Pequenas Gotas de Águas Frias


Águas Frias - making a free slideshow
Domingo, 18 de Agosto de 2013

Águas Frias (Chaves) - Comissão de Festas 2013 em honra de S.Pedro

 

 

Comissão das Festas em honra de S.Pedro – Águas Frias (Chaves) – 2013

 

Não poderia terminar a descrição das Festas de 2013, em Águas Frias, sem uma palavra de apreço pelo grupo de homens e mulheres que levaram a cabo com sucesso a tarefa de organização das referidas Festas.

Foram poucos mas bons ... eram eles/elas:

 

HOMENS

MULHERES

Pedro   Costa

Júlia   Morais

Silvestre   Melo

Cristiana   Gomes

Hunberto   Chaves

 

 

Quase um ano de planificação, organização, tratar dos contratos com os arcos, a iluminação, o som, os grupos musicais e os gaiteiros, a missa de festa, a procissão, o fogo de artifício, as licenças, ... muitas foram as tarefas que embora não se vejam, tiveram que ser feitas.

 

 

 

 

E para o poderem fazer foi necessário dinheiro que foram angariando junto de todos. Afinal a Festa é de toda a Aldeia. Os seus esforços e organização estiveram à vista. Foi uma “grande festa” e penso que todos ficaram contentes e orgulhosos da representação da sua Aldeia, não ficando atrás de muitas Aldeias com muita mais população.

 

 

Eram poucos, como disse, mas o resultado final, depois de tanto trabalho, planificação, organização e empenho, foi excelente.

 

 

 Por isso os meus parabéns à Comissão de Festas de 2013 e votos de que a nova Comissão para 2014 consiga resultados iguais e/ou , se possível, até melhores.

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por ÁguasFrias às 00:11
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 16 de Agosto de 2013

Festa em Águas Frias (Chaves) - Arraial (tarde e noite) e fogo de artifício

 

 

Domingo, 04 de agosto de 2013 (tarde e noite)

 

 

Depois de um bom repasto, em família e amigos, e depois de dar tempo para uma digestão (difícil), a meio da tarde a festa profana, estava pronta ...

O grupo musical "Alturas" começa a dar os primeiros acordes de canções populares e bem ritmadas, convidando a um pezinho de dança.

Embora a tarde esteja quente, começaram a chegar ao largo da Junta de Freguesia, pequenos grupos das Gentes de Águas Frias, amigos e até forasteiros ...

O conjunto "Alturas" parecia estar à altura da alegria contida durante o resto do ano de trabalho.

Era quase necessário extravazar essa alegria e descontração.

 

 

Como é enevitável, uns dançam  ... outros apreciam a música, ... outros, junto ao bar vão refrescando as goelas que a tarde de estio convida auma bebida fresca, aproveitando para conviver com amigos, alguns dos quais já não veem desde o ano passado.

Foi uma tarde animada e de confratrenização ....

 

 

O sol começa a descer rapidamente em direção à linha do horizonte, anunciando que a hora do jantar se aproximava. Mas a Festa ainda não tinha acabado ...

 

 

A lua apareceu no céu coberto de ponto luminosos, parecendo a imagem de um planetário ... Era hora do ponto forte das Festas - O arraial da noite.

As luzes do palco, já se piscavam, dando um colorido convidativo a uma noite de verdadeira animação.

O conjunto "Alturas" começou a debitar o seu vasto reportório de musica animada e as pessoas foram chegando, de tal maneira que o recinto se encheu de gente.

Tudo estava pronto para um serão animado, descontraído ... não tardando que o largo se enchesse de pares e grupos de "dançarinos" que sincronizavam os seus passes com o ritmo da música.

 

 

Toda esta animação continuou ... até que cerca da meia noite, a Comissão de Festas, brindou todos os presentes e mesmo as povoações vizinhas, com um longo e magnifico fogo de artifício.

 

Foi ver todos de nariz espetado para o céu admirando com ar estupefacto e admirado o brilhar dos pontos coloridos, apresentando variadas formas e conjuntos de cores que faziam delirar quem o admirava.

 

 

Foi um espetáculo de pirotecnia de grande qualidade que não deixou ninguém indiferente.

O ribombar dos morteiros fizeram estremecer ... anunciando o fim do espetáculo, sendo brindada a Comissão de Festas com uma sonora salva de palmas. Via-se satisfação no rosto das pessoas.

 

Mas a Festa ainda não acabava aqui continuando o arraial com a animação do conjunto musical e muitos continuaram a dar o seu pezinho de dança.

 

 

Foi um dia em cheio, bem recheado e com muita animação.

A organização estava de parabéns ...e por isso vou dedicar opróximo "post" aos homens e mulheres que tornaram as Festas possíveis - a Comissão de Festas ...

