Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Águas Frias

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

Águas Frias

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

Pequenas Gotas de Águas Frias

27
Jan19

Águas Frias (Chaves) - ... 27 janeiro - Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto ...

Mário Silva ÁguasFrias

 

 

  27 janeiro

Dia Internacional em Memória

das Vítimas do Holocausto

 

Águas Frias (Chaves) - ... a lua cheia de janeiro ...

... a lua cheia de janeiro ...

 

27 de janeiro - A cada ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolhe um tema para esta data. Em 2019 será a vez de refletir sobre a defesa dos Direitos Humanos a todos aqueles que foram vítimas desta matança.

Este é um dia de lembrança em nome dos milhões de vítimas provocadas pelo genocídio da Alemanha nazi sobre os judeus, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, opositores do regime nazista, entre muitos outros, ocorrido durante a II Guerra Mundial.

Neste dia, decorrem cerimónias de homenagem a pessoas falecidas no Holocausto e o Secretário Geral da ONU transmite uma mensagem especial, entre outras iniciativas.

A data de 27 de janeiro foi escolhida para a celebração deste dia por possuir um significado especial: foi a 27 de janeiro de 1945 que teve lugar a libertação do principal campo de concentração nazi, Auschwitz, localizado na Polônia, pelas tropas da União Soviética. Atualmente, o local é aberto à visitação.

O Dia Mundial da Memória do Holocausto foi criado por ação da Assembleia Geral das Nações Unidas, pela Resolução 60/7, de 1 de dezembro de 2005.

Em Portugal, como em vários países do mundo, governos, escolas e associações judaicas realizam palestras e exposições com o objetivo de fazer com que o horror nazista não caia no esquecimento e não se repita.

 

Águas Frias (Chaves) - ... a névoa ...

... a névoa ...

 

Águas Frias (Chaves) - ... os pingos da chuva ...

... os pingos da chuva ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional)

... o castelo de Monforte de Rio Livre (Monumento Nacional) ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

... paisagem bucólica com a igreja matriz em evidência ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

... um olhar sobre uma parcela da Aldeia ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... cogumelos ...

... cogumelos ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

18
Jan19

Águas Frias (Chaves) - dia18 de janeiro -Dia Internacional do Riso

Mário Silva ÁguasFrias

 

O Dia Internacional do Riso

celebra-se (com alegria)

a 18 de janeiro

 

Águas Frias (Chaves) - ... que lareiros tão bem engalanados !!!! (e eu só a vê-los...)

... que lareiros tão bem engalanados !!!! (e eu só a vê-los...)  

 

Este dia chama a atenção para a importância de rir. O riso é um comportamento humano que traz bem-estar às pessoas. Neste dia deve rir o mais que puder, quer na companhia dos amigos, trocando-se anedotas e episódios engraçados, quer sozinho, em casa a ver as suas comédias preferidas ou a ler um livro engraçado.

Vantagens de rir
Entre os benefícios de rir encontramos:

😊Redução do stress
😃Melhoria da qualidade de sono
😁Fortalecimento abdominal
😅Combate ao surgimento de rugas
😂Melhor circulação sanguínea
🤣Melhor respiração
😊Melhoria da digestão
😊Fortalecimento do sistema imunológico
🤣Estímulo da criatividade
😂Criação de laços com outras pessoas

 

🙃


Mensagens para o Dia Internacional do Riso
😊Rir mais é viver mais e melhor.
😊Rir é o melhor remédio (e é de graça).
🤣Uma risada por dia não sabe o bem que lhe fazia.
😂Ria como se não houvesse amanhã.
😅Rir é dos melhores prazeres da vida.
😃Rir aumenta a qualidade de vida.
🤣😂Ria. Por si e pelos outros.

 

Águas Frias (Chaves) - ... Aldeia em dia de neve ...

... Aldeia em dia de neve ... 

 

Águas Frias (Chaves) - ...

... Ferreirinha-comum_"Prunella modularis" (coitadinha da ave que sem sobretudo, casaco de malha ou camisola interior, enfrenta com altivez o frio no cimo do tronco coberto de neve ...-  a Natureza espanta-nos !!!!)  

 

Águas Frias (Chaves) - ... pormenor da torre sineira da igreja matriz (note-se no sino que esplendorosamente brilha, mesmo sem se ouvir as suas sonoras badaladas ...)

