Pequenas Gotas de Águas Frias


Águas Frias - making a free slideshow
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Águas Frias (Chaves) - Churrascada no Castelo de Monforte do Rio Livre

 

 

◊◊◊  ◊◊◊  ◊◊◊  ◊◊◊

 

 

 

O Sol, no seu movimento aparente, "caminhava" apressadamente em dire(c)ção à linha do horizonte ...

 

Em movimento contrário, jovens, menos jovens, homens e mulheres rumavam pela encosta, acima, do Brunheiro para o local de lazer junto do Castelo de Monforte do Rio Livre (Águas Frias).

 

Esta "romagem" já vem sendo um acto que se vai repetindo ano após ano ... reunindo Todos os que querem um pouco mais de convívio, em verdadeira comunidade.

 

O pretexto é uma churrascada.

Digo pretexto, pois não é o que se come o mais importante, mas sim as pessoas que se reunem em volta deste pretexto.

 

Mas mesmo assim, nada é descurado.

 

Começa-se, desde logo, pelo acender com lenha, os grelhadores existentes no espaço de lazer, na parte exterior do Castelo de Monforte do Rio Livre.

 

Começa-se por colocar a grelhar umas salsichas frescas e uma entreada que irá servir como entrada.

 

Já antes se tinham colocado os garrafões de tinto, a refrescar no "tanque" (que até serve de "piscina"), um pouco mais abaixo.

 

Conversa-se, ... degusta-se o que vai saindo a fumegar dos assadores assente num bom naco daquele pão ...., sempre regado pelo elixir de Baco, até porque era preciso ingerir muitos líquidos pois a tarde estava quente (conselhos dos entendidos na matéria).

 

 

 

 

 

 

Conversa, ... mais uma naco, ... um gole de tinto, ... conversa, ... mais outro naco, ... mais dois goles, ... conversa, ... ainda outro naco, ... e mais três goles, ... ... ...

 

 

O Sol já se tinha escondido por detrás das montanhas, quando aparece o leitão bem assadinho, ...

... começa-se a "trinchá-lo" em pequenas (?)  porções, ...

 

Aí estava outro pretexto para mais,  ... pouca conversa ... , ... um naco de ... , ... uns goles de tinto, ... mais conversa, ... outro naco de ... "molhava-se o bico", pois tintol não faltava e do "bô". ... e ... mais um pouco de cavaqueira, pois o estômago já apresentava indice de "tanque cheio" ...

 

Este ano, esta churrascada/convívio foi aberta a homens e mulheres, tendo estas trazido deliciosas sobremesas, ..huuuum!, estavam ó(p)timas!...

 

E até o Sr. Mário das Assureiras nos trouxe alguns dos seus melões, sumarentos e apetitosos.

 

Mas se pensam que só se pensa em comida, estejam enganados, tal como disse no início este era somente o pretexto de convívio.

 

E não era que a noite, ajudava, ... estava um luar que deixava transparecer toda a alegria que pairava em redor do Castelo de Monforte do Rio Livre, ... e uma viola fizeram maravilhas neste Convívio.

 

Cantou-se todo o tipo de melodias desde sucessos franceses às melodias populares portuguesas. Desde a voz castiça do Tó, às melodias francesas do Gil, até às populares cantigas do Diogo, tudo serviu para a união entre todos e a manifestações de boa disposição e convívio.

 

Mas a noite ainda era uma criança, ... e depois de tudo isto, ... lá se desceu a encosta do Brunheiro em dire(c)ção à povoação de Águas Frias, mais concretamente ao Café Pires do nosso sempre amigo Henrique.

 

 

 

É que aí além de se poder tomar o cafezinho, estava programado uma noite dedicada ao fado e às canções populares: não se fizeram rogados o Tó com o seu fado castiço e bem trinado às canções populares acompanhadas à viola pelo Diogo Silva e até pelo Gil Moser.

 

 

 

 

 

 

 

Foi um fim de tarde e uma noite que ficará na memórias pelo menos até ao próximo ano. É que o Agosto estava a findar e com ele iam-se também acabando as férias e cada um iria, como fogo de artifício, "brilhar" para dire(c)ções diferentes mas tendo a sua origem comum.

 

Esperando, as novas férias e nova churrascada, cá vamos vivendo o nosso dia-a-dia, em qua as saudades já "mordem", mas a esperança do novo reencontro está cada vez mais presente.

 

 

 

 

 

 

◊◊◊  ◊◊◊  ◊◊◊  ◊◊◊

 

 

 

 

sinto-me:
música: "Eu vi um cavalo Ruço ..."

publicado por ÁguasFrias às 15:19
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
2 comentários:
De Tupamaro a 2 de Setembro de 2010 às 23:14
“AI, MAS AI!”


AI, MAS AI!