 

 

Até breve ....

 

 

 

 

 


publicado por ÁguasFrias às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013

Festa em Águas Frias (Chaves) - Arruada e Procissão

 

 

 

Festa em honra de S. Pedro - Águas Frias (Chaves) - Arruada e Procissão

 

Domingo, 04 de agosto de 2013

Logo pela manhã, bem cedo (pelo menos para mim), começam a ribombar os primeiros morteiros, anunciando mais um dia de Festa em honra do padroeiro de Águas Frias – S. Pedro.

As ruas da aldeia começam-se a encher de música, ao som das gaitas de foles e bombos dos Gaiteiros de Lebução.

 

 

O som afinado e inconfundível das gaitas de foles anuncia que este dia será freneticamente festivo.

Como vem sendo costume o adro da igreja matriz encontrava-se engalanado com os vasos de flores que os jovens tiveram a destreza de à sucapa, “roubar” das varandas, escaleiras e outros sítios onde os houvesse. Até a cruz alta de pedra que se encontra no centro do adro se encontrava devidamente decorada com três belos vasos de flores.

Os cinco andores também foram colocados no adro, decorados com muito esmero e bom gosto com diferentes e viçosas flores.

As pessoas foram chegando ... e, ou ficavam à sombra das árvores a cumprimentarem-se e cavaquear um pouco, enquanto não se dava o início da missa ou se dirigiam diretamente para o interior da igreja que além de fresca, imanava recolhimento e fervor pelo padroeiro à qual de destinava a festa.

Pelas onze e trinta deu-se início à missa solene na igreja matriz de Águas Frias, celebrada pelo pároco da freguesia, padre Helder. A igreja embora grande, tornou-se pequena para todos os que vieram assistir.

De seguida, começou-se a organizar a procissão com a cruz à frente, depois o estandarte de S. Pedro seguidos pelos andores, carregados aos ombros pelos homens e mulheres da Aldeia, seguindo-se o padre Helder e os acólitos, os gaiteiros de Lebução que marcavam com o seu som a cadência certa para o andamento da procissão e finalmente toda a população, percorrendo as principais ruas de Águas Frias.

 

 

 

Este foi o culminar do ato religioso das Festas em honra de S. Pedro de Águas Frias.

Logo depois, qual carreiro de formigas, todos em grupos saíam da igreja e dirigiam-se a suas casas, pois em dia de festa o almoço tem de ser melhorado e o cordeiro ou o cabrito temperado já na véspera estava à espera que saísse do forno, para ser degustado em família “empurrado” pelo fresco tinto da região tirado da pipa na hora ...

Deixemos a descrição do almoço de festa, pois já me está a crescer “água na boca” e deixar que a digestão (nada fácil) se faça, pois ainda a Festa estava a meio ...

 E ...................

 


publicado por ÁguasFrias às 11:53
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Domingo, 11 de Agosto de 2013

Festa em Águas Frias (Chaves) – arraial de sábado à noite

 

 

Depois do jantar, eis que as Gentes de Águas Frias se encaminham para o Largo da Junta de Freguesia, onde iria decorrer o primeiro arraial das Festas em honra de S. Pedro.

Em pequenos grupos de amigos ou familiares, novos e menos jovens, uma grande parte da população de Águas Frias concentrou-se no recinto para ouvir e/ou dançar ao som do grupo de concertinas.

A noite estava amena convidando a um pezinho de dança ou outros como eu, que têm pés de chumbo, limitavam-se a ver, ouvir e conviver.

Foi um regalo ver o recinto cheio de gente animada ...

 

 

 

 

Cerca da meia noite, a Comissão de Festas brindou os presentes, com uma boa descarga de fogo de artifício que pôs toda a gente de nariz virada para o céu, exclamando de vez em vez: “lindo ... espetacular ... ei .. oh .. uau ..” E após a descarga final um sonoro aplauso ao espetáculo pirotécnico apresentado.


 

 

Mas o grande dia ainda estava para vir já que o forte das festas se realiza no domingo, mas isso ficará para o próximo episódio das Festas em honra do padroeiro de Águas Frias – S. Pedro ...

 

 

 

 

 


publicado por ÁguasFrias às 00:30
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 9 de Agosto de 2013

Águas Frias (Chaves) - Festa de S. Pedro 2013 - Jogos Tradicionais (2)

 

A tarde quente de sábado, ainda ia a meio, e muitos jogos tadicionais ainda estavam preparados para serem jogados. Agora, eram para os jovens e os menos jovens, que tal como os pequenos estavam ansiosos para participarem.

Águas Frias estava já em Festa.

