Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

MÁRIO SILVA "navegando" em ... águas frias

"Navegando" no Reino Maravilhoso por Terras de Monforte, especialmente na Aldeia de Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

08
Dez12

Águas Frias (Chaves) - Alguns desabafos ...


Mário Silva Mário Silva

 

 

Hoje já é o segundo feriado que coincide com um sábado. e por isso não o podemos disfrutar como tal e se ainda não bastasse, são os últimos que serão considerados "feriados".

O último foi o 1.º de Dezembro, dia da Restauração da independência.

Pensando bem até me parece justo que acabe ... pois de Independência quase nada temos.

 

... no jardim junto ao Castelo de Chaves ...

 

Agora não é com os nossos hermanos espanhóis mas com o poderio económico europeu e mundial que nos espreme com os seus impostos, deslocalização de empresas, nos "emprestam" dinheiro a custos de agiota, empobrecendo cada vez mais a cada dia que passa, atirando com multidões para a situação de desemprego, deixando que os jovens, sem alternativa neste nosso país, tenham que procurar em países mais desenvolvidos o que a sua pátria lhe nega.

 

 

.... o pastor e o seu rebanho ...
 

 

 

Peço desculpa por este desabafo ...

 

E a nossa Aldeia? .... como sobrevive a isto? .... Águas Frias, assim como a maioria das aldeias do interior, passa um pouco despercebido estes problemas, porque:

- jovens já são "raríssimos";

- os de "meia idade" que vão resistindo, continuam a trabalhar as suas terras, na agricultura de subsistência donde tiram "o pão nosso de cada dia";

 

  ... lavrando as suas terras ...

 

 

 

- "os mais idosos (a sua maioria) vive da sua "reformita" e dos produtos que a custo vão retirando da hortita;

- desemprego não há, porque também nunca houve emprego;

 

 

 

 ... estacando os feijões (ou serão tomates?) ...

 

- aqueles que trabalham, ora criando animais (cordeiros, ovelhas ou vacas) vêem o custo das rações a subir e o preço da carne que o intermediario lhes propõem na mesma ou até mais barato (têm que concorrer com os produtores estranjeiros que têm custo de produção mais baratos).

 

 

 ... o milho e o casario ...

 

 

Bom, ... a situação não é pior porque cada vez há menos Gente, que sempre foi trabalhadora e dedicada, basta vermos aqueles que emigraram e que a Vida mesmo com a agrura de se desenraízarem da sua terra natal, conseguem um nível de Vida condigno.

 

 ... campo de milho na Lampaça ...

 

 

 

Basta de lamúrias, que nunca levaram a lado nenhum e vamos vivendo "um dia de cada vez", esperando sempre que o Futuro nos possa fazer sorrir.

 

 

 

 ... mesmo por entre a cerrada folhagem dos castanheiros há sempre uma luz ao fundo ...

 

 

 Vamos Vivendo a Vida com o melhor sabor possível pois como diz o ditado popular: "...Para amarguras bastam as da Vida ..."

 

 

 

.... {#emotions_dlg.mad} ....{#emotions_dlg.smile} ....

 

 

 

 

 

Mário Silva 📷

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora em PORTUGAL

Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.