Pequenas Gotas de Águas Frias


Águas Frias - making a free slideshow
Sábado, 20 de Outubro de 2007

Águas Frias (Chaves) - Vindimas

Embora, um pouco tardio (já que se realizaram em finais de Setembro inícios de Outubro), decidi dedicar o tema deste "post" às Vindimas em Águas Frias - Chaves.

 

 As vinhas, Águas Frias e o Castelo

 

------------------------------------

O acto de vindimar é o culminar de um looongo e árduo trabalho de todo um ano - já que se teve que podaras vides, escarnar, lavrar, caldear, ....) e ... com a desvantagem da maioria das vinhas em Águas Frias ficarem longe do centro a aldeia.

 

 

Talvez por esse motivo, esta actividade agrícola, esteja sempre ligada à alegria ...

 

 

... Antigamente, enquanto se vidimava, cantava-se, havendo, até despique entre grupos de vindimadores, sendo uma forma de cadenciar a tarefa, torná-la mais "leve"; fazendo esquecer  as dores das costas e braços; de esquecer o frio ou a chuva; e até, sendo uma maneira ardilosa de poupar uns cachos de uvas - "enquanto se canta não se come..."

 

E por falar em comer ... quem não se lembra, de a meio da manhã, do "mata-bicho", que a dona da vinha preparava e carregava pelos caminhos, trazendo-o aos vindimadores, em cestos cobertos em alvos panos?

Era preciso retemperar as forças, pois a tarefa de cortar cachos de uvas, encher os baldes (antigamente, cestos vindimos) que depois de cheios era preciso levar às costas para, hoje o tractor, antigamente a carroça.

 

 

 

Mas as vindimas ainda não acabaram aqui ... é preciso descarregar todas as uvas para o lagar.

Ao entardecer ou à noitinha, nova etapa é urgente concluir - pisar as uvas.

 

 

Hoje já pouco se pode comparar ao passado não muito longínquo ....

Os homens, de calções ou calças arregaçadas por cima do joelho e pés descalços, amassam as uvas de forma ritmada mas enérgica, entoando cantigas que, por vezes, eram acompanhadas pelo som do realejo.

Tudo se fazia com alegria e cooperação, já que estas tarefas exigiam força de muita gente e as famílias ajudavam-se umas às outras, evitando assim o pagamento de jeiras.

Agora, é preciso deixar o mosto fermentar ...

 

 

Mas, ainda  muito  há a fazer até que se possa provar este néctar dos Deuses (seja ele Baco, romano ou Dionísio, grego) .... esperemos pela altura do S. Martinho.

 

Até lá .... vai-se degustando o que ainda ficou nas pipas do ano anterior.

 

.... já que este ano não foi um ano de abundância (houve vinhas que produziram menos 30 a 40% relativamente ao ano anterior), que ele seja "pouco mas bô" .

 

 

 

As Vindimas
.........................................

Já acabou o verão,
As vindimas estão a começar.
As uvas vão para a fermentação,
Para depois o vinho se preparar.

Como é bom recordar,
As vindimas na nossa aldeia.
E as uvas pisar,
À noite à luz da candeia.


E recordar também,
As cantigas de antigamente.
Que toavam pelos vinhedos além,
Cantadas por toda a gente.


À noite já no lagar,
As uvas se pisavam.
Os garotos eram os primeiros a entrar,
E os homens os ensinavam.


Era bonito ver a garotada,
Numa festa de alegria.
Ia-se cantando à desgarrada,
E música a toque de sanfona havia.


A adiafa* depois se fazia,
Quando o vinho ia a cozer.
Com cantares e música o povo se divertia,
Não faltando boa pinga e o comer.


Eram tempos de outrora,
Cantando de noite e dia.
As vindimas de agora,
Já não têm a mesma alegria!

 

Arnaldo Anacleto

......................................................

* adiafa – oferenda de.limentos e/ou gratificação com que se compensavam os trabalhadores no fim de qualquer labor agrícola importante (vindimas, ceifa, colheita, …)

 

 


publicado por ÁguasFrias às 00:38
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
3 comentários:
De riolivre a 20 de Outubro de 2007 às 23:52
Infelizmente, hoje, as vinhas já não são longe nem perto. A população vai desaparecendo e, com ela, os braços que trabalhavam e davam vida à aldeia. A espoldra, a escarna, a redra foram, com o tempo, deixando de se fazer aqui e ali, as vinhas vão ficando ao abandono e deixam-se promiscuir com outros elementos vegetais que a natureza lhes vai levando e acabam por morrer, quantas vezes, antes daqueles que com tanto carinho as trataram durante uma vida.
Felizmente, ainda há quem resista - por quanto tempo? - e permita que se possam captar fotos actuais como estas que, cetamente, vão deixar felicíssimos tantos naturais de Águas Frias que estão na diáspora.
Um abraço grande, Mário.


De Tupamaro a 21 de Outubro de 2007 às 00:12
Estamos encantado!

Uma das páginas (Post) mais lindas e mais atractivas que temos visto nos Jornais (Blogues) da NET!

Do autor já não estranhamos o fino gosto e o esmero com que combina as palavras.
De Fotografia também já tem prometido surpreender-nos.
Hoje resolveu combinar uma crónica literária com uma curta-metragem candidata a arrebanhar os Globos de Ouro de qualquer Festival!
E a deixar-nos pregadinhos a olhar para tudo isto, castigando-nos com uma ida ao «médico dos olhos», pois as «palpêbras» não se fecham, e os olhos saltam de uma para outra fotografia que nem um electrão a escapar-se por uma fenda de Young!

«Esperemos pela altura de S. Martinho», escreve.
Mas está a dar o recado a quem?!
Põe-nos aqui a «fazer crescer água na boca» e, depois, diga que o ««esperemos»» não era connosco, se, por aí, por ÁGUAS FRIAS, aparecermos a «reclamar», lá para o S. Martinho!
Ou até antes!
Pois!
Os segredos vão-se descobrindo!
Já estamos a entender porque é que a Rainha Isabel “fazia tantas vantagens”!
O marmanjo do Dinis (alto lá, não é o Ponteira, não senhor!), aquele galifão das “Cantigas”, «DEU» de dote à Isabelinha os proveitos de Montalegre, Stº Estêvão e ….. de MONFORTE DE RIO LIVRE!
Por esta amostra, assim também nós, olariloléla!

Saudações amigas

e

“””Até lá … “””

“”degustando o que ainda ficou nas pipas do ano anterior””” com bom proveito…… e alguma «peninha» dos outros!

Tupamaro


De margarida a 23 de Outubro de 2007 às 17:59
Então foste às vindimas e nada para a gente?!
Sim, a fotografia é fabulosa mas não basta... Por favor algo mais ... na próxima, umas castanhinhas... para te REDIMIRES...e, não digas que em Águas Frias não há... porque no caminho não faltammmmmmm ...





Comentar post

mais sobre mim

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30


LUMBUDUS

blog-logo

Visitantes de Águas Frias

O Tempo em Águas Frias

Visitas por países


contador de visitas

Águas Frias pelo Mundo

Locations of Site Visitors

Por onde anda Águas Frias

tags

todas as tags

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

pesquisar

 

links

XIII Encontro Blogosfoera Flaviense e Fotógrafos 2010 - Castelo de Monforte do Rio Livre


XIII Encontro de Blogues - Águas Frias - free slideshow maker
blogs SAPO

subscrever feeds