 

 

 

PARTIR A BILHA DE OLHOS VENDADOS

Este Jogo consiste, com uma vara, partir uma bilha de barro pendurada numa corda, mas com os olhos vendados. Era ver a vontade com que agitavam a vara, "às cegas" mas raramente acertavam. não é nada fácil, ainda por cima com "instruções contraditórias" dos assistentes e ainda para dificultar, alguns puxavam a corda mudando a altura das bilhas. Foi um jogo hilariante, bem disposto, tanto para quem assistia como para quem participava.

 

 

 

 

 

 JOGO DA CORDA

Este jogo, já muito antigo, é composto por duas equipas de homens, que demonstrando a força e capaciddade de coordenação dessa mesma força por toda a equipa, tem por objetivo puxar uma corda, fazendo que "puxem" a corda para o seu lado arrastando a equipa adversária. Depois de muita brincadeira, com seja atarem a corda a uma árvore para impedirem a outa equipa de avançar...lá começaram a esforçar-se, utilizando a força que cada um tinha, mesmo escorregando pela terreno de terra batida...

Foi mais um momento de diversão, para todos.

Foi de tal maneira divertido que quiseram repetir ...

 

 

 

 EQUILÍBRIO DA BILHA

 

Este jogo vem relembrar os tempos em que não havia água canalizada nas casas e as mulheres tinham que ir buscar a água à fonte com os seus cântaros de barro, transportando-os cheios do precioso líquido atá casa, equilibrando-os à cabeça com destreza e mestria.

Assim, o jogo consistia em transportar à cabeça diversos jarros de barro, com a o apoio de uma rodilha, cheios de água e se possível sem a ajuda das mãos, seguindo um pequeno percurso.

Era de prever que, nos tempos de hoje, a tarefa não se tornou nada fácil, entornando a água pela cabeça abaixo ou frequentemente auxiliando-se das mãos. A única exceção foi a da Srª Elvira que ainda não esquecendo oa tempos idos, percorreu com facilidade o percurso não vertendo "pinga" de água.

A experiência falou mais alto. Quanto aos outros concorrentes lá foram tentando equilibrar a bilha como podiam acabando a escorrer água pela cabeça abaixo.

 

 

 

 

 "PETANQUE"

Este jogo é um jogo tradicional francês, trazido pelos nossos emigrantes erradicados em França e que tem nos últimos anos integrado os Jogos tradicionais em Águas Frias. Mas não pensem que somente os emigrantes participaram ... muitos os aquafrigidenses que quiseram aprender e participar. Este jogo, pelo que me apercebi, joga-se com bolas de ferro tentando aproximar-se de uma pequena bola, e/ou tentando afastar as bola da equipa adversária. Embora não seja um jogo tipicamente português foi um jogo largamente participado.

 

 


 

 

JOGO da MALHA

 

Este jogo secular, foi o mais participado por uma vasta parte dos homens presentes.

Desde a mlha tradicional de pedra às mais atuais de ferro, tudo serviu para tentar acertar no "meco" ou ficar perto dele.

Este foi o último jogo desta tarde de jogos tradicionais, até porque o sol já descia, aproximando-se da linha do horizonte.

 

 

 

 

A ASSISTÊNCIA

Muitos e muitas foram os que estiveram presentes ora participando ativamente nos jogos como como assistentes.

Ora junto ao bar, saciando a sede e combatendo o calor com uma bebida fresca, ora sentados à sombra que o edifício da Escola proporcionava.

Enquanto se esperava pelo próximo jogo, aproveitava-se para "cavaquear", convivendo, recordando tempos idos, ... pondo a "conversa" em dia ...

 

 

 

A tarde, acabou, e com ela os Jogos Tradicionais, dizendo-se que para o ano deveriam continuar para perpetuar este tipo de jogos, fazendo as delícias desde os mais jovens, que tiveram uma alternativa aos jogos de computador, assim como para os menos jovens que relemraram os seus tempos de meninice ...

 

Até para o ano ...

 

 

Mas a Festa em honra de S. Pedro, ainda estava no seu início ...

Agora de volta a casa, aconchegando o estômago, e recarregando energias para o arraial que a Comissão de Festas tinha preparado para a noite ...

 

Até breve com imagens desse arrraial ....

 

 


publicado por ÁguasFrias às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

Águas Frias (Chaves) - Festa de S. Pedro 2013 - Jogos Tradicionais (1)

 
 
 
 

 

ÁGUAS FRIAS - Festa de S. Pedro 2013

 

 

 A tão esperada Festa em hora do padroeiro de Águas Frias teve, como tem sido habitual, com a procissão de velas em honra da Nossa Senhora de Fátima, na noite de sexta-feira - dia 02 de agosto.

 

Na manhã do dia, logo pela manhã, houve um passeio de BTT, partindo, com as bicicletas, percorrendo a Aldeia e passeando pelas aldeias envolventes. Foi a primeira vez que se implementou esta atividade e pelo que me contaram foi um verdadeiro sucesso, evidenciando o prazer de andar de bicicleta e disfrutar da bela paisagem entre as diversas localidades.