 ... pormenor da torre sineira da igreja matriz (note-se no sino que esplendorosamente brilha, mesmo sem se ouvir as suas sonoras badaladas ...)  

 

a Pedra Bolideira com neve ...

a Pedra Bolideira com neve ... 

 

 

Águas Frias (Chaves) - ... caçador solitário ...

... caçador solitário ...

 

 

Até breve !!!

 

 

 

 

 

 

 

 

11
Jan19

Águas Frias (Chaves) - 11 de janeiro - O Dia Internacional do Obrigado

Mário Silva ÁguasFrias

11 de janeiro

Dia Internacional do OBRIGADO

Águas Frias (Chaves) - ...pôr do sol invernio ...

O objetivo do Dia Internacional do Obrigado é simplesmente agradecer a todos aqueles que fazem parte da vida das pessoas e que as ajudam e alegram, só por existirem. Neste dia o mote é dizer “obrigado” às pessoas das quais se gosta, ou demonstrar esse mesmo obrigado por gestos.

Águas Frias (Chaves) - ...a igreja matriz sobre um céu que não avizinha bom tempo ...

Apesar de não ser um dia mediático (de ser desconhecido por muita gente), o Dia Internacional do Obrigado foi criado através das redes sociais na Internet e foi-se enraizando aos poucos no seio da comunidade, tendo um fim nobre e sempre necessário.

Águas Frias (Chaves) - ... e as águas frias correm lentamente, serpenteando a paisagem ...

Mesmo que parecendo insignificante, esta palavra de oito letras pode fazer toda a diferença para quem a recebe, assim como deixar mais feliz quem a profere. Neste dia diga obrigado a todos os que merecem ouvir essa palavra, criando um hábito a manter pelo ano inteiro.

Águas Frias (Chaves) - ... o cordeiro atento para algo que passa ...

 

Resumindo, OBRIGADO a si por estar aqui connosco.

 

Águas Frias (Chaves) - ... o tanque de Cimo de Vila ( por lá já se lavaram muitos "cueirinhos" ...)

Hoje é dia de agradecer. À mãe, ao pai, ao filho, ao tio, à tia, ao periquito ou a quem lhe der na cabeça. No Dia Internacional do Obrigado, agradeça. Em português, em inglês, em francês, em islandês ou em lituano. E é para o ajudar nessa dura missão poliglota que estamos aqui hoje com estas 50 formas diferentes de dizer obrigado. Para que possamos agradecer a toda a gente. E para que, na próxima viagem que fizer à China, não se esqueça de dizer Xièxiè.

INGLÊS – Thank You

AFRIKAANS – Dankie

ALBANÊS – Faleminderit

ALEMÃO – Danke

ÁRABE – Shukran

ARMÉNIO – Chnorakaloutioun

BÓSNIO – Hvala 

BÚLGARO – Blagodaria

CATALÃO – Gràcies 

CANTONÊS – M̀h’gōi

COREANO – Gamsahamnida

CROATA – Hvala

CHECO – Děkuji

DINAMARQUÊS – Tak

ESLOVACO – Ďakujem

ESLOVENO – Hvala

ESPANHOL – Gracias

ESTÓNIO – Täname 

FINLANDÊS – Kiitos 

FRANCÊS – Merci

GALÊS – Diolch

GREGO – Sas eucharistoume

HAVAIANO – Mahalo

HEBRAICO – Todah

HÍNDI – Dhanyavaad

HOLANDÊS – Dank u

HÚNGARO – Köszönöm

IÍDICHE – A dank

INDONÉSIO – Terima kasih

ISLANDÊS – Takk

ITALIANO – Grazie

JAPONÊS – Arigatô

LETÃO – Paldies 

LIBANÊS – Choukrane

LITUANO – Ačiū

MACEDÓNIO – Blagodaram

MALAIO – Terima kasih

MALTÊS – Grazzi 

MANDARIM – Xièxiè

MONGOL – Bayarlalaa 

NORUEGUÊS – Takk

POLACO – Dziękujemy

ROMENO – Va Mulţumesc 

RUSSO – Spasibo

SÉRVIO – Hvala  

SUECO – Tack

TAILANDÊS – Kop khun

TÂMIL – Nandri

TURCO – Teşekkür ederim

UCRANIANO – Spasybi

ZULU – Ngiyabonga

Águas Frias (Chaves) - ... o cão à porta, guardando os seus domínios e o carrinho de mão cheio de lenha, que o tempo está frio ...

