Jogos Tradicionais, agora mais virada para os menos jovens.
 
Até breve ....
 
 
Mário Silva 📷

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.