 

Destes dois eventos não tenho qualquer registo fotográfico pois ainda não tinha chegado à Aldeia.

 

Mas a festa ainda estava a começar ...

 

Na tarde de sábado, e como já vem sendo hábito, desde os últimos anos, decorem os Jogos tradicionais.

 

 

PREPARATIVOS

 
 
As pessoas da aldeia, vinham em pequenos grupos, para o recinto do recreio da Escola, onde iriam decorrer os Jogos já tradicionais nesta altura da festa. Começou a azafama de preparar todos os acessórios para que tudo estiversse pronto ...
 
Eis que chegou a hora do começo ... iniciando-se pela corrida de sacos de serapilheira.
 
CORRIDA de SACOS 
 
 
Os mais jovens enfiaram os pés nos respetivos sacos e era vê-los a saltitar percorrendo o percurso previamente marcado. Claro que mesmo para os jovens não é facil coordenar os movimentos sem evitar a enevitável queda. Mas tudo se pasava de modo divertido, desde os participantes, como de quem incentivava, como de que observava atento os seus, ou se divertia com os precalços do percurso... foi divertido.
 
 
JOGO das LATAS
 
Segui-se, logo de seguida, para os mais novos, o jogo das latas. Um conjunto de latas estava empilhado e era necessário que cada concorrente, nas suas três tentativas conseguisse derrubar todas as latas. Embora parecesse fácil, a tarefa foi mais difícil que o esperada vendo as pedras passarem perto mas não derrubarem nenhuma lata. a pontaria nem sempre estava afinada, mas decorreu com entusiasmo e alegria.
 
 
 
 

 
ACERTAR NOS SACOS DE OLHOS VENDADOS
 
Contiaram os jogos destinados aos mais jovens ... desta vez cada participante teria, de ohos vendados, acertar com um pau, nos sacos que estavam pendurados numa corda. Dentro de cada saco, estava: água, ou farinha ou rebuçados. cada concorrente poderia ser orientado e tinha três tentativas para acertar no saco. Nada fácil, mas com alguma paciência alguns lá conseguiram acertar nos sacos, descobrindo, então o lá estava escondido. claro que foi uma festa quando acertaram no saco certo e brotaram imensos rebuçados que todos se aprontaram a recolher. Foi mais um jogo de sucesso com a concentração dos jovens participantes e a expetativa dos que assistiam ...
 
 
 
 
 
JOGO DAS CADEIRAS
 
Este é um jogo que tem estado presente nos últimos anos. É um jogo divertido, tanto para jovens como para os menos jovens.
Este jogo consiste em andar em volta de cadeiras colocadas em circúlo, mas em número inferior aos concorrentes, que devem andar à sua roda, enquanto decorre uma cantiga, só se podendo sentar quando a música parar. Claro que um ficará sem cadeira, ficando eliminado. é, então tirada uma cadeira e recomeça de novo ao som da música, e tudo volta ao início até ficar somente uma cadeira e dois concorrentes.
Devo salientar que a música este ano teve uma curiosidade: O Diogo munido da sua viola dava o mote e um grupo que se formou expontaneamente, cantava músicas tradicionais portuguesas. Era vê-los agarrados às folhas das letras e atodos os pulmões cantarem com entusuasmo e (espantem-se, com afinação) as modinha que davam mote aos jogos. Foi um belo momento, cojugado com as peripécias próprias do jogo e os cantares do grupo improvisado. Belo momento ...
 
 
 
 
 
ASSISTÊNCIA
Muita gente assistia, enquanto outros participavam, ora junto ao bar ora procurando a sombra, já que a tarde brindou com um tempo quente, mas agradável a este tipo de atividades.
Ainda nem a meio se estava dos jogos e todos refletiam nos rostos a alegria e satisfação.
 
 
Como já vai longa esta breve ilustração, vou deixar para os próximos dias a continuação da descrição desta tarde de Jogos Tradicionais, agora mais virada para os menos jovens.
 
Até breve ....
 
 

publicado por ÁguasFrias às 12:46
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

mais sobre mim

Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30


LUMBUDUS

blog-logo

Visitantes de Águas Frias

O Tempo em Águas Frias

Visitas por países


contador de visitas

Águas Frias pelo Mundo

Locations of Site Visitors

Por onde anda Águas Frias

tags

todas as tags

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

pesquisar

 

links

XIII Encontro Blogosfoera Flaviense e Fotógrafos 2010 - Castelo de Monforte do Rio Livre


XIII Encontro de Blogues - Águas Frias - free slideshow maker
blogs SAPO

subscrever feeds