Isto em ÁGUAS FRIAS está a ficar bonito, isso está!
S. Pedro chegou ao céu mais farto do que um abade. Ia corado que nem um pimento. Demorou a acertar com o buraco da fechadura do portão de entrada.
A santalhada, mal o viu chegar, fazia que se atropelava para o ver. Chiscavam-se uns aos outros e a dizer entre dentes: - “ Olha como ele vem farto e consolado lá da Festa de ÁGUAS FRIAS”!
Mas logo começaram a bater palmas e a soltar gritados “ohs!” de admiração e prenunciar o : “Como vem tão bonito! Até parece mais novo quase 2.000 anos”!
Então é que o Porteiro do Céu ficou mais inchado!
Toda a santalhada esticou a pescoceira para a frente para ouvir melhor o relato daquela viagem diplomática à capital das Terras de Monforte.
Começou por descrever a procissão. Foi escutado em solene silêncio.
Passou para as jogatinas. Ohs! Ahs! Urras! Palmas! Bate-pés furibundos! Pinchos! Gritos! Gargalhadas! Ditos Brejeiros! Credos em cruz, canhoto! Incríveis! Não pode ser! E até um «Deus nos livre»! A santalhada ficou num reboliço dos diabos!
O Padroeiro fez sinal para uma pausa.
Disse precisar de tomar …………. Nã, nã, nã, nã! Nada de fôlego!
Ele queria, mas era, tomar mais um golinho daquele licor secreto feito pela Ti’ADÉLIA!
Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!
Que bem lhe soube!
O S. João vira-se para o Santo António, todos cheios de importância por terem das Festas mais grandiosas e todos cheios de raiva por o S. Pedro lhes andar a passar a perna …e a goela, e pergunta, mais intrigado que invejoso: « Ó Pádua, o que é que ele está a escorripichar»?
Novo sinal, e passa para o capítulo II.
Banda de Música e intervalos tácticos para se atalhar a cerveja com uns tintóis acompanhados de …….
A santalhada lambe os beiços, começa a engolir em seco, revira-se-lhe os olhos, e o S. Miguel berra:

-“ VAMOS FAZER UM LEVANTAMENTO DE RANCHO»!

- Ai é?! – resmunga, com voz de trovão, o S. Pedro.
POIS ENTÃO, JÁ NÃO DEIXO IR NENHUM À FADISTICE NO CASTELO DE MONFORTE!
ORA «ESPREITENDE»!

E pelo óculo do Blogue do ProfValbom deram conta do que voltaram a perder.
Os «oh!», «ah!», Uh!», «Eia!» passaram a guinchos e relinchos mal apareceu a grelha em grande plano.
Então quando surgiram os pedaços de leitão!...Caíram como tordos, desmaiados com tão grande desgosto de não lhe poder deitar a manápula a um cibeco.
Como tordos?! Mais pareceram um bando de «folecas» a tombarem só com o estampido de um tiro!
Então é que o S. Pedro se regalou, num sorriso de orelha a orelha que até lhe traçou as barbichas.

Consta que a santalhada está a subscrever uma Petição para que a Assembleia de Freguesia de ÁGUAS FRIAS aprove uma nova toponímia em que só sejam válidos nomes de santos, não ficando Largo, Rua, ruela, viela, canelha, caminho, estradão, fonte, nascente, rego, poça, tanque, curva, recta, esquina, monumento, edifício, corte, casulo, forno, lagar e alambique sem nome de santo e santa, em par.
É que, desta maneira, essa santalhada faz parte da Festa do S, PEDRO DE AGOSTO de ÁGUAS FRIAS, e assim, levando os santos familiares e mais chegados, já todos, ou quase todos, podem ir lamber os pratos ….ou os guardanapos da FESTA do S. PEDRO de ÁGUAS FRIAS!

Mas, depois deste Post(al), «sabendes» quem ficou cá com um «melão»?!.......

…………..Com que então chama-se “Mário das Assureiras”!

Ai dele, se não nos arranjar uma fatia!


Tupamaro


De Edite Silva a 5 de Setembro de 2010 às 21:27
É isso mesmo! E viva Aguas Frias!
Só discordo que tenha sido o Sr.Mário das Assureiras a ficar "cá com um melão", esse fica sempre. Mas o dele é doce e sumarento. Quem fica com um "melão" insípido são todos aqueles que não participando perdem a alegria de conviver, de comunicar e partilhar. Sendo eu católica praticante e mulher de fé, acredito que a descrição que fez do São Pedro é muito real, ele e os outros santos zelam pelo nosso bem estar e a nossa alegria. E uma alegria de rir e cantar, genuína e de bem querer, é certamente aprovada pelo nosso Padroeiro.
Deixo um especial apreço a todos os amigos emigrantes que pela sua ausência sofrida e o seu espírito generoso, têm aderido a todas as iniciativas com muito gosto.
Obrigado ao Mário por nos dar a oportunidade de estarmos actualizados nos assuntos da terra.
Grande abraço para todos
Edite Silva


Comentar post

mais sobre mim

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29

30
31


LUMBUDUS

blog-logo

Visitantes de Águas Frias

O Tempo em Águas Frias

Visitas por países


contador de visitas

Águas Frias pelo Mundo

Locations of Site Visitors

Por onde anda Águas Frias

tags

todas as tags

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

pesquisar

 

links

XIII Encontro Blogosfoera Flaviense e Fotógrafos 2010 - Castelo de Monforte do Rio Livre


XIII Encontro de Blogues - Águas Frias - free slideshow maker
blogs SAPO

subscrever feeds