Pequenas Gotas de Águas Frias


Águas Frias - making a free slideshow
Sábado, 24 de Janeiro de 2015

Águas Frias (Chaves) - ... a tradicional "matança" do reco (porco) ...

 

 

NOTA PRÉVIA:

Devo comunicar que devido ao polémico tema que vai ser abordado, aconselho que pense antes de continuar.


Tive algum cuidado na escolha das imagens e até na linguagem, mas ...


... é sempre livre de continuar ou parar por aqui ...

 


***************************************************


Se continuou, ... devo referir que esta é uma atividade corrente nas aldeias de todo o país, com maior incidência no norte interior e foi, durante, talvez milhares de anos, a base de proteína animal na alimentação das famílias ...

 


A Matança do reco

 

O outono findou ... e chegam os gélidos dias de dezembro, janeiro ou mesmo fevereiro.


Os castanheiros despiram-se das folhas amarelecidas e um tapete verde acastanhado vai alastrando pelos campos, enquanto os trabalhos agrícolas vão esmorecendo.


O reco, durante um ano inteiro foi crescendo e engordando ...


E, nestes tempos em que tanto se fala de ecologia, parece-nos que o porco (reco) é a máquina perfeita:
- transforma os vegetais em carne;
- alimenta-se do supérfluo, dos excesso da família;
- “produzia” o estrume necessário ao fertilizar os campos;
- e depois da “matança”, vai servir de “talho” para o ano inteiro.

 

Quando se acabam as colheitas - abóboras, beterrabas, nabos, fruta, e a terra parece descansar, sob a neve ou a geada, para o novo ciclo de produção, é chegada a hora da “matança”.

 

 


Jejuou o dia anterior para "limpar".

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 
Chegam os vizinhos e amigos, bem cedo ... enquanto ainda o frio aperta ...


O dono e mais alguns, acercam-se da corte e, com maior ou menor dificuldade, trazem o “bicho” para fora.

 

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 
Segue-se a dificil tarefa de o “deitar” sobre o banco de madeira... amarrá-lo ...
Alguns homens seguram-no, cada um com a sua pata e rabo....
Segura-se, cada um como pode ...

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


O alguidar, em mãos destemidas, vai-se enchendo, enquanto a um canto, ferve a água nos potes.
...

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


A palha vai sendo escolhida para os pêlos da pele do porco.
Hoje, o maçarico a gás vai substituindo a palha.

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)


É despojado das unhas e depois de chamuscado e limpa a pele com a ajuda de uma pedra áspera, retirando todos os pelos da pele. E nada fica por limpar ... até as orelhas, sem o uso da “cotonete”, são limpinhas ...

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


Um lado está pronto ... é hora de o virar e repetir todas as mesmas rotinas.

 

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


E a tarefa vai continuando até não restar um pelo às pedras ásperas ou facas afiadas.

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 

É lavadinho com água corrente, pois embora seja porco tem que ficar limpinho ...

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 

O “bicho” está limpo e pronto para ser “operado” ...

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 

É pendurado numa trave da adega ou do armazém (local fresco, arejado, mas com pouca luz, “não vá a mosca dar nele” ...)

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 

 

A água já está a ferver...

 

As mulheres esperam ... para entrarem nas suas lides...

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 
As tripas são cuidadosamente “apartadas” para um tabuleiro e serão escrupulosamente lavadas.

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


O sangue é cozido e misturado com alho (iguaria degustada no local da “matança”).


No pote vão derretendo os rojões ...

 

Águas Frias (Chaves) - Matança do porco (reco)

 


“Desfaz-se” o porco.


Meticulosamente cada peça dá o seu melhor, para a salgadeira ou para o fumeiro.


Nada no porco se perde ... tudo, mas mesmo tudo ... é aproveitado.

 

************************************

 

Já dizia Antoine Laurent de Lavoisier (1743 - 1794):


“Na Natureza,

... nada se cria,

... nada se perde,

... mas tudo se transforma”

 

 

 

 

 

 


publicado por ÁguasFrias às 12:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Sábado, 10 de Janeiro de 2015

Águas Frias (Chaves) - ... mais um ano começa ... partem as Gentes ... ficam as casas ...

 

 

Mais um ano começou ... com todas as esperanças que este, ... possa conseguir concretizar os novos sonhos ... que entretanto se foram idealizando ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

As festas Natalícias e de Fim de ano, ainda conseguiram trazer de volta, alguns "filhos da Terra".

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

Com algum esforço e "sacrificando", desde já, alguns diazitos de férias, conseguiram vir matar saudades na Festa da Família, que é por previlégio o Natal.

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

Foram poucos os que vieram, ... cada vez menos ...

Os que vêm já são os preveligiados pois podem estar com a Família, amigos e vizinhos (porque todos se sentem vizinhos, nesta terra) ...

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

Os que foram ... a saudade também ficou, ... mas com a esperança de voltar em agosto ... (mesmo nesse mês, são cada vez menos).

É o regime laboral que não deixa,  ... são os filhos que apelam a outros destinos ... são outras vontades ...

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

Mas a SAUDADE ... essa aperta sempre com o chamamento da SUA TERRA.

 

Ei-los que partem ... para outras paragens, buscando a sorte ... buscando os seus ideais...

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Na Aldeia ficam sempre os mesmos - aqueles a quem chamo de RESISTENTES, em vez de também residentes.

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

Ficam eles e as muitas casas daqueles que emigraram e que tal, como no outono e inverno, ficam adormecidas para renascerem e terem vitalidade em algumas épocas do ano (mais lembradas) - Natal ... Páscoa ... e mês de agosto.

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Ficam esses registos arquitetónicos que além de simples casas, são a lembrança dos seus donos, que as idealizaram, que fizeram até alguns sacrifícios para que tudo ficasse a seu gosto ...

 

Afinal a lembrança nunca morre ... e ao passar por uma casa mesmo desabitada, vai-se dizendo:

"Aqui mora "fulano" , ali mora "beltrano" ..., que linda ficou a casa do ...."

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

 

A memória fica sempre ...

 ________________________________

Penso que já me alonguei ...

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Ficam aqui alguns registos, que também fazem parte da memória deste nobre povo ...

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

São registos de casas ou conjunto delas, habitadas todo ano ou só quando os donos têm possibilidade de lhes dar o condigno uso ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Só fica um pequeno registo ... pois afinal, o edificado na Aldeia de Águas, mesmo não sendo muito grande ... não cabe neste pequeno espaço ...

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

 

Até breve e um abraço especial para todos os que tiveram de passar o Natal fora da sua Família e da Sua TERRA.

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Águas Frias (Chaves) - casas da Aldeia

 

 

Até breve, onde quer que estejam ...

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por ÁguasFrias às 13:38
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

mais sobre mim

Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


LUMBUDUS

blog-logo

Visitantes de Águas Frias

O Tempo em Águas Frias

Visitas por países


contador de visitas

Águas Frias pelo Mundo

Locations of Site Visitors

Por onde anda Águas Frias

tags

todas as tags

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

pesquisar

 

links

XIII Encontro Blogosfoera Flaviense e Fotógrafos 2010 - Castelo de Monforte do Rio Livre


XIII Encontro de Blogues - Águas Frias - free slideshow maker
blogs SAPO

subscrever feeds