Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁGUAS FRIAS - Chaves - Portugal

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

ÁGUAS FRIAS - Chaves - Portugal

Pequena e bela aldeia do Concelho de Chaves

Pequenas Gotas de Águas Frias

22
Mai08

Águas Frias (Chaves) - Percorrendo a Freguesia (II) - Sobreira

Mário Silva ÁguasFrias

 .

… Depois de termos deixado Assureiras e tomando “a estrada 541-1, seguindo a placa que indica as Aldeias de Avelelas e Sobreira (a placa indica incorrectamente o nome de Assobreiras).
.
 
 .
A subida é sinuosa. Mas a paisagem que se vislumbra é fabulosa. O melhor será parar a meio e deliciar-se com uma visão deslumbrante das aldeias em redor e até serras galegas”. Outra visão que encontrará será a do Castelo de Monforte do Rio Livre que na altura estava rodeado de gestas brancas, qual “neve” branca em dia solarengo.
 .
.
Depois da subida, encontramos um cruzamento e, seguindo a placa “Sobreira”, viramos à direita, pela estrada municipal 1059. Mesmo antes de entrar na Aldeia fiquei maravilhado com a paisagem de planalto e com os terrenos bem trabalhados com extensas terras de centeio que balouçavam ao ritmo da aragem um pouco fresca.
 .
.
Ao longo a rua principal encontrei casas de construção recente.
 .
.
Parei no largo da igreja e ...
 .
.
... embrenhei-me pelo núcleo da Aldeia.
 .
.
Encontrei recantos belíssimos embora com muitas casas em estado de abandono em contraste com casas renovadas e com habitações construídas de raiz, em especial nas extremidades da Aldeia.
 .
.
A parte central da Aldeia, com as suas ruas estreitas, traz-nos um encanto em cada esquina, em que o granito das suas paredes transparece todas as características de Aldeia rural de montanha.
 .
.
Pelo que me apercebi os residentes (resistentes) são cada vez menos e com cada vez menos crianças e jovens, sendo a população envelhecida. Esta evidência é notória quando vemos o edifício da escola primária em abandono, em que o lugar onde outrora corriam e brincavam crianças está agora ocupado por ervas daninhas.
 .
.
Em contraste com esta realidade, as poucas pessoas que encontrei e que fui abordando, foram de uma gentileza que me sensibilizou, já que ali eu era um perfeito desconhecido.
.
Fiquei encantado com a Aldeia da Sobreira e com as suas Gentes.
 .
.
O nome da Aldeia, sempre me intrigou, já que aparece de diferentes grafias: Sobreira; Assobreira ou Assobreiras. As pessoas que abordei e questionadas sobre a verdadeira denominação, todas elas me afirmaram peremptoriamente que sempre a conheceram como sendo Sobreira e que a placa que se encontra nas Assureiras estava errada. Sobre o assunto, logo que me seja possível, investigarei um pouco mais. Assim, fica a dúvida. Sobreira, Assobreira ou Assobreiras? Uma coisa é certa, devia haver uma uniformização da denominação nas placas identificativas.
 .
Voltei, para trás, pela mesma estrada. Ainda parei, para mais uma vez observar a Aldeia de Sobreira e quanto se enquadrava na paisagem. E pensando … voltarei muito brevemente.
 .
.
Segui até ao cruzamento e virei à esquerda, retomando novamente a estrada municipal 514-1 que me levaria até …
.
.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.