 

A TODOS o meu muito OBRIGADO.

 

 

 

 

 

 

 

06
Jan19

Águas Frias (Chaves) - A versão moderna dos três Reis “Magros”

Mário Silva ÁguasFrias

 

Águas Frias (Chaves) - os três Reis Magos ...

 

A versão moderna dos

três Reis “Magros

 

Diz-se que uns reis multimilionários de aspeto físico “magro”, pois todos os dias, para manter a sua forma física corriam atrás dos camelos, pelo deserto, pelo menos 20Km por dia e só comiam verduras (o que era um luxo para o deserto. Mas como eram reis … !!!!). Esses reis, numa reunião para alterarem a monotonia dos seus exercícios físicos (já não podiam ver mais os traseiros dos camelos e a paisagem era sempre a mesma) – que monotonia !!!! Então viram no Goggle que ia aparecer uma estrela cadente, mas com movimento em “slowmotion” e que se dirigia para Belém, decidiram que o seu próximo objetivo era seguir a estrela, até porque já tinham ouvido falar muito de Belém, pois lá havia uma personagem muito popular (até dava beijinhos a qualquer um e tirava “selfies” a quem quer que lhe aparecesse à frente).

Assim decidiram … assim fizeram …

Fizeram-se ao deserto … mas tinham-se prevenido para não se perderem nem na imensidão da areia do deserto, nem na confusão das ruelas, ruas, caminhos, estradas e espante-se até “autoestradas”(que não deixavam passar os camelos dos reis … o tempo já não é o que era, nem respeito por suas majestades). Mas como ia dizendo, eles eram do deserto mas não eram camelos e para não se perderem, muniram-se de um G.P.S. (Guia Pedestre Solitário), homem sábio que bastava olhar para o céu e já sabia onde estava (nem sempre sabia é para onde devia ir, mas isso são pormenores).

Os reis vinham de origens diferentes. O Belchior mais conhecido na sua terra natal por Melchior (que significava “rei da luz”) era o mais velho, dos seus setenta anos, de cabelos e barbas brancas, tendo partido de Ur, terra dos Caldeus, na Pérsia; Gaspar, conhecido por “o branco” (gathaspa), pela sua tez clara, era moço, de vinte anos, robusto e partira de uma distante região montanhosa, perto do Mar Cáspio e Baltasar, conhecido por “senhor dos tesouros” (bithisarea), era mouro, de barba cerrada e com quarenta anos e partira do Golfo Pérsico, na Arábia.

Ora em cima dos camelos, ora a pé (porque o seu traseiro real, por muito almofadado que estivesse, ressentia-se dos altos e baixos do relevo, das curvas e contracurvas (ao menos no deserto podia-se ir a direito …), dos sentidos proibidos, sentidos únicos e rotundas (… afinal, estavam a pensar fazer algumas no deserto … devia ficar bonito e gastava-se algum dinheiro do Povo …). E o Guia Pedestre Solitário (GPS), estava sempre a resmungar, ou porque as nuvens não deixavam ver as estrelas, ou o sol o encandeava, ou porque era solitário tinha que fazer o trabalho sozinho (e até ameaçava fazer greve !!!), ou eram as luzes dos  aviões que o confundiam. O certo, é que passaram semanas, meses, anos … às vezes até passavam pelo mesmo sítio.

Mas, com todos estes contratempos, lá foram seguindo a estrela cadente …

Passaram por paisagens magníficas, em especial, num reino que chamavam de Portugal.

Já tinham decidido, que depois da visita iriam comprar alguns imóveis para terem um “visto GOLD”.

Mas o que mais os deslumbrou, foi quando passaram por uma terra lindíssima que se chamava ÁGUAS FRIAS.

- Que magnifico !!! - dito em árabe por Belchior (porque primeiro falam os mais velhos).

- Que beleza ímpar !!! – exclaramou com admiração Baltasar.

- Um verdadeiro oásis !!!! – retorquiu Gaspar (que por ser o mais novo foi o último a falar).

Ainda pararam, na estrada, a pensar …

Ficamos aqui … ? Continuamos …?

Depois de demorada discussão e com o coração apertadinho, o Belchior, o mais emotivo … com os olhos lacrimejantes, concluiu:

- Viemos com um objetivo para cumprir … Chegar a Belém, e entregar os nossos presentes:

- o ouro, um presente para um “rei”; o olíbano (incenso) para um “sacerdote”, representando a espiritualidade; e a mirra, para um “profeta” (a mirra, na terra deles, era usada para embalsamar corpos e, simbolicamente, representava a imortalidade).

E lá foram eles, os seus camelos e o GPS…

Claro, que, como em qualquer viajem, nem tudo pode correr bem …

Encontraram o presidente do PAN, que os mandou parar, pois, segundo eles estavam a infringir a Lei, pois estavam a usar abusivamente dos animais (camelos), o que não era dignificante para o ser Animal. O três Reis ficaram boquiabertos e tentaram convencer, que lá nos seus reinos, o meio de transporte normal era o camelo e pela viajem que já tinham feito, já tinham visto muito mais “camelos”, que não sendo animais, eram menos dignificados que os seus camelos (animais). O PAN, ficou um pouco confuso (como sempre) e lá os deixou seguir viagem.

Passada aqui … passada acolá …

No dia 6 de dezembro, chegaram, finalmente a Belém.

Era já noite escura … passaram em ruas movimentadas com “máquinas” que passavam e cujos “condutores” olhavam para Eles com espanto. Espantavam estava eles com todo aquele movimento, luzes e pessoas que, qual formigas, andavam de um lado para outro.  Ainda perguntaram ao GPS:

- Afinal, é aqui, Belém?!!!!

- Suas Altezas, eu raramente tenho dúvidas e nunca me engano – Aqui é Belém.

Deambularam pela noite gélida de dezembro, até que debaixo de uma entrada de uma casa, viram um ser humano,  enroscado num cobertor velho e roto e coberto de cartões e acompanhado por dois animais (única companhia) que juntinho a Ele se aqueciam e o aqueciam ….

Os três Reis “Magros” …. olharam … observaram aquela imagem de simplicidade e sofrimento, no meio da magnitude envolvente e, com os olhos carregados de água, abeiraram-se desse Ser e pensaram:

- Só pode ser Este o que o que procuramos … o ser que veio para no meio da humildade. Simplicidade e sofrer por nós …

Desceram dos seus camelos, abeiram-se Dele, que, no meio de frio, conseguia dormir

Ajoelharam-se, em sinal do seu reconhecimento pelo seu sofrimento … cobriram-no com as suas próprias mantas …

Ele acordou … primeiro assustou-se … depois vendo aqueles Reis ajoelhados, à sua volta, espantou-se …

- Não tenham receio … Nós fizemos uma grande viajem para reconhecer a Tua valorosa Vida …

Conversaram, consolaram-no. O Seu rosto foi ficando mais cada vez mais radiante (nunca tinha sido tão bem tratado…era maltratado e ainda é).

Os Reis depois de passarem grande parte da noite com Ele, deixaram os presentes que traziam consigo: Ouro, incenso e mirra …

O Guia Pedestre Solitário (GPS) olhou para o céu e viu que a estrela que os tinha guiado, deixara de brilhar, sinal que tinham chegado ao local desejado.

Os Reis, voltaram a montar os seus camelos e com o coração triste (depois de verem o estado em que Ele vivia), sentiram-se também contentes, pois Ele ficou muito confortado com a sua visita e os presentes deixados, iriam tornar os seus dias futuros menos árduos. Afinal Ele viera para Sofrer. Mas será que os outros compreenderão o seu Sofrimento.

E, sempre com o valioso auxílio do Guia Pedestre Solitário, os Reis retomaram a viagem de regresso às suas diferentes terras. E tinham aprendido muito e tinham muito para contar.

 

Mas, o que ainda lhes ficou na memória foi aquela manhã gélida que passaram por aquelapequena mas bela AldeiaÁGUAS FRIAS”.

 

Mário Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Visitas a Águas Frias

free web counter

Calendário

O Tempo em Águas Frias

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

XIII Encontro Blogosfoera Flaviense e Fotógrafos 2010 - Castelo de Monforte do Rio Livre


XIII Encontro de Blogues - Águas Frias - free slideshow maker

subscrever feeds